Projeto de instalações elétricas residencial

Projeto de instalações elétricas residencial

(Parte 1 de 8)

Página 1

ObjetivoObjetivo

Mostrar de forma clara, simples e objetiva, todas as etapas para a elaboração de um projeto de instalações elétricas residenciais de baixa tensão, conforme prescrições da NBR 5410:2004.

Página 2

PPúúblicoblico--alvoalvo

Engenheiros, Arquitetos, estudantes de engenharia e arquitetura e demais profissionais envolvidos com projeto, instalação e manutenção de instalações elétricas de baixa tensão.

Recursos didRecursos didááticosticos

Apostila com “slides”da apresentação;

Ebook“passo a passo das instalações elétricas residenciais”em CD-Rom;

Software QDC Pro para cálculos eletrotécnicos;

Apresentação de vídeos técnicos;

Exercícios em sala.

Página 3

SumSumááriorio

Normalização e legislação; Documentação técnica do projeto de eletricidade;

Fases do projeto de eletricidade;

Eletricidade básica;

Elaboração de projeto elétrico: previsão de carga, divisão da instalação em circuitos, linhas elétricas, dimensionamento de condutores, dispositivos de proteção e aterramento, dimensionamento da proteção, lista de material.

1.1. SISTEMA NORMATIVO SISTEMA NORMATIVO BRASILEIROBRASILEIRO

Página 4

ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas (fundada em 28/09/1940 –RJ);

Único “Fórum Nacional de Normalização”(Resolução nº7 – CONMETRO);

Privada, sem fins lucrativos e de utilidade pública;

Membro fundador da ISO (InternationalOrganizationfor Standardization), COPANT (Comissão Panamericanade Normas Técnicas) e AMN (Associação Mercosul de Normalização) e membro da IEC (InternationalElectrotechnicalComission) desde a criação da ABNT;

Responsável pela gestão do processo de elaboração de normas brasileiras.

57 comitês Eletricidade

Página 5

O sistema nacionalO sistema nacional

O Governo instituiu no país, em 1973, o SISTEMA NACIONAL DE METROLOGIA, NORMALIZAÇÃO E QUALIDADE INDUSTRIAL (SINMETRO), o qual éintegrado por entidades públicas e privadas, entre as quais a ABNT. Exerce atividades relacionadas com metrologia, normalização, qualidade industrial e certificação de conformidade;

Órgão executivo do SINMETRO éo INMETRO;

Dentro do SINMETRO, a ABNT tem sido reconhecida como o único fórum de normalização brasileiro atéo momento.

Norma x RegulamentoNorma x Regulamento

Página 6

NormaNorma

Documento, estabelecido por consenso e aprovado por um organismo reconhecido, que fornece, para uso comum e repetitivo, regras, diretrizes ou características para atividades ou seus resultados, visando àobtenção de um grau ótimo de ordenação em um dado contexto. Convém que as normas sejam baseadas em resultados consolidados da ciência, tecnologia e da experiência acumulada, visando àobtenção de benefícios para a comunidade (ABNT ISO/IEC Guia 2).

NormalizaNormalizaççãoão

Atividadeque estabelece, em relação a problemas existentes ou potenciais, prescrições destinadas àutilização comum e repetitiva, com vistas àobtenção do grau ótimo de ordem, em um dado contexto.

Nota: Em particular, a atividade consiste nos processos de elaboração, difusão e implementação de normas. A normalização proporciona importantes benefícios, melhorando a adequação dos produtos, processos e serviços às finalidades para as quais foram concebidos, contribuindo para evitar barreiras comerciais e facilitando a cooperação tecnológica (ABNT ISO/IEC Guia 2).

Página 7

NormalizaNormalizaççãoão Principais objetivos:

RegulamentoRegulamento

Documento que contém regras de caráter obrigatório e que é adotado por uma autoridade(ABNT ISO/IEC GUIA 2).

Página 8

Norma BrasileiraNorma Brasileira

Uma norma brasileira (NBR -Norma Brasileira Registrada) éo documento elaborado segundo procedimentos e conceitos emanados do SINMETRO, conforme Lei número 5966, de 1 de dezembro de 1973, e demais documentos legais desta decorrentes.

As normas brasileiras são resultantes de um processo de consensoconsensonos diferentes fóruns do Sistema, cujo universo abrange o Governo, o setor produtivo e os consumidores.

16© 2006www.vertengenharia.com.br Processo de elaboraProcesso de elaboraçção de uma NBRão de uma NBR

Página 9

NormalizaNormalizaçção Tão Téécnicacnica

O que fazerO que fazer (solução para um problema de engenharia)

(Parte 1 de 8)

Comentários