Estudo de layout aplicado à empresa J.E. Artefatos de cimento

Estudo de layout aplicado à empresa J.E. Artefatos de cimento

1 Aluno do 7º semestre do curso de Administração em Gestão Ambiental da FALURB, Marechal Cândido Rondon (PR), jackverona@hotmail.com 2 Mestre em Administração de Agronegócios, Professora dos cursos de administração da FALURB, Marechal Cândido Rondon (PR), profejana@msn.com 3 Aluno do 7º semestre do curso de Administração em Gestão Ambiental da FALURB, Marechal Cândido Rondon (PR), vilson_periciamb@hotmail.com

ESTUDO DE LAYOUT APLICADO À EMPRESA J.E. ARTEFATOS DE CIMENTO – Um estudo de caso

Jackson Geovan Verona 1

Janaina Kriguer 2 Vilson da Silva 3

Este foi um trabalho realizado na disciplina de Estágio Supervisionado, no 5º período do curso de Administração em Gestão Ambiental da FALURB – Faculdade Luterana Rui Barbosa. O mesmo consistiu em um estudo de caso na empresa JE Artefatos de Cimento, localizada na cidade de Mercedes-PR. A mesma produz artefatos como: postes, lajotas, tampas de poços e fossas e outros produtos fabricados a base de cimento. Os objetivos do estudo foram descrever e analisar o arranjo físico (layout) da empresa e sugerir sua racionalização na indústria. Iniciou-se com a observação da rotina da empresa, sendo feito um levantamento da situação da empresa naquele momento, elaborando-se o desenho do layout como se encontrava no início do trabalho. Utilizando-se as técnicas de Organização, Sistemas e Métodos descritas no referencial teórico do trabalho, procurou-se analisar e apontar possíveis deficiências no arranjo físico da área produtiva da empresa. Fez-se posteriormente um estudo de soluções alternativas e finalmente foi elaborado um novo arranjo físico que racionalizasse a atividade produtiva, que foi posto à disposição da direção da empresa.

Considerando o tipo de estudo realizado na empresa JE Artefatos de

Cimento, a metodologia aplicada na pesquisa foi de caráter descritivo exploratória, com base na observação. Com as bibliografias disponibilizadas, foi feita uma comparação entre o que se observou na empresa (do ponto de vista da organização do arranjo físico), com as técnicas descritas nas bibliografias sobre o assunto, procurando dar ênfase às dificuldades enfrentadas pela empresa que pudessem ser causadas pela falta de método no arranjo físico das máquinas, estoques e movimentação de veículos e pessoas. Além dos dados coletados por observação sistemática, para a descrição de problemas funcionais, foi realizada entrevista não diretiva e informal (conversa) com os funcionários da empresa, tentando obter mais detalhes dos problemas já observados pelos pesquisadores.

Com base nos dados levantados através da observação e descrição das operações, e na entrevista com proprietários e funcionários, pode-se apontar algumas deficiências que o layout atual apresenta e que contribuem para certa ineficiência do processo com base na organização dos equipamentos e setores da empresa. Entre elas: problemas durante o processo de mistura das matérias primas nas betoneiras; local inadequado para disposição das lajotas prontas para o processo de secagem; a disposição das formas de postes de concreto que fica há aproximadamente 20 metros de onde a matéria prima é misturada; os mesmos postes, após a secagem precisam ser transportados braçalmente por 40 metros, do local onde são moldados para o local onde ficarão estocados; o mesmo ocorre com as tampas de concreto que são moldadas há 18 metros das betoneiras e há 35 metros do local de estocagem; o escritório administrativo fica muito próximo do local onde funcionam as betoneiras e as mesas vibratórias, que são equipamentos que produzem muito ruído, impedindo até mesmo um diálogo e dificultando o trabalho no local, além do que, para que um cliente chegue ao escritório, ele precisa passar por todo o estoque e pela produção; quando o estoque de matérias primas está cheio, o mesmo não permite a passagem do caminhão que carrega ou descarrega produtos.

1 Aluno do 7º semestre do curso de Administração em Gestão Ambiental da FALURB, Marechal Cândido Rondon (PR), jackverona@hotmail.com 2 Mestre em Administração de Agronegócios, Professora dos cursos de administração da FALURB, Marechal Cândido Rondon (PR), profejana@msn.com 3 Aluno do 7º semestre do curso de Administração em Gestão Ambiental da FALURB, Marechal Cândido Rondon (PR), vilson_periciamb@hotmail.com

Após a observação da rotina da empresa, entrevistas com os funcionários e proprietários e a análise do layout atual, se pôde elaborar uma proposta de layout com base nas condições e limitações atuais, tanto físicas com relação ao espaço ocupado como também das condições financeiras da empresa. Foram propostas mudanças na localização da área industrial, o que resolve também o problema de ruído na área administrativa e fica mais próxima (menos de 3 metros) da área de estocagem de produtos acabados e também aproxima a área produtiva do local de estocagem de matérias primas. A mudança também possibilita que o cliente chegue à área administrativa sem ter que passar pela área de estoque e de produção.

O arranjo físico proposto preserva a estruturas principais e originais da empresa, não sendo necessário grande dispêndio financeiro para realizar as mudanças. O layout sugerido buscou apresentar a união dos fatores de organização, praticidade e convenção. O que mais ofereceu dificuldade para a elaboração deste trabalho foi o estudo das alternativas para a concepção de um novo layout, pois o limitado espaço em que a empresa se encontra, não oferecia de início boas condições para uma reestruturação onde talvez fosse necessária a implantação de novos recursos. É fato que mesmo após a racionalização dos espaços, a empresa continua ainda limitada ao pequeno espaço que compreende o terreno de 630 m2, o que impossibilita o crescimento do empreendimento sem a mudança para uma área maior.

Este trabalho culminou com a apresentação do novo layout aos proprietários, demonstrando esses uma sincera admiração e reconhecimento pelo esforço da equipe do estudo, alcançando assim o objetivo maior do mesmo, a apresentação de uma alternativa dentro das atuais condições de realizá-la.

PALAVRAS CHAVE: organização, arranjo físico, produção.

Comentários