Limpeza Química e Sanitização

Limpeza Química e Sanitização

Limpeza Química,Sanitizaçãoe

Condicionamento das membranas

•Objetivo: Manter alta performance nos Sistemas de Osmose

•Objetivo: Prolongar a vida útil das membranas

•Quando devemos realizar a L.Q. e a sanitização?

•Como e com o que fazemos isto?

Quando limpamos um Sistema de Osmose Reversa?

•Quando a vazão normalizada de permeado decresce de 10-15% da última limpeza química

•Quando a qualidade normalizada do permeado decresce de 10- 15% da última limpeza

•Quando a perda de carga normalizada (Delta P) entre alimentação e rejeito aumentar de 10-15% da última limpeza

•Antes de um longo tempo de parada do Sistema

•Como uma rotina de manutenção

O que nós limpamos?

•Incrustação de Carbonato de Cálcio •Incrustação de Sulfatos de Bário, Estrôncio e Cálcio

•Incrustação de Óxidos de Ferro, Níquel, Cobre,Manganesetc.

• Silica

•Depósitos Coloidais(inorgânicos)

•Depósitos Coloidais (orgânicos e inorgânicos juntos)

•Depósito de matéria orgânica(de origem natural)
•Depósito de matéria orgânica(criadas pelo homem)
•Crescimento Biológico(bacteria, fungos)

Nota:Frequentementefaz-se limpeza química devido a uma combinação dos items acima!!!!

Como escolher o melhor produto de limpeza?

•Identificar o agente causador da incrustação

•Contatar o fabricante da membrana, ou do equipamento ou ainda de produtos específicos para limpeza

•Definir o produto de limpeza mais eficaz

•Realizar a limpeza no sistema depois de ter o maior número de informações possíveis

•Enventualmente poderá ser realizada uma análise de uma membrana

• Custo

Precauções na escolha e procedimento da Limpeza

•Seguir a lista de produtos recomendados pelo fabricante da membrana, e os parâmetro de dosagem, pH, temperatura, e tempo de contato

•Definir uma limpeza efetiva

•Usar produtos pouco abrasivos

•O pH recomendado para membranas CPA é de 4 a 10

•A faixa mais ampla do pH é de 2 a 12

•Limpar à temperatura recomendada

•Preocupar-se com o meio ambiente no descarte dos produtos

•Não misturar ácidos com bases

•Remover os detergentes com permeado de pH alto

•No caso de óleo presente na membrana, não iniciar com pH baixo

Produtos de Limpeza-Membranas CPA

Carbonato de Cálcio Fosfato de Cálcio Óxidos (ferro) pH baixo, 4

Temperatura: 40 C

Sulfato de Cálcio Colóides Orgânicos naturais leves Crescimento Biológico pH alto, 10.0

Temperatura: 40 C

Orgânicos naturais pesados Cescimento Biológico

Temperatura: 40 C

Precipitados de Sílica

•Sílica solúvel precipitada devido a polimerização é muito difícil de ser removida sem danificar as membranas

•Contatar o fabricante antes da limpeza química

•Pode ser removida fisicamente com altas vazões deenxágue

•Várias recirculações e ciclos de repouso podem ajudar

CPA -Limpeza para Incrustação

Biológica

•Síndrome de CoralReef: Mistura complexa de incrustação inorgânica, óxidos de metais, matéria coloidal, material orgânico, bactérias mortas, bactérias vivas,biofilmes fungos, etc.

•Método # 1:

Limpeza com pH baixo Limpeza com pH alto Sanitizaçãocom Biocida

•Método # 2:

Sanitizaçãocom Solução paraBiofilmes Limpeza com pH alto Sanitizaçãosemanal com biocidas de 20 -30 minutos

Eliminando e Controlando Bactérias

Regra para Contagem de Bactérias:

•Bactéria em controle a: < 4logcf/ ml •Alerta a: 4 to 6logcf/ ml

•Problema a: 6logcf/ mlouqdoa contagem aumenta

Note:4log= 10,0 = 10
4

•Sanitização:9.9% (3log) redução de bactéria •Desinfeccão:9.99% (6log) redução de bactéria

•Esterilização:9.9999% (9log) redução de bactéria

•Biocida: Mata Bactéria •Biostatico: Inibe o crescimento

•Sol. parabiofilmes:Quebra a massa debiofilme

Propriedades de Biocidas Recomendados

•Que mate as bactérias •Remove a massa debiofilme

•Tempo mínimo de contato

•Pouco prejudicial à membrana (em termos químicos)

•Não tóxicos

•Manuseio seguro

•Custos admissíveis

Biocidas paraSanitizaçãode membranas CPA

Formaldeído

•Dosagem: 0.1 a 1.0% •Problemas de Toxicidade nos USA

•Para membranas novas, operar 24 horas antes da introdução ou permanente perda de fluxo

•Recomendado para longos períodos de condicionamento

Isotiazolina

•Dosagem: 15 a 25 ppm •Recomendado para longos períodos de condicionamento

•Dosagem:500 ppm @ 30-60 minutos

Bissulfitode Sódio •Recomendado para longos períodos de condicionamento @ 1.0% solução

Procedimento Geral de Limpeza Química

RO Clean-up Tank

Clean-up Pump

10-micron

Filter RO Stage

Permeate Concentrate

RO Cleanup Skid

Procedimento Geral de Limpeza Química

1:Enxáguedo Sistema de Osmose Reversa •Remove o concentrado da superfície das membranas

2: Limpar oskidde Limpeza Química •tanques, linhas, trocar filtros

3: Preparar a Solução de Limpeza

•Usar água do permeado •Ajustar e estabilizar o pH recomendado

•Ajustar e estabilizar a temperatura recomendada

•Para incrustantes normais, preparar cerca de 8,5 litros para cada membrana de 4 polegadas de diâmetro instalada no sistema

•Para incrustantes normais, preparar cerca de 3 litros para cada membrana de 8 polegadas de diâmetro instalada no sistema

•Dobrar o volume da solução/membrana para incrustações severas

Procedimento Geral de Limpeza Química 4: Introduzir a solução de limpeza no primeiro estágio

•Pressão máxima de 60psi

•Máximo de 10 -15pside perda de carga (delta P) para cada elemento

•Enviar para o dreno a água descartada •Descartar os primeiros 20% da solução

•Reciclar a solução para o tanque

•Reciclar o pequeno volume de permeado também para o tanque

•Reajustar o pH para o pH recomendado, toda vez que variar 0.5

Procedimento Geral de Limpeza Química

5: Recirculação com baixa vazão

•5 a 15 minutos •700 litros/hora para vasos de 4”

•2800 litros/hora para vasos de 8”

6: Recirculação com vazão moderada

•5 a 15 minutos •1400 litros/hora para vasos de 4”

•5600 litros/hora para vasos de 8”

7: Recirculação com alta vazão #1

•30 a 60 minutos •1800 a 2300 l/h para vasos de 4”

•8000 a 9000 l/h para vasos de 8”

Procedimento Geral de Limpeza Química

8: Repouso (opcional)

•1 a 2 horas para incrustações leves

•Uma noite para incrustações mais fortes (recircular 10% da vazão para manter a temperatura)

•Melhora a remoção de incrustantes

9: Recirculação com alta vazão #2 (opcional)

•15 a 60 minutos •Repouso e recirculação como acima

•Enxaguar e enviar para o dreno a solução. Usar água de permeado com pH e temperatura da solução

•Continuar oenxáguesem ajustar o pH

•Certificar-se que está eliminando a solução de limpeza

Procedimento Geral de Limpeza Química

1: Soluçãodesinfectante# 1 (opcional)

•Repor odesinfectanteconforme recomendado pelo fabricante

•Recircular 15-60 minutos com vazão moderada em todos os estágios que se esta limpando

•Repouso de 1 -2 horas

•Enxáguecom água de permeado

12: Introdução da segunda solução de limpeza (opcional)

•Normalmente a limpeza é feita com pH baixo e depois pH alto

13: Introdução de soluçãodesinfectante# 2 (opcional)

Procedimento Geral de Limpeza Química

14: Enxágue Final

•Usualmente 10 a 30 minutos •Usar baixa pressão com água pré tratada

•Terminar quando a condutividade da água do concentrado for igual a da alimentação

15: Enxágue de Serviço

•Idem ao acima, só que com alta pressão e o permeado descartado até atingir a especificação de condutividade e pH

Condicionamento das Membranas CPA

Para curtos períodos

•Normalmente 1 a 5 dias (baseados na atividade biológica) •Realizarenxágue

•Re enxaguar com cinco dias de intervalo (até 30 dias)

•Recircular solução 1 %bissulfitode sódio que reduz o risco de crescimento biológico

Para longos períodos

•Normalmente mais de 30 dias •Limpar o Sistema de Osmose

•Enxaguar e condicionar com biocida apropriado (.15% sol. isotiazolina, 1%bissulfitode sódio ou 0.1-1%formaldeído)

•Re enxaguar e condicionar com biocida a cada 30 dias se a temperatura for menor que 27 C

•Re enxaguar e condicionar com biocida a cada 15 dias se a temperatura for maior que 28 C

Comentários