Planejamento da assistncia de Enfermagem

Planejamento da assistncia de Enfermagem

PLANEJAMENTO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM

Hayanna Ferreira

Janayra Fernandes

Antonio Hudson

Cândida Costa

Maria de Fátima

Priscila Miranda

Roteiro

  • Conceito;

  • A importância da utilização de um método para assistência;

  • Competência do planejamento da assistência de enfermagem;

  • A sistematização como um instrumento da administração;

  • Fases do Planejamento para Implementação de um Método;

  • Desenvolvimento do programa;

  • Aperfeiçoamento;

  • Dificuldades na implementação e manutenção da SAE.

Conceito:

O planejamento pode ser definido como a decisão antecipada do que fazer; quem faz,como, quando e onde fazer. Assim o planejamento envolve escolhas: uma necessidade de escolher a partir de várias alternativas.

O planejamento da assistência de enfermagem é a determinação das ações de enfermagem, pela utilização de um método de trabalho, a fim de atender às necessidades da clientela.

Planejamento da Assistência de Enfermagem

Em geral divide-se em Três etapas:

Estratégico:é um plano de longo alcance,estabelecido de forma mais global, com uma assistência a nível institucional pelo serviço de enfermagem;

Tático: é um plano de médio alcance, mais detalhado, mais especifico.

Operacional:é um plano curto alcance, que visa um método para cada paciente ou grupos específicos de clientes.

A importância da utilização de um método para assistência de enfermagem

  • Vários métodos tem sido propostos para o planejamento da assistência de enfermagem que são denominados Processo de Enfermagem: método proposto para a resolução de problemas;

  • Outro proposta de sistematizar a assistência de enfermagem surgiu com a criação das teorias de enfermagem

  • O processo de enfermagem também é operacionalização de uma teoria e que cada modelo teórico possui seu próprio processo.

Nos processos de enfermagem suas fazes propõe a coleta de informação, a definição do problema, a opção por uma solução, testando-a, avaliando seus resultados e tentando outras soluções alternativas se a primeira não tiver sido satisfatória.

  • Nos processos de enfermagem suas fazes propõe a coleta de informação, a definição do problema, a opção por uma solução, testando-a, avaliando seus resultados e tentando outras soluções alternativas se a primeira não tiver sido satisfatória.

  • Horta propôs para o seu processo as seguintes fases:histórico,diagnóstico,plano assistencial,prescrição, evolução e prognóstico.

A quem compete o planejamento da assistência de enfermagem

O enfermeiro exerce todas as atividades de enfermagem, cabendo-lhe privativamente,entre outras atividades, o planejamento,a organização, a coordenação, a execução e avaliação dos serviços de assistência de enfermagem. (Decreto n° 94.406, de 08 de junho de 1987, que regulamenta a lei do exercício profissional , no seu artigo 8°)

A sistematização como instrumento da administração da assistência de enfermagem

  • Tem como paciente o centro dessa assistência;

  • É orientada, para assistência e envolve o planejamento, a direção, a supervisão e a avaliação das atividades desenvolvidas pela equipe de enfermagem ;

  • A SAE é fundamental na administração, pois além de nortear a caracterização de recursos humanos e materiais,facilita a avaliação da assistência prestada, o alcance dessa assistência e indicando áreas que requeiram aprimoramento.

Sistematização como instrumento da administração da assistência de enfermagem

Para Kurcgant , a SAE é importante como:

  • Agente na comunicação;

  • Agente na educação continuada:

  • Catalisadora de atividades;

  • Indicadora de controle e avaliação.

Sistematização como instrumento da administração da assistência de enfermagem

  • Conscientização do enfermeiro + sistematização da assistência = clientela

  • Ao implementar a sistematização da assistência de enfermagem, deve inicialmente prever e atenuar conflitos entre os profissionais de enfermagem e entre outros profissionais.

Fases do Planejamento para Implementação de um Método de Assistência de Enfermagem em uma Instituição de Saúde

Fase de Preparação: _ Conhecimento do sistema como um todo;

Valores e objetivos que norteiam a assistência de saúde à clientela;

Política que guia as ações da atual gestão;

Estrutura administrativa formal e relacional para identificar as relações de poder.

Determinação dos objetivos, estabelecimento de prioridades e seleção dos recursos disponíveis: _ Traçar os objetivos gerais e específicos da assistência de enfermagem a ser prestada, escolhendo, desta forma o método de sistematização da assistência mais adequado para a realidade encontrada.

Fases do Planejamento para Implementação de um Método de Assistência de Enfermagem em uma Instituição de Saúde

  • Desenvolvimento do Plano Operacional: _ Deverá contar com os aspectos relacionados ao pessoal de enfermagem, aos recursos materiais, à adequação do ambiente físico das unidades e à classificação dos instrumentos necessários para as fases do método de assistência de enfermagem a ser implantado.

Fase de Desenvolvimento- Desenvolvimento do programa

Para implementar a nova proposta é necessário estabelecer um cronograma para o desenvolvimento da operacionalização, considerando os recursos humanos, físicos e materiais previstos , portanto a programação deverá conter: O que, quem, onde, como e quando as ações propostas serão desenvolvidas.

• Aprovação: Deverá ser feita de maneira formal, pelo superior hierárquico, para que a implementação do método seja legitimizada;

Execução: O plano é colocado em ação. Reforçar instruções quanto à utilização dos impressos e orientações sobre as atribuições e discutir os problemas encontrados; a supervisão é indispensável tanto nas ações administrativas quanto nas assistenciais.

Fase de Aperfeiçoamento

  • Avaliação: Deverá ser avaliado continuamente através da observação direta ao cuidado prestado aos pacientes pela análise das anotações dos planos de assistência e sob forma de auditoria de enfermagem; avaliar os manuais elaborados, os instrumentos e suas normas de preenchimento.

  • Replanejamento: Diante da avaliação do método, devem ser feitas novas propostas para os ajustes necessários e a reformulação do aspectos que demandem mudança.

Dificuldades na implementação e na manutenção da sistematização da assistência de enfermagem

As principais dificuldades relatadas são relacionadas com:

→ falta de tempo;

→ inexperiência na utilização de qualquer método;

→ reação a mudanças;

→ falta de supervisão;

→ falta de atualização; etc.

Referências bibliográficas

  • KURCGANTE,P. et al. Administração em Enfermagem. São Paulo: EPU,1999.

Obrigado!

Comentários