Prof. Alexandre O. Calvão

A derivada pode ser interpretada geometricamente como a inclinação de uma curva e, fisicamente, como uma taxa de variação. Como derivadas podem ser usadas para representar tudo, desde a variação de taxas de juros até taxas em que peixes morrem e moléculas de gás se movimentam, elas têm implicações em todas as ciências.

Definição de derivada: f’(x0) = lim f(x0+h) – f(x0)

Notações utilizadas na operação de derivação

Dx f(x) = d/dx(f(x)) = f'(x) Onde u(x) e v(x) são funções deriváveis de x.

Grupo I

1. A derivada de uma constante é zero. ( c )’ = 0

2. A derivada de x em relação a x é um. ( x )’ = 1

3. As constantes de ser colocadas para o lado de fora do sinal de derivação.

4. Derivada da potência

5. A derivada da soma (subtração) é igual a soma (subtração) das derivadas.

6. Derivada do produto

Grupo I 13. (au)’ = au . ln a . u’

Complementos

A. Regra da cadeia. A derivada de g(u(x)) é a derivada da função externa calculada na função interna, vezes a derivada da função interna.

B(uv)' = v.uv-1.u'+uv.Ln u . v'

w.abacoaulas.com

Comentários