Manual Capinadeira

Manual Capinadeira

(Parte 1 de 2)

CAPINADEIRA RBL 120

Ao optar pela CAPINADEIRA RBL 120 CEMAG, esteja convicto de que realmente decidiu pelo melhor implemento em seu gênero. É uma enxada rotativa produzida dentro de rigorosos padrões de qualidade e com características adaptadas às condições brasileiras, sendo portanto, a opção mais inteligente e adequada para capinas.

A CAPINADEIRA RBL 120 CEMAG, é capaz de prestar bons serviços por muito mais tempo, mas é de suma importância a leitura deste manual, para que voçê possa usufruir de todas as vantagens.

Através da vasta rede de revendas CEMAG em todo o território Nacional, a sua

CAPINADEIRA estará sempre muito bem assistida técnicamente e voçê poderá contar com um completo estoque de peças para reposição.

A CEMAG – S. A. Ao entregar qualquer de seus produtos à sua rede de revendedores, garante que os mesmos estão isentos de defeitos, tanto na qualidade do material com no projeto de engenharia.

A aplicação do TERMO DE GARANTIA aqui expresso é de solicitação exclusiva dos revendedores dos implementos, não devendo ocliente solicitar garantia diretamente à CEMAG.

Qualquer questão relativa à concessão dos benefícios de garantia será analisada pela CEMAG, quando for solicitada pelo revendedor, conforme critérios e condições abaixo:

1.O produto especificado neste manual será garantido pela CEMAG quanto a possíveis defeitos de material ou fabricação, somente ao primeiro comprador, dentro de um período de seis (06) meses, contados a partir da data de entrga, comprovada por nota fiscal.

2.Quaisquer componentes ou acessórios utilizados na fabricação dos produtos CEMAG, que não sejam de sua própria fabricação, estão excluídos dos termos desta garantia.

3.Os termos de garantia aqui expressos tornar-se-ão sem efeito, caso seja comprovado o uso inadequado do produto ou inobservância das normas contidas neste manual.

4.Quaisquer alterações ou transformações sofridas pelo produto, não autorizadas (por escrito) pela CEMAG, perderâo automaticamente o direito à garantia.

5.As peças defeituosas que se encontrem cobertas por este TERMO DE GARANTIA, passam a ser propriedade exclusiva da CEMAG, as quais deverão ser imediatamente remetidas pelos revendedores, como comprovantes de substituição.

6.Os eventuais defeitos na qualidade de peças sob abrigo deste TERMO DE

GARANTIA, não poderão ser considerados como pretexto de recisão de contratos de compra e venda ou para indenizações de qualquer natureza.

NOTA: A CEMAG – S. A. tendo em vista sua política de desenvolvimento de tecnologia e engenharia, reserva-se o direito de, em qualquer tempo, submeter seus produtos a modificações, alterações e melhoramentos, sem que isto, de modo algum, constitua qualquer obrigação de aplicar tais melhoramentos em seus modelos anteriormente fabricados.

ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

LARGURA TOTAL (m)3000 LARGURA DE CORTE (m)1900 TIPO DE ENGATECAT I ou I Nº DE LÂMINAS DO ROTOR30 ROTAÇÃO DO ROTOR (rpm)540 POTÊNCIA DO TRATOR (hp)70 PESO (kg)550

É essencial que os seguintes procedimentos sejam efetuados, sempre, antes de qualquer tentetiva para montar ou operar a CAPINADEIRA.

a) Verifique e complete os níveis indicados com óleo SAE 140. - Na caixa de engrenagens (capacidade 1,5 litros).

- Na caixa de transmissão vertical (capacidade 1,25 litros).

b) Lubrifique com graxa à base de Lítio, os seguintes pontos: - Cruzetas do conjunto eixo universal (cardan).

- Mancal direito do rotor.

c) Separe as duas partes do conjunto eixo universal (cardan) e lubrifique com graxa à base de bissulfeto de molibdênio (ou Lítio se assim o desejar).

d) Aperte todos os parafusos e porcas (reaperte após uma hora de trabalho, dando particular atenção aos parafusos das lâminas e aos suportes de engates do trator).

1. ACOPLAMENTO AO TRATOR

O acoplamento da CAPINADEIRA ao trator é feito através dos dois pontos do trator (fig. 1 – ítens 1 e 2) e do 3º ponto (fig. 1 – ítem 3).

A posição correta de montagem dos suportes de engates poderá ser encontrada através do posicionamento da CAPINADEIRA no trator, com o conjunto eixo universal (cardan) acoplado à TDF.

O recobrimento macho-fêmea deverá ser no mínimo de 150mm. OBEDEÇA AS POSIÇÕES DAS SETAS

Os engates deverão ser montados corretamente, a partir da posição mais baixa dos braços hidráulicos do trator.

Após o acoplamento dos engates nos (02) pontos, faz-se a seguir o acoplamento do 3º ponto, respeitando o nivelamento dos mesmos nos (02) sentidos: longitudinal e transversal (fig. 3 e 4).

ATENÇÃO ! * Leia e obedeça os avisos de advertência. Eles o ajudarão a evitar acidentes.

* Não execute nenhum trabalho embaixo da CAPINADEIRA quando esta estiver suspensa pelo levante hidráulico do trator.

* Nunca tente ajustar ou tocar alguma parte da CAPINADEIRA com a
tomada de força ligada ou com a CAPINADEIRA em movimento.

2.CONTROLE DE PROFUNDIDADE A profundidade de trablho é controlada através de (02) patins laterais e um central.

3.MONTAGEN DAS LÂMINAS

As lâminas são sempre montadas no lado esquerdo dos flanges, exceto no último (direito), onde as lãminas são montadas do lado direito. Os parafusos das l\ãminas são sempre montados com as cabeças do lado das lâminas e arruelas e porcas do lado dos flanges. As lâminas são sempre montadas aos pares, com as lâminas esquerdas em primeiro lugar (à frente).

Para montar o Rotor proceda da seguinte maneira:

a – Como são (08) furos por flange, comece a montagem pelo flange da extrema esquerda: escolha (02) furos quaisquer e monte a 1ª lâmina direita. Salte (02) furos e monte a 2ª lâmina direita.

b - No 2º flange, comece montando uma lâmina direita imediatamente à frente de outra similar do primieiro flange. Emseguida salte (02) furos e monte a 2ª lâmina. Feito isto, monte à frente de cada lâmina direita, uma esquerda. Siga o sentido do helicóide até o último flange (fig. 6).

c - No último flange, seguindo o raciocínio anterior, monte (02) lâminas esquerdas.

4.EMBREAGEM DE SEGURANÇA

O conjunto Trator-Capinadeira é protegido por uma embreagem de segurança com multi-discos de aço-bronze. Este sistema tem a finalidade de acionar as lâminas da

CAPINADEIRA em qualquer tipo de solo. Todavia, o acionamento é interrompido quando entram obstáculos no sistema, como pedras, tocos, e outros...

A embreagem parecerá dura no começo e poderá ser necessário algum ajuste após as primeiras horas de trabalho. Para regular a embreagem, gire normalmente as (06) porcas (A) no sentido horário, até que encostem nas arruelas uniformemente. Cada porca é então atarrachada (04) voltas completas, deixando as molas (B) comprimidas até 6mm. (ver fig. 7) A embreagem está agora corretamente ajustada para trabalhar em 540 rpm. Algumas vezes, as condições de trabalho poderão exigir um maior aperto nas porcas. Se for este o caso, o ajuste das porcas deverá ser feito sempre por igual.

Em operação normal de trabalho, a temperatura da embreagem não deve ser superior à temperatura de trabalho da caixa de engrenagens. Caso isso ocorra, regule corretamente a embreagem.

5. PLANO DE MANUTENÇÃO

Lubrificantes recomendados: 1- Graxa à base de Lítio: nos graxeiros de lubrificação de rolamentos (incluindo cruzetas do cardan). 2- Graxa à base de grafite, bissulfato de molibdênio ou Lítio: nos demais graxeiros e eixo cardan. 3-Óleo SAE 140: nas caixas de engrenagens simples, transmissão vertical e nas dobradiças e parafusos articulados.

1 – Diariamente ou a cada (08) horas de trabalho: - Apertar todos os parafusos das lâminas.

- Apertar os parafusos das placas e pinos de engate.

- Apertar todos os parafusos soltos das máquinas.

- Lubrificar pinos graxeiros das cruzetas do cardan.

(Parte 1 de 2)

Comentários