Cópia de relatorio de hematologia

Cópia de relatorio de hematologia

(Parte 3 de 3)

Régua

Capilar

Procedimento: centrifugou-se a mostra por 15 minutos para que as plaquetas não fiquem no plasma, transferiu-se 500 µl para um tubo de vidro somente o plasma do tubo cetrifugado, para a confecção de três capilares, após a confecção dos capilares coloca-los em um tubo com H2O destilada emanter em Banho-Maria a 56°C por 15 minutos e centrifugar na minicentrifuga por 10 minutos, e medir o plasma total e fibinogênio com o auxilio da régua.

Resultados: amostra 198

1° capilar = 60 2

2°capilar = 62 2

3°capilar = 52 1

Cálculo

Tirar a media

60+62+52 = 174 dividido por 3 = 58 total

2+2+1=5dividivo por 3 = 1,66 fibrina

1,66 dividido por 58 X9200 = 263mg/dL.

Resultado dentro dos limites de normalidade.

Valores de referências

150 - 370 mg/dl (1,5 a 3,7 g/l).

Aparelhos utilizados

Centrifuga: A centrífuga é usada no laboratório para separação de misturas. Como plasma do sangue ou coagulo. É usada em diferentes aplicações laboratoriais, industriais e domésticas.

Limpeza: O exterior, as caçapas e o rotor, limpa-se com pano macio, umedecido em água e sabão neutro, ou álcool. Limpar após cada uso.

Banho Maria: É um dispositivo que permite aquecer substâncias de forma indireta (banho-maria), ou seja, que não podem ser expostas a fogo direto.

Limpeza: Lavar uma vez na semana. Colocar água destilada. E controlar a temperatura com termômetro.

Centrifuga – micro hematócrito: utilizada para separação de amostras em capilares e pata testes de hematócrito.

Limpeza: esponja com detergente para limpar e secar.

Microscópio óptico: Instrumento utilizado para ampliar e regular, possui uma serie de lentes coloridas e ultravioletas capazes de enxergar através da luz, estruturas pequenas e grandes impossíveis de enxergar a olho nu.

Limpeza: limpar com algodão e álcool 70%.

Balança de precisão: utilizada para pesar e dosar medidas precisas de reagentes para preparos de soluções em diversos testes e métodos laboratoriais

Coleta

É importante observar a proporção entre a quantidade de sangue e anticoagulante, pois o excesso de anticoagulante distorce as células e dilui o sangue e a sua falta provoca coágulos. Por isso, o tubo deve ser preenchido com sangue até a marca indicativa. Devem ser utilizados os tubos com marca de 1 ou 2ml de sangue, com anticoagulante EDTA. Para aves pode ser colhida a quantidade de sangue referente a 1% do peso. Evitar agitação grosseira do tubo, para evitar hemólise. Inverter o tubo 2 – 4 x, com movimentos suaves, logo após a coleta, para evitar a formação de coágulos. A coleta deve ser a mais rápida e limpa possível, para evitar a formação de coágulos. A presença de coágulos diminui o hematócrito e o número de plaquetas. Sempre retirar a agulha antes de pôr o sangue no tubo e deixar escolher pela parede do tubo, para evitar hemólise. É imprescindível a identificação do material

Questionário

1. Durante a centrifugação do tubo de soro os fatores de coagulação presentes na amostras são dissolvidos devido a coagulação das hemácias, ou seja, o tubo de soro não contém fatores de coagulação,pelo contrario o tubo de plasma mantém os fatores de coagulação para determinados exames.

2. Deve ser utilizada NaCl 0,9% pra que não haja rompimento das hemácias no momento da centrifugação,pois ela mantém o equilíbrio osmótico das hemácias a água destilada rompe as hemácias por isso não deve ser utilizada.

3. Célula nucleada da medula óssea que se tornará, por maturação, o glóbulo vermelho do sangue. A presença de eritroblastos no sangue circulante é patológica em certas anemias ou leucemias.

4. Por serem células de origem jovem são freqüentemente encontrados em recém-nascidos os eritrócitos ainda não amadureceram, e acabam aparecendo mais.

5. Não é necessário jejum, pois não a qualquer tipo de alteração para esse teste.

6. Deve-se realizar a observação no aumento de 1.000, com o auxilio óleo de imersão.

7. O plasma contém água (92%), proteínas e sódio (7%, como fibrinogênio, globulinas e albumina) e outras substâncias dissolvidas, como gases, nutrientes, excretas, hormônios e enzimas,ele carrega os faotores de coagulaçao sangunia.

8. Ocorreto é efetuar o pedio de uma nova amostra,e o descarta da amostra com micro coagulo,para que não haja alterações dos resultados.

9. Pode ser utilizado sim, pois o EDTA tem como principio a conservação das hemácias, plaquetas e leucócitos, do mesmo modo o citrato conserva as mesmas propriedades mais os fatores de coagulação. Mais não poderia ser o contrario, pois citrato não pode ser substituído pelo EDTA.

10. Capitulo VI artigo 11.

Conclusão

Conclui-se a importância da hematologia como meio auxiliar de diagnóstico através de exames simples e eficazes, auxiliando os médicos a estabelecer diagnósticos, firmar prognósticos e acompanhar os tratamentos das inúmeras enfermidades que atingem os humanos.

Referências:

www.hermespardini.com.br

Hematologia pratica –Dacie e Lewis- S. MITCHELL LEWIS, BARBARA J. BAIN, IMELDA BATES-9° edição.

(Parte 3 de 3)

Comentários