Usp - 01 - biologia celular

Usp - 01 - biologia celular

(Parte 6 de 7)

(C) forma a estrutura básica de todas elas. Nestas moléculas há carbonos unidos em seqüência formando cadeias carbônicas. O carbono pode formar ligações com outros átomos e dessa forma originar diferentes moléculas orgânicas.

Q.E. 10) Tente explicar o que significa formar ligações com outros átomos?

Os átomos quase nunca se encontram sozinhos, eles estão unidos a outros átomos por ligações. A ligação covalente ocorre na camada mais externa do átomo (entre os elétrons mais externos) e é muito firme e estável. O átomo de H, pode realizar apenas uma ligação covalente, o átomo de oxigênio, duas; o átomo de nitrogênio, três; e o átomo de carbono pode realizar quatro ligações covalentes! Será por isso que o átomo de carbono forma esqueletos carbônicos nas moléculas orgânicas?

Os elementos químicos mais abundantes na matéria viva são:

a) carbono, hidrogênio, oxigênio e cloro. b) carbono, hidrogênio, fósforo e enxofre. c) carbono, hidrogênio, oxigênio e nitrogênio. d) carbono, hidrogênio, cloro e sódio.

QQQQQUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃODEDEDEDEDE VESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULAR

Muito bem para quem respondeu a alternativa c. Os elementos químicos mais importantes da matéria viva já sabemos, mas quais serão as moléculas mais importantes?

A substância química mais abundante em um ser vivo é:

a) água. b) açúcar. c) DNA. d) lipídio. e) proteína.

QQQQQUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃODEDEDEDEDE VESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULAR

Q.E. 1) Para responder esta questão, pare um momento e pense no que você costuma comer. Que tipo de substância está presente nos alimentos?

A matéria que compõe os seres vivos revela abundância de água (75 a 85% do peso de qualquer ser vivo).

As substâncias orgânicas mais abundantes em uma pessoa são, em ordem decrescente da esquerda para a direita:

a) ácidos nucléicos, proteínas, glicídios e lipídios. b) lipídios, glicídios, proteínas e ácidos nucléicos. c) proteínas, glicídios, ácidos nucléicos e lipídios. d) proteínas, lipídios, glicídios e ácidos nucléicos.

QQQQQUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃODEDEDEDEDE VESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULAR

Se você respondeu a alternativa d, está sabendo bem. As substâncias que formam a matéria orgânica e que estão presentes nos alimentos por ordem de abundância são: proteínas, lipídeos, açúcares e ácidos nucléicos.

As proteínas são moléculas muito grandes chamadas de macromoléculas, formada por unidades menores unidas como as contas de um colar: os aminoácidos. Observe a figura a seguir:

Fig. 2.4 – Representação esquemática das principais etapas da fermentação lática e da fermentação alcoólica.

O aminoácido tem um átomo central de carbono, e, unidos a ele quatro grupamentos característicos de todo aminoácido.

Observe a fórmula do aminoácido valina, encontrado nas proteínas dos seres vivos. Note que há partes da molécula destacadas e numeradas. Sobre esses destaques responda:

a) O que representam os números 1, 2, 3 e 4? b) Qual desses grupos destacados varia de acordo com o aminoácido?

QQQQQUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃODEDEDEDEDE VESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULAR

Um dos grupamentos corresponde a um átomo de hidrogênio, outro é um grupamento amino (NH2 ), outro um grupamento de natureza ácida, a carboxila

(COOH), daí o nome aminoácido. O quarto grupamento é o radical que determina o tipo de aminoácido (existem 20 tipos).

(Mogi-SP) Para formar proteínas, a célula une aminoácidos, como está esquematizado entre 2 deles nesta questão:

Responda: a) Como se chama a ligação entre dois aminoácidos? b) Em que partes das moléculas dos aminoácidos se dá a ligação? c) Qual o nome da molécula resultante desta ligação entre dois aminoácidos? d) Qual o significado de R1 e R2 nas moléculas dos aminoácidos?

QQQQQUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃODEDEDEDEDE VESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULAR ( ( ( ( (CONTINUAÇÃOCONTINUAÇÃOCONTINUAÇÃOCONTINUAÇÃOCONTINUAÇÃO)))))

Para formar um peptídeo (mais de um aminoácido) e depois uma proteína (uma longa cadeia de aminoácidos); estes têm que formar uma ligação peptídica entre o nitrogênio do grupo amino de um aminoácido e o carbono do grupo carboxila de outro aminoácido.

Q.E. 12) Então responda o que diferencia uma proteína da outra? Escreva no seu caderno.

(E. F. O. Alfenas-MG) Num polipeptídio que possui 84 ligações peptídicas, os respectivos números de aminoácios e de grupamento(s) amino terminal e grupamento(s) ácido terminal são:

QQQQQUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃODEDEDEDEDE VESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULAR

Se você respondeu a alternativa b, parabéns!

As proteínas diferem quanto ao tipo e ao número de aminoácidos que as compõem e quanto à seqüência em que estes aminoácidos estão unidos. Cada uma das nossas células têm pelo menos 3 mil tipos diferentes de proteínas!! Que atuam em todos os processos vitais, desde a produção de energia até a fabricação e destruição de substâncias intracelulares.

Q.E. 13) Pesquise e anote no seu caderno as diferentes funções que as proteínas podem ter na célula e nos organismos vivos.

Quando uma proteína se desnatura, ela:

a) modifica sua estrutura primária. b) modifica sua estrutura espacial. c) altera a ligação entre seus átomos. d) tem suas ligações peptídicas quebradas.

QQQQQUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃODEDEDEDEDE VESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULAR

A resposta é b, pois as moléculas polipeptídicas são longas e filamentosas, enrolando-se e dobrando-se de modo a formar sua estrutura espacial. Quando uma proteína é aquecida, ela se desenrola e perde a sua estrutura espacial. Essa alteração é chamada de desnaturação.

9) A desnaturação só ocorre por causa da temperatura elevada?

Não, existem outros fatores que podem desnaturar a proteína tais como: o grau de acidez do meio e a concentração de sais, entre outros fatores.

Q.E. 14) Pesquise os níveis de enrolamento das proteínas, converse com o seu monitor sobre o resultado da sua pesquisa, anote no seu caderninho.

Q.E. 15) Pergunta: você já sabe como e onde são formadas as proteínas. Faça um esquema no seu caderno e explique.

As proteínas são formadas pelos ribossomos da célula, estas, uma vez desligadas dos ribossomos, entram no retículo endoplasmático rugoso (RER) onde são transferidas para o aparelho de Golgi. Nesta “viagem” pelo RER e pelo Golgi as proteínas são identificadas, modificadas e empacotadas em pequenas bolsas membranosas podendo atuar dentro da própria célula ou no meio externo (veja a figura a seguir).

Fig. 2.5 – O retículo endoplasmático rugoso (RER) e o aparelho de Golgi funcionam de modo integrado. Proteínas produzidas pelos ribossomos penetram no RER, de onde são transferidas para o aparelho de Golgi. Neste, as proteínas são identificadas, modificadas e empacotadas em pequenas bolsas membranosas, que podem atuar dentro da própria célula ou no meio externo. A fotomicrografia eletrônica mostra a região apical de uma célula animal, repleta de grãos de secreção prontos para ser eliminados (aumento ≅ 6.600 vezes).

10) As proteínas são de fato as moléculas orgânicas mais abundantes nos seres vivos. E quanto às outras?

Voltando a nossa conversa sobre a composição da matéria viva, em segundo lugar (em termos de abundância) estão as gorduras:

A principal característica das gorduras ou lipídios é que são insolúveis em água e há três tipos principais:

a) Glicerídeos: são os óleos e as gorduras, sendo todos eles formados por uma molécula de glicerol (um álcool de três carbonos) e ácidos graxos. Os glicerídeos são usados como reserva de energia.

b) Ceras: longas moléculas de ácidos graxos unidas a moléculas de álcool de cadeia longa. São altamente insolúveis e impermeabilizam a superfície das folhas das plantas, reduzindo a perda de água pela transpiração.

c) Esteróides: constituem uma categoria “especial” de lipídeos. São compostos de quatro anéis de carbono, interligados com átomos de hidrogênio (H) e oxigênio (O). O vilão colesterol é um esteróide.

Se você lembra, a membrana celular é formada por um tipo especial de lipídeo (um tipo de glicerídeo) os fosfolipídeos que são constituídos por duas cadeias de ácidos graxos e um átomo de fósforo.

a) maltose e glicose b) sacarose e maltose c) amido e glicogênio d) glicose e frutose e) amido e sacarose

QQQQQUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃODEDEDEDEDE VESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULAR

A alternativa “d” é a correta. A glicose (fundamental para a obtenção de energia pela célula, lembra?) e a frutose são monossacarídeos, isto é, as unidades básicas que compõem o terceiro tipo de molécula mais abundante nos seres vivos: os açúcares, carboidratos ou hidratos de carbono. Estes sempre são formados por carbono, hidrogênio e oxigênio. Nas células vivas os açucares formam cadeias fechadas. Os monossacarídeos podem se unir para formar moléculas mais complexas: a união da glicose com a frutose origina um dissacarídeo chamado de sacarose (açúcar da cana). Cadeias mais longas são chamadas de polissacarídeos, como o amido nas plantas e o glicogênio nos animais.

(UFPA) “Geneticistas e bioquímicos estão criando uma nova revolução na Medicina, é a terapia gênica. Os genes, que são em torno de 50.0 a 100.0, são formados por milhões de moléculas menores, os _, que compõem a molécula de _. Implantar um gene significa colocar, no lugar exato, um conjunto completo de _.” (Superinteressante, nov. 97) A alternativa que contém as palavras que completam, corretamente, as lacunas do texto acima é:

a) aminoácidos, proteínas, enzimas. b) ácidos graxos, lipídeos, ácidos graxos. c) nucleosídeos, RNA, pentoses. d) nucleotídeos, DNA, nucleotídeos. e) fosfatos, pentoses, bases

QQQQQUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃOUESTÃODEDEDEDEDE VESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULARVESTIBULAR

Os ácidos nucléicos formam o DNA, a molécula que carrega toda as informações genéticas dos seres vivos! O nome deriva deles terem sido encontrados no núcleo das células.

Existem dois tipos de ácidos nucléicos: o DNA (ácido desoxiribonucléico) e o RNA (ácido ribonucléico). Ambos possuem uma estrutura básica chamada nucleotídeo, constituída por uma base nitrogenada, um açúcar, e pelo ácido fosfórico. Os açúcares são a desoxirribose para o DNA e a ribose para o RNA. As bases adenina e guanina são púricas e as bases citosina e timina são pirimídicas.

(Parte 6 de 7)

Comentários