(Parte 1 de 3)

Vias Injetáveis

A administração por injeção (administração parenteral) compreende as seguintes vias: ♦ subcutânea

♦intramuscular

♦ intradérmica

♦ intravascular intravenosa intra-arterial

Depois de injetada, exceto na via intravascular, a droga percorre primeiramente pequenos vasos sendo transportada pela corrente sanguínea.

Podemos utilizar a terapia medicamentosa em suspensões ou em complexos relativamente insolúveis, de modo que sua absorção se prolongue por horas, dias ou mais tempo, não necessitando serem ministrados com muita frequência.

MATERIAL NECESSÁRIO MATERIAL NECESSÁRIO ♦bandeja

♦seringa

♦ agulha

♦garrote S/N

♦recipiente com algodão embebi do em álcool

♦recipiente para desprezar os algodões usados

♦ medicamento prescrito

♦ luvas

Verificar se o material irá atender a via de administração a qual a prescrição foi proposta.

PROCEDIMENTO ♦Rever a prescrição do medicamento

♦Lavar as mãos.

♦Reduz a microbiota patológica e consequentemente a incidência de infecção.

♦Verificar qual o medicamento e colocá-lo num recipiente (bandeja) apropriado, que deverá estar identificada com nome, quarto e leito do paciente, e usar seringa e agulhas adequadas;

O profissional deve obedecer à regra das cinco certezas: 1.Paciente certo 2.Medicamento certo 3.Via certa 4.Horário certo 5.Dosagem certa

PREPARO DE MEDICAMENTO PARENTERAL ♦Escolha da seringa e agulha

♦Estão disponíveis no mercado seringas de

SERINGAS Seringa 1ml Insulina Seringa 1 ml Tuberculina ou Vacina Seringa 3 ml Seringa 5 ml Seringa 10 ml Seringa 20 ml Seringa 60 ml

25 x 8 e 30 x 8 VerdeIntramuscular Endovenosa

Soluções aquosas e oleosas

25 x 7 e 30 x 7PretoIntramuscular Endovenosa Soluções aquosas

40 x 12Rosa

Endovenosa (Usada para retirar medicamento de frasco / ampola)

Soluções aquosas e oleosas

13 x 3,8Cinza ClaroSubcutânea Intradérmica

Insulinas Vacinas

13 x 4,0Cinza MédioSubcutânea Intradérmica

Insulinas Vacinas

13 x 4,5MarronSubcutânea Intradérmica

Insulinas Vacinas

20 x 5,5Púrpura MédioSubcutânea Endovenosa

Vacinas Soluções Aquosas

20 x 6,0AzulSubcutânea Endovenosa

Vacinas Soluções Aquosas

NOTA: Normalmente as agulhas 25X7 ou 30X7 são usadas para soluções oleosas e suspensões (penicilinas) para facilitar a aplicação e evitar entupimentos.

1.Na etiqueta do frasco, verifique o nome da droga, mg/ml, que inj. ou injectable está presente antes do nome da droga, e se a droga está dentro da validade. 2. Calcule o número de ml que irão ser necessários. 3. Monte a seringa e a agulha, sem tocar na agulha nem na ponta da seringa. 4.Montagem de Agulha na Seringa

Preparação a partir de um frasco (vial)

5. Remova a capa de proteção do frasco. 6. Limpe a membrana de borracha do frasco com álcool. 7. Coloque ar na seringa, na mesma quantidade da droga que vai usar. 8. Remova a capa de proteção da agulha. 9. Insira a agulha através da membrana de borracha do frasco. 10. Vire o frasco ao contrário. 1.Injete o ar no frasco. 12.Lentamente, encha a seringa com a quantidade de droga desejada, mantendo o frasco e a seringa na vertical. 13.Faça com que qualquer bolha de ar, presente no interior da seringa, seja movida para o topo da seringa e expulse-a. Tenha cuidado para expelir todo o ar. 14.Retire a agulha e volte a troque a agulha para a aplicação.

Preparação a partir de uma ampola de vidro

1.Retire o fluido que se encontrar no topo da ampola. 2.Parta o topo da ampola pela marca. Tenha cuidado para não se cortar. 3.Remova a capa de proteção da agulha. 4.Insira a agulha na ampola e encha a seringa com a droga. 5.Volte a colocar a capa de proteção na agulha.

6.Faça com que qualquer bolha de ar, presente no interior da seringa, seja movida para o topo

da seringa e expulse-a. Tenha cuidado para expelir todo o ar.

Preparação a partir de uma ampola plástica 1.Desenrosque o topo da ampola sem tocar na abertura 2.Retire a seringa da embalagem. Não toque na ponta da seringa. 3.Monte a seringa com a agulha e após a preparação do medicamento troque-a. 4.Injete o ar na ampola. 5.Vire a ampola ao contrário. 6.Encha a seringa com a quantidade de droga desejada. 7.Faça com que qualquer bolha de ar, presente no interior da seringa, seja movida para o topo da seringa e expulse-a. Tenha cuidado para expelir todo o ar. 8.Separe a seringa e a ampola. Coloque a agulha com a capa de proteção na seringa.

01- INTRADÉRMICA (I.D) – Também chamada intracutânea ou cutânea, é utilizada para testes alérgicos e algumas vacinas. É aplicada na camada mais profunda da pele, chamada derme. Sua característica é a formação de uma bolinha (pápula na pele). Utiliza-se em geral seringas de 1 ou 3 ml com agulhas 13x4,5mm.

(Parte 1 de 3)

Comentários