Hildegard Peplau

Hildegard Peplau

Hildegard Elizabeth Peplau Teoria: Relações Interpessoais em Enfermagem

Nascida em 1º de setembro de 1909

  • Nascida em 1º de setembro de 1909

  • Sua carreira teve inicio em 1931 em um programa de enfermagem na Pensilvânia

  • Em 1943 formou-se no Bennington College

  • Em 1947 pela Columbia University

  • Participou de organizações como: OMS, e diversas Instituições sendo desde membro á vice-diretora executiva.

  • Considerada enfermeira do século e mãe da enfermagem psiquiátrica

  • Faleceu em 17 de março de 1999

  • O livro “Interpersonal Relations in Nursing” (1952) introduziu um novo paradigma para a enfermagem centrado nas relações interpessoais.

  • Paciente x Enfermeiro

  • A teoria adota como pressupostos básicos:

  • O crescimento e o desenvolvimento humano;

  • O curso das ações é influenciado tanto pelo paciente como pela enfermeira;

  • O paciente é uma estrutura biológica, psicológica, espiritual e sociológica única.

Diferentes papeis da enfermagem:

  • Diferentes papeis da enfermagem:

  • Professor: transmite conhecimento por uma necessidade ou interesse

  • Recursos: proporciona informações que auxiliam na compreensão dos problemas

  • Conselheiro: através da habilidade e atitude ajudar o paciente a reconhecer, aceitar, enfrentar e resolver os problemas.

  • Líder: realiza processo de indicação e manutenção das metas através da interação

  • Especialista técnico: pessoa que demostra habilidade clinica

  • Substituto: quem ocupa o lugar do outro

Metaparadigmas:

  • Metaparadigmas:

  • Ser humano: Peplau define homem como um organismo que luta para reduzir a tensão gerada pelas necessidades

  • Saúde: Movimento de personalidade e processos humanos na vida criativa, construtiva, produtiva, pessoal e comunitária

Sociedade/Ambiente: Peplau não abordou diretamente este conceito mas ela encoraja a enfermeira a considerar a cultura e as tradições do paciente quando estiver na rotina hospitalar

  • Sociedade/Ambiente: Peplau não abordou diretamente este conceito mas ela encoraja a enfermeira a considerar a cultura e as tradições do paciente quando estiver na rotina hospitalar

  • Enfermagem: processo interpessoal onde o relacionamento humano entre indivíduos enfermos ou que necessitem do serviço de saúde a enfermeira reconhece a necessidade de ajuda

Semelhanças entre as fases de Peplau e o Processo de enfermagem:

  • Semelhanças entre as fases de Peplau e o Processo de enfermagem:

  • Nas fases de Peplau e o processo de enfermagem são sequenciais e enfocam as interações terapêuticas. Ambos salientam que a enfermeira e o paciente devem usar as técnicas para a solução de problemas com colaboração, com o objetivo final de preencher as necessidades do paciente, usando observação, comunicação e o registro com instrumentos básicos para a prática de enfermagem.

  • Peplau descreve a enfermagem como “uma força amadurecedora e instrumento educativo.”

Comentários