O JULGAMENTO FINAL

  • Carlos Henrique C. Seabra

  • chseabra@bol.com.br

Julgamento

  • Este Julgamento será diante do Grande Trono Branco, após o período do Milênio.

  • (Ap.20:11)...E vi um grande trono branco e o que estava assentado sobre ele, de cuja presença fugiu a terra e o céu, e não se achou lugar para eles.

  • Apos este julgamento, a humanidade entrará na Eternidade.

  • E a situação eterna de cada um será conseqüência da forma como viveu neste mundo.

  • Ou seja, Eternidade com Deus Na gloria, ou Eternidade sem Deus no Lago de Fogo..

Tribunais

  • O Novo Testamento menciona TRES tipos de tribunais:

  • Humano (1Co. 4:3).

  • De Cristo e de Deus (2Co. 5:10; Rm.14:10)

CINCO categorias de Julgamentos

  • Julgamento dos Crentes

  • Julgamento de Israel

  • Julgamento das Nações

  • Julgamentos dos Anjos

  • Julgamento do trono Branco

1. Julgamento dos Crentes. (2Co. 5:10; Rm.14:10).

  • Nesse Julgamento o Senhor Jesus será “O NOIVO”.

  • Esse julgamento ocorrerá a entrega de galardão.

  • Será julgada a obra dos crentes, e não se o crente é salvo ou não, pois quem esta neste julgamento já é salvo.

  • Portanto, nenhum crente será condenado, mas poderá perder o prêmio.

  • Esse Julgamento acontecera nas regiões celestiais antes das Bodas do Cordeiro.

2. Julgamento de Israel. (Ez.20:34-38; Mt.25:1-30).

  • Nesse Julgamento o Senhor Jesus será “O MESSIAS”.

  • Esse julgamento acontecera na terra após a manifestação visível e Triunfal de Cristo.

  • Nessa ocasião serão separados os Judeus fiéis dos infiéis, o Trigo do Joio.

  • Uns serão condenados e outros desfrutarão do Milênio, na terra.

3. Julgamento das Nações. (Jl. 3:3; Mt.25:31-40).

  • Nesse julgamento o Senhor Jesus será “JUIZ”.

  • Esse julgamento ocorrerá na terra sobre aqueles que sobreviverem ao Armagedom.

  • Serão julgados com base no tratamento dado a mensagem do Reino de Deus.

  • E ao modo como trataram a Nação de Israel durante a grande perseguição que o Anticristo fará aos Israelitas para os dizimar da face da terra.

4. Julgamentos dos Anjos. (1Co. 6:3; Jd.v.6).

  • Nesse julgamento o Senhor Jesus será “JUIZ”.

  • Os Anjos caídos (demônios) serão julgados e condenados e lançados no Lago de Fogo juntamente com o Diabo.

  • Isso de Dará logo após o Milênio e antes do Trono Branco (Mt.25:41; Ap.19:10).

5. Julgamento do trono Branco. (Ap.20:11-15).

  • Nesse julgamento o Senhor Jesus será “JUIZ”.

  • Esse julgamento acontecerá num lugar sobrenatural.

  • Após a condenação do Diabo e seus anjos.

  • Todos os que estarão perante o Juiz serão condenados.

  • Suas condições anteriores eram de “Mortos” , pois não participaram da Primeira Ressurreição.

O JULGAMENTO FINAL

  • Definição.

  • O Julgamento Final é a sessão judicial que terá lugar na consumação de todas as coisas temporais.

  • Que, sendo conduzido pelo Todo-Poderoso, Retribuirá a cada criatura Moral o que esta tiver cometido através do corpo durante a sua vida terrena.

No Antigo Testamento.

  • Embora seja o Julgamento Final que estamos tratando, podemos dizer o seguinte sobre o Antigo Testamento:

  • De todos os livros do Antigo Testamento, vemos que o profeta Daniel discorreu, de forma explicita, acerca deste julgamento.

  • Daniel deixa bem claro a supremacia e a singularidade da Justiça Divina.

  • (Dn.12:1-3).........naquele tempo, livrar-se-á o teu povo, todo aquele que se achar escrito no livro.

  • (V.2)...E muitos dos que dormem no pó da terra ressuscitarão, uns para a vida eterna, de outros para vergonha e desprezo eterno.

  • (V.3)...Os entendidos, pois, resplandecerão como o resplendor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça refulgirão como as estrelas, sempre e eternamente.

No Novo Testamento

  • No Sermão Profético, o Senhor deixou claríssimo que o Julgamento Final não é apenas uma hipótese, ou seja, é uma realidade.

  • Sermão Profético = Conjuntos de ensinos de Cristo que tratam do Final dos tempos (Mt.25:31-41)

  • Desta passagem vou destacar os seguintes versículos: (Mt. 25:31-32)

  • Os apóstolos, Paulo, Pedro e João tratam do Julgamento Final como algo integrante do plano redentivo de Deus.

  • Na presente era, o Todo-Poderoso, através de seu Filho, oferece gratuitamente a salvação a todos os que crêem.

  • Mas na era vindoura, haverá de condenar a quantos rejeitara o Senhor Jesus e a graciosa Salvação que Jesus consumou na Cruz.

  • Eis o que Paulo disse sobre o Juízo Final: (2Tm.4:1)

  • Eis o que Pedro disse sobre o Juízo Final: (1Pe.4:5)

  • Eis o que João disse: (Ap.20:4)

OBJETIVOS DO JULGAMENTO FINAL

  • O Julgamento Final tem vários Objetivos conforme revelam-nos as Sagradas Escrituras, vejamos quais são:

  • 1. Mostrar que a justiça de Deus deve ser observada e acatada por todos

  • 2. Punir os que Rejeitaram a Cristo Jesus e sua tão Grande Salvação

  • 3. Destruir a Personificação do Mal

1. Mostrar que a justiça de Deus deve ser observada e acatada por todos

  • Quando Abraão intercedia por Sodoma e Gomorra, ele pergunta ao Senhor o seguinte:

  • (Gn.18:25b).......... Não faria justiça o Juiz de toda a terra?

  • Esta mesma pergunta é feita ainda hoje por milhões de seres humanos que estão inconformados com a situação a que este mundo chegou.

  • No Julgamento Final, contudo, mostrara Deus que a sua Justiça haverá de prevalecer de forma absoluta.

  • Tanto sobre os vivos como sobre os que já tiverem morrido.

  • Importante sabermos que: Nosso Deus não compactua com a Impunidade.

2. Punir os que Rejeitaram a Cristo Jesus e sua tão Grande Salvação

  • Aqueles que aceitam a Cristo Jesus são automaticamente e instantaneamente justificados pela Fé diante de Deus.

  • Mas, aqueles que rejeitam a sua Justiça, hão de ser lançados no Lago de Fogo.

  • (Mt.25:41)...Então, dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos.

  • (Ap.20:15)...E aquele que não foi achado escrito no livro da vida foi lançado no lago de fogo.

  • Importante

  • Jamais entraremos nos céus fiados em nossa justiça que, aos olhos de Deus, não passa de TRAPOS DE IMUNDICIE.

  • (Is.64:6)...Mas todos nós somos como o imundo, e todas as nossas justiças, como trapo da imundícia; e todos nós caímos como a folha, e as nossas culpas, como um vento, nos arrebatam.

3. Destruir a Personificação do Mal

  • O apostolo Paulo afirma aos irmãos da Igreja de Corinto que iremos julgar os Anjos:

  • (1Co.6:3)...Não sabeis vós que havemos de julgar os anjos? Quanto mais as coisas pertencentes a esta vida?

  • Paulo refere-se, logicamente, aos anjos caídos que acompanharam o Ungido Querubim (Satanás) em sua rebeldia contra Deus.

  • Para esses anjos, reservou o Senhor o Lago de Fogo (Mt. 25:41).

  • E, assim, estará sendo destruída, de uma vez por todas, a Personificação do Mal.

  • Aliás, o Diabo será lançado no Eterno Tormento antes mesmo da Instauração do Julgamento Final.

  • (Ap.20:10-12)...E o diabo, que os enganava, foi lançado no lago de fogo e enxofre, onde está a besta e o falso profeta; e de dia e de noite serão atormentados para todo o sempre. 

  • Logo após vem o Juízo Final

OS FUNDAMENTOS DO JULGAMENTO FINAL

  • Se os falhos e imperfeitos julgamentos humanos têm os seus fundamentos, o que não diremos do Julgamento Final.

  • Esse Julgamento será efetuado pelo Justíssimo Deus.

  • Vejamos, pois, em que consistem os fundamentos do Julgamento Final.

1. A Natureza Justa e Santa de Deus

  • O apostolo João nos declara uma das mais belas definições essenciais do Todo-Poderoso:

  • (1Jo.4:8)..Deus é Amor.

  • Contudo, não podemos esquecer-nos de que Deus possui uma natureza Santa e Justa.

  • Isto significa dizer que, todas as vezes que a santidade é ferida, sua justiça reclama, de imediato, uma reparação.

  • Por conseguinte, estes Dois atributos de Deus:

  • A Justiça.

  • E a Santidade, acham-se a fundamentar o Julgamento Final.

  • Neste Julgamento, todos os que porfiaram em menosprezar a santidade de Deus terão de se haver ante a sua justiça. (Rm.2:5-10). (Importante).

2. A Palavra de Deus.

  • Além da natureza Santa e Justa de Deus, o Julgamento Final terá como fundamento a Palavra de Deus.

  • Aqueles que hoje desprezam a Palavra de Deus, serão por ela julgados conforme realçou o Senhor Jesus Cristo:

  • (Jo.12:48)...Quem me rejeitar a mim e não receber as minhas palavras já tem quem o julgue; da palavra que tenho pregado, essa o há de julgar no último Dia.

3. A consciência das criaturas morais

  • Os Impenitentes também serão julgados por sua própria consciência que, embora falha, não deixa de ser um dos fundamentos do Julgamento Final.

  • (Rm.2:15)(TLH)...Eles mostram, pela maneira de agir, que tem a Lei escrita nos seus corações. A própria consciência deles prova que isso é verdade, pois seus pensamentos às vezes os acusam e às vezes os defendem.

  • A lei moral divina acha-se gravada na consciência de todo ser humano é um dos “LIVROS” a será aberto no dia do Juízo.

  • (Ap.20:12)(TLH)...Vi também os mortos, tanto os importantes como os humildes, que estavam de pé diante do trono. Foram abertos livros, e também foi aberto outro livro, o livro da vida. Os mortos foram julgados de acordo com o que haviam feito, conforme estava escrito nos livros.

  • Portanto, podemos afirmar que:

    • O juízo será segundo as obras de cada um. (Jo.34:11; Ec.12:14; Rm.2:6).
    • O Ímpio será julgado. (Jr.17:10; Ez.18:20; Rm.2:3-11; Rm.6.23).
    • Cada um Dara conta de si mesmo a Deus. (Rm.14:12).
    • Ninguém poderá inocentar-se diante do Trono Branco e nem alegar Ignorância (Ex.34:7; Nm.14:18; Na.1:3).

COMO SE DARÁ O JULGAMENTO FINAL

  • O Julgamento Final terá inicio logo após o Milênio.

  • O Apocalipse mostra que, terminados os Mil anos, Satanás será temporariamente solto.

  • Nessa ocasião Satanás a seduzir as nações, buscando induzi-las a se revoltar contra o Cristo de Deus.

  • Mas eis que sairá fogo do céu, e destruirá por completo os que se houverem levantado contra o Senhor. (Ap.20:7-10).

  • Em seguida, terá início o Julgamento Final, que o livro de Apocalipse descreve de forma

  • Vívida: (Ap.20:11-15). (Leitura Bíblica do Estudo ).

CONCLUSAO

  • Hoje, através de Cristo Jesus, somos justificados por Deus.

  • A partir do momento em que, pela Fé, recebemos a Jesus como o Nosso Único e Suficiente Salvador, ocorre o seguinte:

  • Passamos a ser vistos por Deus como se jamais tivéssemos cometido qualquer pecado.

  • Ou seja, passamos a ser visto como Santos.

  • Se você ainda não recebeu a Jesus, faça-o agora mesmo!

  • Somente Ele pode justificar-nos, e nos livrar da Ira futura

Comentários