Transtornos alimentares e a influência da mídia segundo a abordagem cognitivo-comportamental

Transtornos alimentares e a influência da mídia segundo a abordagem...

INTRODUÇÃO

  • INTRODUÇÃO

  •  

  • Objetivo Geral: Aprofundar a influência da mídia no desencadeamento e agravamento dos transtornos alimentares baseando-se esse estudo na abordagem Cognitivo-Comportamental.

  • Objetivos Específicos: Descrever os aspectos básicos dos transtornos alimentares;

  • Discutir as bases teóricas e os estudos cognitivo-comportamentais;

  • Investigar os impactos da influência da mídia.

MÉTODO

  • MÉTODO

  • Foram pesquisadas reportagens sobre a percepção do corpo em números da revista CAPRICHO, em edições quinzenais ,no período de Fevereiro a Outubro de 2008.Em cada número foram pesquisadas e analisadas citações ou referências a modelo ideal de corpo feminino e eventualmente o relacionamento com a alimentação.

  •  

RESULTADOS

  • RESULTADOS

  •  

  • Foi feita uma análise qualitativa das citações ou referências e tal análise mostrou que a mídia propaga por meio de revistas, a pessoa magra como sendo um símbolo de competência, beleza, controle e atrativos sexuais, ao contrário do excesso de peso e obesidade que representam preguiça, indulgência pessoal, falta de autocontrole e força de vontade.

Pelo fato de os transtornos alimentares decorrerem de um modelo multifatorial que envolve aspectos biológicos, genéticos, psicológicos, familiares e socioculturais, a análise permitiu confirmar que a mídia é um dos principais fatores socioculturais que causam alterações da percepção da imagem corporal, exercendo enorme influência negativa sobre os indivíduos.

  • Pelo fato de os transtornos alimentares decorrerem de um modelo multifatorial que envolve aspectos biológicos, genéticos, psicológicos, familiares e socioculturais, a análise permitiu confirmar que a mídia é um dos principais fatores socioculturais que causam alterações da percepção da imagem corporal, exercendo enorme influência negativa sobre os indivíduos.

DISCUSSÃO

  • DISCUSSÃO

  • Tais resultados podem ser discutidos a partir da Tríade Cognitiva que é a forma como o indivíduo vê a si mesmo, o outro e o seu meio. A mídia tem um importante papel de reforçar determinados modelos e punir outros em relação à percepção do corpo ideal.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  • REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

  • RIO, Linda M.; RIO, Tara M. Diários da Anorexia.Ed.M.Books.1a Edição- 2004.

  • LEVISKY, David Léo. Adolescência: pelos caminhos da violência-São Paulo; Casa do Psicólogo, 1998.

  • DAVIDOFF,Linda L. Introdução à Psicologia.3a Edição.São Paulo:Makron Books, 2001.

  • CID 10 – Classificação de Transtornos Mentais e de Comportamento da CID 10: Descrições Clínicas e Diretrizes Diagnósticas. Artmed.

  • BECK, A. T. & ALFORD, B. A. (2000). O Poder Integrador da Terapia Cognitiva. Porto Alegre:Artes Médicas.

  • DATTILIO, F. M. & FREEMAN, A. (1998). Compreendendo a Terapia Cognitiva. São Paulo: Editorial Psy.

Comentários