Analise da flexão de joelho

Analise da flexão de joelho

INSTITUTO AVANÇADO DE ENSINO SUPERIOR DE BARREIRAS – IAESB

FACULDADE SÃO FRANCISCO DE BARREIRAS – FASB

CURSO EDUCAÇÃO FÍSICA

André Lopes, Charles Delman, George Wallace, Lorrany Natielle, Pedro Henrrique e Rondinei Oliveira

ANÁLISE DA FLEXÃO DE JOELHO

Barreiras

2010

André Lopes, Charles Delman, George Wallace, Lorrany Natielle, Pedro Henrrique e Rondinei Oliveira

ANÁLISE DA FLEXÃO DE JOELHO

O trabalho apresenta ao curso de Graduação em Educação Física, Faculdade são Francisco de Barreiras, como requisito parcial para a aprovação semestral.

Barreiras – Ba

2010

ATIVIDADE

1 - Escolher um movimento, descrevê-lo, e determine o plano eixo, movimentos realizados pela articulação envolvida. (colocar ossos e músculos) explicar a fase concêntrica, excêntrica e colocar ilustração.

Movimento escolhido: Flexão de Joelho

FONTE: http://logon.prozis.pt/images/flexao_da_perna_deitado.jpg

Descrição:

A flexão-extensão é o movimento principal do joelho. A extensão defini-se como o movimento que afasta a face posterior da perna da face posterior da coxa. A flexão é o movimento que aproxima a face posterior da perna da face posterior da coxa.

Com a flexão e a extensão do joelho, a patela desliza ao longo da superfície patelar, entre os côndilos femorais.

A superfície de contato da patela com o fêmur varia de acordo com o grau de flexão do joelho.

Plano e eixo:

Plano sagital e eixo latero-lateral

Movimentos realizados

Articulação do tipo gínglimo (ou dobradiça) modificada. Os movimentos desta articulação são flexão, extensão, rotação medial e rotação lateral. A amplitude de movimento para a flexão do joelho é de140°.

A rotação ocorre durante os movimentos de flexão e extensão do joelho e é realizada entre a tíbia e o fêmur. Com o fêmur fixo, o movimento que acompanha a flexão é uma rotação medial da tíbia sobre o fêmur; com a tíbia fixa, o movimento que acompanha a flexão é uma rotação lateral do fêmur sobre a tíbia. Com o fêmur fixo, o movimento que acompanha a extensão é uma rotação lateral da tíbia sobre o fêmur; com a tíbia fixa o movimento que acompanha a extensão é uma rotação medial do fêmur sobre a tíbia.

Os músculos que participam nos movimentos da articulação do joelho são :

Na flexão do joelho: bíceps femoral; semitendinoso; semimembranoso; sartório; grácil; gastrocnêmios (auxiliam); poplíteo (auxilia); plantar delgado (fraco).

Na extensão do joelho: quadríceps femoral: - reto femoral, vasto lateral, vasto medial, vasto intermédio; tensor da fáscia lata (auxilia); glúteo máximo (auxilia através do tracto iliotibial).

Na rotação interna do joelho: semitendinoso; semimembranoso; sartório; grácil; poplíteo.

Na rotação externa do joelho: bíceps femoral; tensor da fáscia lata (auxilia); fibras laterais de glúteo máximo (auxilia).

Músculos trabalhados com mais ênfase:

Primário: músculos posteriores da coxaSecundários: glúteos, músculos da panturrilha

Os ossos usados no movimento são:

Tíbia, fíbula e fêmur

Fase Concêntrica

A partir da posição inicial realiza-se a flexão completa da(s) perna(s).

FONTE: http://logon.prozis.pt/images/flexao_da_perna_deitado.jpg

Fase Excêntrica

A fase excêntrica é o retorno da posição final à posição inicia.l

FONTE: http://logon.prozis.pt/images/flexao_da_perna_deitado.jpg

REFERENCIAS

http://www.wgate.com.br/conteudo/medicinaesaude/fisioterapia/alternativa/fisiologia_membro_inferior.htm

Acessado em 15 set. 2010

http://www.scribd.com/doc/7219114/Biomecanica-Da-Musculacao

Acessado em 15 set. 2010

HAVES, Christianne Pereira Giesbrechtet al. Déficit bilateral nos movimentos de flexão e extensão de perna e flexão do cotovelo. Rev Bras Med Esporte, v. 10, n. 6, nov/dez. 2004.

Comentários