(Parte 3 de 3)

Como o capim-elefante e a soja apresentam elevado conteúdo de umidade no momento adequado de corte para ensilar, torna-se necessário adicionar produtos com bom teor de matéria seca, uma vez que o processo de emurchecimento não é possível quando a colheita é realizada mecanicamente.

Uso da Silagem

Normalmente a silagem de capim deixa a desejar quanto ao teor de matéria seca, e, por essa razão, geralmente resulta em baixo consumo. Quando associado com a soja, geralmente o teor de proteína bruta e de matéria seca da silagem aumenta, resultando em maior consumo. Dessa forma, a silagem de capim-soja pode ser fornecida para qualquer categoria animal, desde que o concentrado seja adequadamente balanceado. Na Figura 4 pode-se observar o efeito da soja adicionada ao capim, sobre o consumo de matéria seca.

FIGURA 4 - Consumo de matéria seca (g/UTM/dia) de silagens mistas de capim-elefante e soja. FONTE: Evangelista e Lima, 1993.

5 Referências Bibliográficas

ALMEIDA, E, X. de. Pré-murchamento, cama de frango e cana-de-açúcar na qualidade da silagem de Pennisetum pur- pureum Schum cv. Cameroon. Lavras, MG. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Lavras, 1985.

CARVALHO, J. L. H. A parte aérea da mandioca na alimentação. Informe Agropecuário, v.10, n.119. 19984.

COMISSÃO DE FERTILIDADE DO SOLO DO ESTADO DE MINAS GERAIS (Lavras, MG). Recomendações para o uso de corretivos e fertilizantes em Minas Gerais, 4a aproximação. Lavras, 1989. 176 p.

EVANGELISTA, A. R. Formação e manejo de pastagens tropicais. In: UNIVERSIDADE FEDERAL DE LAVRAS. Apoio ao Produtor Rural. Lavras, 1995. 35p. (Boletim da Coordenadoria de Extensão, v.4, n.59).

EVANGELISTA, A. R. Manejo e uso de capineiras. Lavras:ESAL, 1988. 24p. (Boletim Técnico, 10).

EVANGELISTA, A. R., LIMA, J. A. Valor nutritivo das silagens mistas de capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum) e

EVANGELISTA, A. R., LIMA, J. A., REZENDE, P. M. Efeito da adição de soja ao capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum) variedade cameroon sobre os teores de matéria seca, proteína bruta e pH da silagem. Ciência e Prática, Lavras, v.16, n.1, p.142-146, 1992.

EVANGELISTA, A. R., REIS, S. T. Uso da cana na alimentação animal. Lavras: UFLA. 1996. 54 p. (Boletim Técnico- Série Extensão, 16).

EVANGELISTA, A. R., ROCHA, G. P. Forragicultura. Lavras: UFLA/FAEPE, 1997. 246 p.

EVANGELISTA, A. R., ROCHA, G. P., ARRUDA, N. G. Silagem, ensilagem e tipos de silos. Lavras: UFLA. 1997. 27p. (Boletim da Coordenadoria de Extensão, v.4. n.93).

FERREIRA, J. J., ZUÑIGA, M. C. P., VIANA, M. C. M. Silagem mista de capim-elefante e milho versus mistura de silagens de capim-elefante e milho no desempenho de novilhas confina-

GOMIDE, J. A. Formação e utilização de capineira de capimelefante. In: CARVALHO, M. M., ALVIM, M. J., XAVIER, D. F.

et al. (eds.). Capim-elefante: produção e utilização. Coronel Pacheco, MG: EMBRAPA-CNPGL, 1994. p. 81-115.

LAVEZZO, W. Ensilagem do capim-elefante. In: PEIXOTO, A. M.,

MOURA, J. C., FARIA, V. P. (eds.). Manejo do capimelefante. Piracicaba: FEALQ, 1994. p.169-275.

LAVEZZO, W. Silagem de capim-elefante. Inf. Agrop., Belo Horizonte, v.1, n.132, p 50-57, 1985.

LAVEZZO, W., CAMPOS, J. Efeito da adição de cama de galinheiro sobre o valor nutritivo da silagem de capim-elefante Napier (Pennisetum purpureum Schum). Revista Ceres, v.24, n.134, p.363-370. 1977.

LEAL, J. A. Produção de leite em pastagem, com ênfase em capim-elefante. Teresina:EMBRAPA-CNPAMN, 1977. 23p. (EMBRAPA-CNPAMN. Circular Técnica, 15).

LIMA, J. A. Qualidade e valor nutritivo da silagem mista de capim-elefante (Pennisetum Purpureum, Schum) e soja

(Glycine max (L.) Merrill), com e sem adição de farelo de trigo. Lavras, MG. 69 p. Dissertação (Mestrado em Zootecnia) - Universidade Federal de Lavras, 1992.

LIMA, J. A., ANDRADE, A. D., EVANGELISTA, A. R. Qualidade da silagem mista de capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum) emurchecido e soja (Glycine max (L.) Merrill) com e sem emurchecimento. Ciência e Prática, Lavras, v.16, n.4, 559-564, 1992.

LIMA, J. A., EVANGELISTA, A. R., ROCHA, G. P. et al. Qualidade e valor nutritivo da silagem mista de capim-elefante (Pennisetum purpureum, Schum) e soja (Glycine max (L.) Merrill).

MARTIN, L. C. T. Bovinos - volumosos suplementares. São Paulo: Nobel, 1997. 143 p.

MARTINS, C. E., MOZZER, O. L., CÓSER, A. C. et al. Implantação de pastagens de capim-elefante para produção de leite.

MONTEIRO, F. A. Adubação para estabelecimento e manutenção de capim-elefante. In: CARVALHO, M. M., ALVIM, M. J.,

XAVIER, D. F. et al. (eds.). Capim-elefante: produção e utili- zação. Coronel Pacheco, MG: EMBRAPA - CNPGL, 1994. p. 49-79.

MONTEIRO, F. A. Nutrição mineral para forrageira. Piracicaba, SP:ESALQ-USP, 1994. 35 p.

W. Avaliação do capim-elelfante (Pennisetum purpureum S- chum) cultivar Taiwan A-148, ensilado com diferentes técnicas de redução de umidade. Rev. Soc. Bras. Zootec., v.28, n.5, p.947-955. 1999.

VILELA, D. Sistemas de conservação de forragem. 1) Silagem. Coronel Pacheco:EMBRAPA-CNPGL. 1985. 42p.

VILELA, D. Utilização do capim-elefante na forma de forragem conservada. In: CARVALHO, M. M., ALVIM, M. J., XAVIER, D.

F. et al. (eds.). Capim-elefante: produção e utilização. Coronel Pacheco, MG: EMBRAPA - CNPGL, 1994. p. 118-164.

1 Introdução05
2 Silagem Exclusiva de Capim-Elefante06
3 Aditivos na Ensilagem de Capim-Elefante15
4 Associação Capim-Elefante Soja2

(Parte 3 de 3)

Comentários