Avaliação - Movimento de Massas e Estabilidade das Encostas

Avaliação - Movimento de Massas e Estabilidade das Encostas

4

Instituto de Geociências da Universidade Federal da Bahia

Departamento de Geologia e Geofísica Aplicada – Disciplina : Geo 004 – Geologia Geral

Professor: Pedro Trindade Barretto - Avaliação contínua e Processual da Aprendizagem

Aluno: Carla Santana, Diego Guimarães, Heloísa Cazaes e Data: 21/09/2009

Patrícia Siqueira

Tema : Movimento de Massas, Estabilidade e Contenção Das Encostas:

1 – No Quadro-Síntese abaixo coloque adiante de cada número indicado o nome do movimento de massas de acordo com as especificações indicadas em cada quadro, quanto a composição do material dominante envolvido no fenômeno, a natureza do movimento, e a velocidade do fluxo.

Classificação dos Movimentos de Massa

Material Dominante

Natureza do Movimento

Velocidade do Fluxo

Lento (1cm/ano)

Moderado (~1km/ano)

Rápido

(+ de 5km/ano)

Rocha (dominante em regiões montanhosas)

Corrida (Fluxo)

X X X X X X

X X X X

X X X X X

X X X X X

1- Avalanche de Rocha

Queda ou Escorregamento

X X X X X X

X X X X X X

1- Escorregamento de Rocha

1-Queda de Rocha

Material Inconsolidado

Corrida (Fluxo)

1 – Rastejo (creep)

2 -Solifluxão

1-Corrida de Terra

2- Corrida de Detritos

3- Corrida de Lama

1- Avalanche de Detritos

2- Corrida de Detritos

Queda ou Escorregamento

X X X X X X

X X X X X X

X X X X X X

1- Slump

2- Escorregamento de Detritos

X X X X X X

X X X X X X

X X X X X X

2 - Os processos que envolvem o movimento de massas envolvem desde queda de blocos em taludes sub-verticais, deslizamento de rochas e fragmentos de rochas, escorregamento de rochas também denominado deslizamento de encostas de solo e/ou regolito, solifluxão ou rastejo, e corrida de lama. Em relação a cada um deles faça uma síntese de sua definição e características, faça uma breve ilustração, e descreva as principais soluções de engenharia para evitar que aconteçam em função da realização de obras de engenharia como, cortes de estradas, edificações, presença de chuvas copiosas ao longo de taludes.

Processo

Definição e Características

Ilustração

Soluções de Engenharia

1 - Queda de Rochas em taludes sub-verticais

Um movimento de massa muito rápido no qual blocos de rocha recentemente soltos subitamente caem de uma rampa da encosta ou talude.

Terra armada

2-Deslizamento de blocos e fragmentos em taludes fortemente inclinadaos.

É o rápido movimento de grandes blocos de camadas de rochas soltas que deslizam mais ou menos como uma unidade.

Remoção, quando viável ou telas de retenção.

3-Deslizamento, Colapso de encostas, avalanche

Rápido movimento de massa de material fragmentado, geralmente desce em uma almofada de ar. Usualmente disparado por um terremoto.

Terra armada

4-Rastejo ou Solifluxão

É um movimento extremamente lento,basicamente se dá pela movimentação como um todo, do manto de alteração de uma encosta; deslocando e abrindo fendas nas partes inferiores (solo residual e rocha). Este movimento afeta grandes áreas e não presenta uma superfície de ruptura muito bem definida.

Retaludamento

5- Corrida de Lama

Uma massa fluída de material (na

maioria das vezes mais fino do que areia, com alguns fragmentos de rocha) contendo uma grande

quantidade de água. Pode se deslocar por grandes distâncias e com altas velocidades, e carregar partículas grandes.

Barreiras vegetais ou muros de espera.

3 - Como identificar um local de risco?

1 – É necessário a observação do local:

2 - Observar o aparecimento de rachaduras e trincas.

3 - Observar o surgimento de valas e de erosão.

4 - As árvores e os postes de energia indicam, através de sua inclinação, o movimento do solo.

5 - Os muros e paredes, geralmente quando a terra, promove o aparecimento de estufamentos e rachaduras.

Obs: Em caso de rachaduras no terreno você mesmo poderá resolvê-las, cobrindo-as com terra e compactando até o preenchimento ser uniforme, evitando assim, a penetração de água.

ESCORREGAMENTO DE SOLO

Considerações Gerais:

Um desastre comum em épocas de chuvas fortes são os deslizamentos que ocorrem nas encostas ou nos cortes e aterros feitos com técnicas inadequadas. Quando nessas áreas são implantados loteamentos clandestinose desmembramentos irregulares e são ocupados por moradias, tem-se as condições próprias de risco de desastres.

4 - Os fatores de risco para encostas íngremes são:

1- Cortes no terreno com inclinação e altura excessivas;

2- Cortes feitos em terrenos com fissuras ou quaisquer descontinuidades;

3- Encostas naturais que apresentam alteração da consistência do solo (terra sobre rocha);

4. E encostas que apresentam grande declividade.

5 - Nos terrenos de aterros sanitários, pode se agravar quando e porque?

Nos terrenos de aterros sanitários, o problema pode se agravar quando o lixo é descarregado em local que recebe o lançamento das águas servidas ou em linhas naturais de drenagem. Este, por sua vez, sendo um material sem coesão e muito poroso, rapidamente fica saturado de água e o peso muito aumentado provoca seu escorregamento, podendo até mesmo comprometer a superfície de terrenos planos.

5 – Quanto a presença de Vegetação?

A falta de cobertura vegetal faz com que o impacto da água da chuva cause deslocamentos superficiais no solo, facilitando deslizamentos de terra.

6 - Além desses fatores, que outros fatores contribuem para deslizamento em tempos de chuva ?

As descargas de águas servidas ou águas pluviais, o rompimento de adutoras e a existência de grande número de fossas sanitárias num mesmo local podem provocar deslizamentos em tempos de chuva.

7 - Os problemas acima relacionados e questionados podem ser solucionados por técnicas adequadas para contenção de encostas, mas, mais do que isso, que ação coordenada entre poder público e a comunidade local, pode ser realizada e com que objetivos ?

Projetos sociais que visem a conservação da cobertura vegetal das encostas e um correto sistema de coleta e deposição final de resíduos sólidos.

AGRAVAMENTO DOS RISCOS DE DESLIZAMENTOS

8 - São conseqüentes de que ações inadequadas ?

1- Lançamento de águas servidas;

2- Lançamentos concentrados de águas pluviais;

3- Vazamento nas redes de abastecimento d’água;

4. Infiltrações de águas de fossas sanitárias;

5 - Deposição inadequada de lixo;

6- Execução inadequada de aterros;

7- Remoção descontrolada da cobertura vegetal.

MEDIDAS PREVENTIVAS

As encostas ocupadas caoticamente podem ter suas condições de segurança melhoradas, mediante amplo trabalho de ações interativas entre governo e a comunidade local. Toda a comunidade deve ter o entendimento do problema, e as medidas coletivas devem ser definidas por consenso.

Relacione as atividades preventivas de caráter permanente , conforme apresentado no seminário:

  1. Obras de infra-estrutura

1.1- Sistema de drenagem das águas pluviais;

1.2- Rede de esgotos sanitários;

1.3- Serviço de coleta do lixo urbano. 

  1. Obras não-estruturais

2.1- Desenvolvimento de diretrizes, objetivando a gradual reordenação urbanística das encostas ocupadas de forma caótica;

2.2- Formulação de critérios para a definição de projetos habitacionais seguros e de baixo custo, adaptados às condições topográficas das encostas;

2.3- Desenvolvimento de ação entre os órgãos governamentais envolvidos na solução do problema e da comunidade local, definindo as soluções mais adequadas.

3. Obras estruturais

Os tipos de obras objetivando a estabilização de encostas estão em constante evolução, em função do surgimento de novas técnicas e do aprofundamento dos conhecimentos sobre o mecanismo de estabilização. De um modo geral, as obras de estabilização de encostas são subdivididas em:

a. Obras sem estrutura de contenção

Essas obras compreendem :

3.1- Retaludamento;

3.2- Proteção superficial, com materiais naturais;

3.3- Proteção superficial, com materiais artificiais.

b. Que obras com estrutura de contenção podem ser realizadas ?

1- Muro de arrimo;

2-Paredes ancoradas (solo grampeado);

3-Contenção em corte.

c. Obras de proteção contra massas escorregadias

A ocupação das encostas é possível, desde que realizada de forma racional e de acordo com parâmetros técnicos adequados e bem definidos. Infelizmente, nestes últimos anos as encostas de nosso município vem sendo invadidas de forma caótica e sem o mínimo de planejamento.

Quais são as obras de contenção contra massas escorregadias ?

1-Barreiras vegetais;

2-Muro de espera.

Comentários