(Parte 1 de 8)

Mar~Jul/09

PerPerííodo: odo:

Tema:

Tema: Siderurgi a

Professor: Flávio Lúcio Santos Carvalho

Objetivos: Objetivos: -- > Geral:

>Geral: Proporcionar aos alunos sobre Siderurgia (Histórico e Processos).

>Espe cíífico: fico: Identificar quais são os processos dentro da Siderurgia e seu Histórico.

Desenvolvimento Desenvolvimento -- ConteConteúúdo: do:

1 – Histórico 2 – Processos atuais 3 – Novos processos

Re curso s instruciona is:

Recursos instrucionais: Data Show, Quadro e Pinceis

Té cnica instrucional:

cnica instrucional: Expositi va

Av alia

Av alia çção ão : Provas e Perguntas durante as aulas

Referências BibliogrReferências Bibliogr á fica s: fica s:

ARAUJO, L. A. Manual de Siderurgia – Produção. Editora Arte & Cultura, São Paulo vol.1. 1997. ARAUJO, L. A. Manual de Siderurgia – Transformação. Editora Arte & Cultura, São Paulo: vol.2. 1997.

CAMPOS, V.F. Tecnologia de Fabricação do Aço, UFMG, Vol.1, Belo Horizonte, 1983

CARVALHO, J. L. R., et al. Dados Termodinâmicos para Metalurgistas, UFMG, Belo Horizonte-MG, 392p., 1977. CHIAVERINI, Vicente. Aços e Ferros Fundidos, Associação Brasileira de metais (ABM), 5a edição, São Paulo, 1982, 518p. HERSKOVIC, J. Elaboração do Aço: Fusão e Refino, São Paulo, SP. ABM

Plano de Disciplina Plano de Disciplina

SIDERURGIA -H istórico

O cobre nativo foi o primeiro metal empregado pelo homem na fabricação de utensílios. A obtenção de ferro metálico, veio a ocorrer apenas no período neolítico.

Certamente, o país que mais se destacou na história da siderurgia foi a Inglaterra. A extração de ferro metálico nesse país remota a 400 ac e a obtenção de ferro gusa em alto forno a coque ocorreu no século XVIII.

Por ser abundante e suas ligas possuírem propriedades adaptáveis a quase todas as condições requeridas, logo o ferro se tornou o metal mais empregado. Desde então, a metalurgia passou a se dividir em siderurgia e metalurgia dos não ferrosos.

A siderurgia se tornou tão importante que passou a servir de padrão medidor do desenvolvimento das nações. Desde então, são consideradas fortes as nações dotadas de elevadas capacidades de produzir e/ou comercializar produtos siderúrgicos e seus insumos.

Logo após a descoberta do Brasil pelos portugueses, ocorreu por aqui enorme procura pelos metais.

Em 1554 o Padre Anchieta relatou à Corte Portuguesa a existência de ferro e em 1587 Afonso Sardinha iniciou a produção de ferro na Freguesia de SantoAmaro, São Paulo.

Mais tarde foram descobertas as grandes jazidas de ferro das Minas Gerais, pensando-se, na ocasião, que eram reservas inesgotáveis, a ponto de uma pessoa ilustre denominar Minas Gerais de peito de ferro das Américas. Apesar de tão grande potencial, Portugal impediu o desenvolvimento da siderurgia brasileira durante operíodo colonial.

Durante o período do Brasil Império, ocorreram algumas iniciativas importantes relacionadas com a produção de metais, porém, não consolidaram.

SIDERURGIA -H istórico

Um fato histórico notável foi a entrada do Brasil na Segunda grande guerra, no blocodos Aliados, quando recebemos acessoria americana para a implantação da CSN, empresa que consolidou nosso país como produtor de aço.

A consolidação do parque siderúrgico nacional foi liderado pela SIDERBRÁS durante o governo militar, que construiu e ampliou as grandes usinas siderúrgicas estatais para darem sustentação a todo o parque industrial brasileiro. Entre elas destacam-se: CSN, COSIPA, USIMINAS, AM Cariacica (Cia Ferro e Aço de Vitória), AM Tubarão (CST), AM Molevade (Belgo Mineira), AÇOMINAS.

SIDERURGIA -H istórico

Figuras que ilustram o perFiguras que ilustram o perííodo histodo históórico. rico.

Figuras que ilustram o perFiguras que ilustram o perííodo histodo históórico. rico.

SIDERURGIA -H istórico

Figuras que ilustram o perFiguras que ilustram o perííodo histodo históórico. rico.

SIDERURGIA -H istórico

SIDERURGIA - Conceitos Básicos / Produtos

METALURGIA: é a arte de extrair do(s) minério(s) o(s) metal(is),elaborá-lo(s) e conformá-lo(s) com o fim de produzir os objetos necessários à humanidade.

CLASSIFICAÇÃO DA METALURGIA: A metalurgia pode ser dividida em siderurgia e metalurgia dos não ferrosos.

SIDERURGIA OU METALURGIA DOS FERROSOS: É a metalurgia do ferro e suas ligas.

METALURGIA DOS NÃO FERROSOS: É a metalurgia dos outros metais, como do alumínio e suas ligas, do cobre e suas ligas, do ouro, etc.

Os produtos siderúrgicos se dividem em duas famílias principais: OS AÇOS e OS FERROS FUNDIDOS.

A melhor maneira de se entender a diferença entre aços e ferros fundidos é fazermos uma rápida análise do diagrama ferro-carbono

Esse diagrama é geralmente apresentado até 6,7% de carbono, porque este elemento forma com o ferro o composto Fe 3 C (cementita) que é extremamente duro e contém, aproximadamente, 6,7% de carbono (Ferro

Fundido = Fe 3 C + Fe + C). Como pode ser visto no diagrama Fe-C., o ferro puro (isento de carbono), apresenta-se até 912°C sob a forma alotrópica alfa (Ferrita) e acima de 912°C até 1354°C no estado alotrópico ( Austenita).

SIDERURGIA - Conceitos Básicos / Produtos

Diagrama de equilibrio FerroDiagrama de equilibrio Ferro--Carbono Carbono

TemperaturaFe3 C
D+LL
GDelta+G+L+F3 CL
G

Gam a 91 0° G Alf a

(Parte 1 de 8)

Comentários