Vidrarias e equipamentos de laboratorio

Vidrarias e equipamentos de laboratorio

(Parte 1 de 2)

Resumo:

O presente relatório deu enfoque para apresentação dos equipamentos utilizados nas praticas de laboratório enfatizando a forma de uso dos mesmos nas operações laborais envolvendo medidas de diversas grandezas, medidas volumétricas, de massa e procedimentos que necessitem de algum tipo de equipamento ou utensílio afim.

Introdução

Foram descritas de forma sucinta as formas operacionais dos diversos equipamentos utilizados no laboratório. Os utensílios também têm no laboratório uma função importante.

Revisão de Literatura

Béquer:

Recipiente em formato de copo fabricado em geral com vidro de alta resistência em dois modelos o Griffin ou Berzelius. Existem copos de béquer confeccionados em PMP ou PPP mais apropriados para trabalhos em campo.

Erlenmeyer:

Utilizado principalmente em titulações.

Proveta ou cilindro graduado:

É um cilindro graduado que serve para medir e transferir líquidos.

Almofariz com pistilo:

Usado na trituração e pulverização de sólidos em pequena escala. Facilita a dissolução de amostras no estado “solido” dificultam a ação dos reagentes e/ ou (apenas) a dissolução dos mesmos.

Balão de fundo chato:

Empregado no aquecimento ou armazenamento de líquidos.

Balão de fundo redondo:

Usado para aquecimento de líquidos e reações com desprendimento gasoso.

Balão de destilação

É um dos componentes da aparelhagem utilizada nos processos de destilação. Este tipo de balão possui uma saída lateral onde é conectado o destilador.

Balão volumétrico:

São balões usados no preparo de soluções.

Bureta

Tubo de vidro calibrado que serve para o escoamento de soluções padrão, utilizadas em titulações.

Cadinho:

Utilizado para aquecimento a seco a temperaturas altas num processo denominado calcinação.

Cápsula de porcelana:

Peça de porcelana usada para evaporar líquidos das soluções e na secagem de substâncias. Podem ser utilizadas em estufas desde que se respeite o limite de no

máximo 500°C.

Condensador:

Condensar vapores de líquidos aquecidos.

Dessecador:

Usado para resfriamento de substancias em atmosfera contendo baixo teor de umidade.

Funil de Buchner:

Utilizado no equipamento de filtração a vácuo juntamente com o Kitassato.

Funil de Vidro

Usado em transferências de líquidos e em filtrações de laboratório, isto é na separação das fases de misturas heterogêneas.

Funil de Separação:

Utilizado na separação de líquidos não miscíveis e na extração líquido/líquido.

Kitassato:

Utilizado em conjunto com o funil de Büchner em filtrações a vácuo.

Pipeta Graduada:

Usadas para medir pequenos volumes geralmente graduada em 0,1 mL.

Pipeta Volumétrica:

Serve para medir volumes específicos é constituída caracteristicamente de um tubo com um bulbo. Mede volumes e elevada precisão.

Pipeta Automática

Tem como Vantagem a rapidez de uso. Para medir volumes reduzidos.

Tubo de ensaio:

Para reações em pequena escala.

Vidro de relógio:

Peça de Vidro de forma côncava é usada em análises e evaporações em pequena escala, além de auxiliar na pesagem de substâncias não voláteis e não higroscópicas. Não pode ser aquecida diretamente.

Anel ou Argola:

(Parte 1 de 2)

Comentários