Resistores (código de cores e fabricação) - Uso do ohmímetro

Resistores (código de cores e fabricação) - Uso do ohmímetro

(Parte 1 de 3)

a) utilizar o ohmímetro para medidas de resistência elétrica; b) familiarizar com as escalas do instrumento; c) identificar o valor da resistência ôhmica de um resistor pelo código de cores.

1- DEFINIÇÃO: Resistores são componentes que tem por finalidade oferecer uma oposição à passagem da corrente elétrica, através de seu material.

2.2.1 - Variáveis: potenciômetros
2.2.2 - Ajustáveis: trimpots

2 - TIPOS: 2.1 - Fixos 2.2 - Não fixos

3.3.1 - Níquel
3.3.2 - Níquel-cromo
3.3.3 - Cromo-silício

3- MATERIAIS UTILIZADOS NA FABRICAÇÃO: 3.1 - Filme de carbono 3.2 - Fio especial (fio resistor) 3.3 - Filme metálico 3.4 - Chip

4- APLICAÇÃO DOS TIPOS DE RESISTORES: 4.1 - Filme de carbono - uso geral 4.2 - Fio especial - potência e instrumentos 4.3 - Filme metálico - precisão, uso geral, fusistor e potência 4.4 - Chip - montagem em superfície (SMD)

5- PRINCÍPIO DE FABRICAÇÃO: Normalmente os resistores possuem um corpo cilíndrico de cerâmica de alta qualidade, que pode ser de SiO2 (óxido de silício) ou de Al2O3 (óxido de alumínio), sobre o qual será depositado o filme homogêneo apropriado.

Nas extremidades do cilindro recoberto são colocadas as tampas de contato de aço galvanizado com cobre e estanho sob uma pressão média de 20kg. Sobre as tampas são soldados os terminais, normalmente de cobre eletrolítico estanhado, sendo esta solda feita por fusão.

Resistores (código de cores e fabricação) / Uso do ohmímetro - Prof. Edgar Zuim1

Para a obtenção de toda a gama de valores resistivos é feito um sulco de conformação helicoidal, de tal forma que o resistor propriamente dito é constituído de uma placa helicoidal de filme em torno do bastão de cerâmica.

Para esse serviço utiliza-se máquinas especiais de corte e raio laser para o ajuste final do valor do resistor. Portanto, para se obter o valor do resistor são utilizados simultaneamente dois processos: a) Alteração da espessura do filme no processo de deposição b) Escolha do passo apropriado para o sulco em hélice

Estes dois processos fazem com que quanto menor a espessura do filme ou menor o passo, maior será o valor resistivo.

Após esta etapa, o resistor é revestido com uma camada de verniz especial, a qual tem as funções de proteção elétrica, mecânica e climática, sendo que esse revestimento resiste à maioria dos solventes de limpeza que são usados na indústria.

No caso dos resistores fabricados pela Philips / Constanta, a cor de seu revestimento indica também o tipo e a potência do resistor.

6 - CLASSIFICAÇÃO DOS RESISTORES PHILIPS / CONSTANTA QUANTO A COR E SUA POTÊNCIA:

6.1 - RESISTORES DE FILME DE CARBONO TIPOPOTÊNCIACOR DO REVESTIMENTO Precisão 0,33W Bege

6.2 - RESISTORES DE FILME METÁLICO TIPOPOTÊNCIACOR DO REVESTIMENTO

Precisão 0,4W Verde escuro Uso geral0,33WVerde claro Uso geral0,5WAzul Uso geral0,5WRosa claro Potência0,5 e 3WVermelho escuro Não inflamável0,3 e 0,5WCinza

7 - POTÊNCIA:

7.1 - DEFINIÇÃO: É a relação entre o valor de sua resistência e a corrente que o atravessa.

7.2 - CARACTERÍSTICAS:

A potência dissipada por um resistor é fornecida para uso em regime de operação contínua, com sua carga total e máxima tensão de operação.

7.3 - VALORES COMERCIAIS DE POTÊNCIA: Os valores usualmente fabricados de acordo com o tipo de resistor são:

Resistores (código de cores e fabricação) / Uso do ohmímetro - Prof. Edgar Zuim2

7.3.1 - Filme de carbono e filme metálico: 1/5, 1/4, 1/3, 1/2, 3/4, 1 e 3W. 7.3.2 - Fio resistor: acima de 2,5W

8- UNIDADE DA RESISTÊNCIA ELÉTRICA: A unidade de medida da resistência elétrica no SI é o ohm, sendo representada pela letra grega ômega maiúscula (Ω), em homenagem a Georges Simon Ohm.

9 - IDENTIFICAÇÃO DO VALOR NOMINAL DO RESISTOR:

Os resistores são identificados por um código de cores ou por um carimbo de identificação impresso no seu corpo.

O código de cores consiste de 4 ou 5 anéis coloridos que seguem a norma de código de cores para resistores fixos IEC-62, como segue abaixo:

9.1 - RESISTORES DE 4 ANÉIS:

QUANDO NÃO FOR IMPRESSO O ANEL DE TOLERÂNCIA (SEM COR), A TOLERÂNCIA DO RESISTOR SERÁ DE 20%

COR1º ANEL2º ANEL3º ANEL

Preto-0x1

Marrom11x10 Vermelho22x100

Laranja33x1000 Amarelo44x10.0

Violeta77x10.0.0 Cinza88x100.0.0

Ao fator multiplicativo ou quantidade de zeros, pode ser associado a potência de 10, conforme mostrado a seguir:

PRETOx 1 = 100 MARROMx 10 = 101 Resistores (código de cores e fabricação) / Uso do ohmímetro - Prof. Edgar Zuim3

VERMELHOx 100 = 102 LARANJAx 1000 = 103 AMARELOx 10.0 = 104 VERDEx 100.0 = 105 AZULx 1.0.0 = 106 VIOLETAx 10.0.0 = 107 CINZAx 100.0.0 = 108 BRANCOx 1.0.0.0 = 109

Observa-se que o expoente da base 10 coincide com a quantidade de zeros a serem acrescentados após os dígitos (ou algarismos) significativos.

9.2 - RESISTORES DE 5 ANÉIS:

COR1º ANEL2º ANEL3º ANEL4º ANEL

A exemplo do caso anterior, pode-se associar ao fator multiplicativo ou quantidade de zeros os expoentes da base 10, onde o expoente indica a quantidade de zeros a serem acrescentados após os dígitos (ou algarismos) significativos.

9.3- MÉTODO DE LEITURA: Resistores (código de cores e fabricação) / Uso do ohmímetro - Prof. Edgar Zuim4

Resistores de 4 anéis

A leitura do valor nominal da resistência do resistor deve ser feita através da tabela do código de cores, segundo o seguinte procedimento:

I - Lê-se o valor dos dois primeiros anéis do resistor através da tabela. Os valores encontrados irão formar um número entre 10 e 9.

I - Lê-se o terceiro anel e através da tabela determina-se o valor multiplicativo ou número de zeros ou ainda, o expoente da potência de dez que irá se juntar ao número obtido e com isso, determinar a ordem de grandeza do resistor . I - Lê-se o quarto anel para determinar o valor da tolerância do resistor.

IV - Representa-se o valor nominal do resistor da seguinte maneira: valor encontrado na leitura dos três primeiros anéis, acrescido da tolerância.

AB x 10X ± Tolerância onde: A é o primeiro dígito

B é o segundo dígito X é o fator multiplicativo ou quantidade de zeros

(Parte 1 de 3)

Comentários