Tipos de estruturas organizacionais

Tipos de estruturas organizacionais

TIPOS DE ESTRUTURAS ORGANIZACIONAIS

TIPOS DE ESTRUTURAS ORGANIZACIONAIS

FLÁVIO VALÉRIO

JULIANO MORETTI

MARCELO OTA

RAFAEL BONETTI

RICARDO TAVARES

PROF. (A) :GISELA ADRIANA SIQUEIRA DE QUADROS XAVIER

DISCIPLINA: Teoria Geral da Administração II

FACINOR - 2010

PROBLEMA

“Existem muitas empresas que não conhecem ou não aceitam os tipos de estruturas organizacionais”

“ Para estas empresas seguir uma estrutura ainda é o maior desafio”

ESTRUTURA FUNCIONAIS OU ORGANIZAÇÃO FUNCIONAL

“são estruturas de organização departamentalizadas pelo critério funcional do primeiro nível”

MODELO DE UMA ESTRUTURA FUNCIONAL

Organização de uma estrutura industrial com ênfase na tecnologia e na produção

Organização de uma estrutura industrial com ênfase na área de marketing

Organização de uma estrutura industrial com ênfase na área mercadológica (marketing e negociações)

REFERENCIAL TEORICO

Com a sobrecarga do diretor-presidente e a necessidade de aumentar a ênfase na área mercadológica a empresa comercial poderá ser da seguinte maneira:

REFERENCIAL TEORICO

VANTAGENS DAS ESTRUTURAS FUNCIONAIS

1-Facilita a especialização profissional

  • Melhora a produtividade;

  • Aumenta a competitividade;

  • Desenvolve ótimos especialistas;

VANTAGENS DAS ESTRUTURAS FUNCIONAIS

2-Facilita a coordenação dentro da função

  • Facilita a uniformidade de técnicas e procedimentos dentro da função, pois o dirigente de nível mais elevado de cada função tem o comando em linha de toda sua área funcional

VANTAGENS DAS ESTRUTURAS FUNCIONAIS

3 – Favorece a redução de custos em virtude da inexistência de duplicidade de órgãos com a mesma atividade funcional

VANTAGENS DAS ESTRUTURAS FUNCIONAIS

4-Proporciona flexibilidade para aumento e redução de pessoal, pois eles podem substituir uns aos outros com mais facilidade

VANTAGENS DAS ESTRUTURAS FUNCIONAIS

5- Facilita a centralização, pois os demais executivos que são subordinados são especialistas apenas nas suas atividades e não tem uma boa visão sistêmica da organização.

DESVANTAGENS DAS ESTRUTURAS FUNCIONAIS

1- A coordenação de diversa funções é feita no topo

  • Dificulta a descentralização;

  • Atrasa as decisões que envolvem coordenação entre funções;

  • Dificulta a coordenação entre as funções.

DESAVANTAGENS DAS ESTRUTURAS FUNCIONAIS

2- Facilita a estreiteza de visão

  • Cada administrador é um especialista dedicado à sua função;

  • Dificulta a visão sistêmica dos negócios da organização;

  • Dificulta a preparação de administradores para o topo

DESAVANTAGENS DAS ESTRUTURAS FUNCIONAIS

3- Dificulta a avaliação dos resultados de cada unidade

  • É difícil comparar o desempenho de uma unidade com outra que são distintas;

  • O lucro só é apurado para o conjunto da organização.

QUANDO USAR A ESTRUTURA FUNCIONAL?

À medida que ela se diversifica e se torna mais complexa

DIVERSIFICAÇÃO DE ESTRUTURAS: VERTICAL E HORIZONTAL

É a ação de uma empresa no sentido de atuar em mais de um estágio do estado produtivo, substituindo transações de mercado por transações internas

DIVERSIFICAÇÃO DE ESTRUTURAS: VERTICAL E HORIZONTAL

SINTOMAS DE EXAUSTÃO DA ESTRUTURA FUNCIONAL

ESTRUTURAS DIVISIONAIS

“ É a separação de uma organização com estrutura funcional em divisões autônomas, denominadas centros de resultado, que passam a operar com relativa independência”.

MODELO DE UMA ESTRUTURA DIVISIONAL DEPARTAMENTALIZADA POR ÁREA GEOGRÁFICA

MODELO DE UMA ESTRUTURA DIVISIONAL DEPARTAMENTALIZADA POR PRODUTO

Empresas ou grupos de empresas com negócios com algum relacionamento: funções freqüentes na administração central

CONCEITO

“A estrutura divisional só se aplica a grandes empresas, pois todo resultado positivo terá que vir das divisões operacionais. A administração central, embora possa prestar serviços às divisões e cobrar por eles, tende ser basicamente um centro de custo, que absorve parte do lucro gerado pela divisões”.

Empresa ou grupo de empresas com negócios não relacionados

Divisões departamentalizadas por produto.

As divisões são completas: possuem todas as funções.

A Administração Central tem poucas funções.

Empresa ou grupo de empresas com negócios não relacionados

As divisões são completas possuem todas as funções.

A Administração Central tem poucas funções.

Empresa ou grupo de empresas com negócios altamente relacionados: estrutura das divisões.

Modelo two-men-team 1

Neste modelo, o número 1 é o executivo voltado para o relacionamento externo e o número 2 é voltado para os assuntos internos.

Modelo two-men-team 1

Neste modelo, o número 1 é um executivo voltado para o relacionamento externo e o número 2 é voltado para assuntos internos

O que cabe às diviões e à administração central

As divisões são responsáveis pelos resultados da empresa e em função disso são cobradas.

Os executivos da administração central têm autoridade funcional sobre os executivos da mesma função nas divisões.

Vantagens da centralização de funções na administração central

  • Evitar a multidão de atividades;

  • Pode representar maior poder de barganha pelo aumento de volume;

  • Redução no preço do produto ou serviço

Desvantagem da centralização de funções na administração central

  • Se houver poucas funções, ficará difícil cobrar toda a responsabilidade;

O que cabe a cada função na administração central

  • A função de Recursos Humanos;

  • A função de controle;

  • A tesouraria e finanças;

  • A função de qualidade;

  • A função informações;

  • A função compras;

  • A função jurídica;

  • A função de comunicação social;

  • A função pesquisa;

  • A função produção;

O que cabe a cada função na administração central

  • A função marketing;

  • O planejamento

Sinergia

“ É o acréscimo obtido no resultado pela utilização combinada de duas ou mais partes de um todo em relação à soma dos resultados obtidos individualmente.”

Estrutura matriciais

É uma estrutura de organização na qual existem dois tipos de órgãos: órgãos principais de trabalho ( os projetos) e os órgãos permanentes de apoio funcional.

Estrutura matriciais

A estrutura matricial consiste na existências de projetos.

Projetos são centros de resultados da mesma forma que na estrutura divisional

Projetos

“São unidades de trabalho envolvendo recursos humanos e materiais, sob a coordenação de um gerente, desenvolvem atividades visando os resultados definidos em prazo estabelecido.”

Modelo de estrutura matricial

Apoio funcional aos projetos

Vantagens da estrutura matricial

  • Máximo aproveitamento do pessoal;

  • Conseqüente redução dos custos;

  • Grande flexibilidade para aumento e redução de quadro para mudanças da organização;

  • Facilidade de apuração dos resultados

  • Controle de prazos e de custos por projetos.

Desvantagens da estrutura matricial

  • Menor lealdade da instituição;

  • Possibilidade de falta de contato entre elementos da mesma especialidade que trabalham em projetos diferentes;

  • Aprimoramento do teórico profissional dos técnicos;

  • Freqüentes conflitos de autoridade (devido a avaliação do projeto ser feita por um gerente de outra área)

Quando usar a estrutura matricial

Quando há:

  • Projetos de magnitude;

  • E projetos interdisciplinares.

Obrigado.

Comentários