(Parte 2 de 6)

Segundo a NBR 8160, o dimensionamento deverá ser feito pelas Unidades Hunter de Contribuição (UHC). 1 UHC = vazão de 28 l / min.

Os ramais de descarga são dimensionados usando a tabela 1 ou a tabela 2.

Unidades HUNTER de contribuição dos aparelhos sanitários e

TABELA - 1

diâmetro nominal dos ramais de descarga.

APARELHO Número de

Unidades Hunter de Contribuição

Diâmetro nominal do ramal de descarga

Banheira de residência 3 40 Bebedouro 0,5 40 (*) Bidê 2 40 (*) Chuveiro de residência 2 40 Lavatório de residência 1 40 (*) Mictório - válvula de descarga 6 75 Mictório - descarga automática 2 40 Mictório de calha por metro 2 50 Pia de residência 3 40 Pia de serviço ( despejo) 5 75 Tanque de lavar roupa 3 40 Máquina de lavar louça 4 75 Máquina de lavar roupa - até 30 Kg 10 75 Vaso sanitário 6 100 (**)

Observações

Na NBR 8160 esta tabela é bem mais extensa. (*) - Para o ramal de descarga foi adotado um diâmetro mínimo de 40mm. (**) - O diâmetro mínimo do vaso sanitário é de 100mm. Os ramais de descarga ligados a um mesmo desconector devem ter o mesmo diâmetro, porque as entradas no desconector têm o mesmo diâmetro.

Instalação de Esgoto Doméstico

Unidades HUNTER de contribuição para aparelhos não relacionados

TABELA - 2

na tabel 1.

Diâmetro nominal do Ramal de descarga

Número de Unidades Hunter de Contribuição

Somam-se as UHC dos ramais de descarga que contribuem para o ramal de esgoto, e recorre-se então à tabela 3 para dimensionar o ramal de esgoto.

Dimensionamento de ramais de esgoto
TABELA - 3

Diâmetro Nominal do Tubo - DN Número máximo de Unidades Hunter de Contribuição

Instalação de Esgoto Doméstico

Na medida do possível devem se manter na mesma linha vertical, mas quando necessário, podem sofrer desvios horizontalmente. O desvio deve ser feito com curva longa, provida de visita, e o ângulo Ø deve ser inferior a 90°.

- se Ø > 45o , obtêm-se D2 na tabela 5 .

D1 e D3 - são obtidos através da tabela 4. D2 - se Ø < 45o , obtêm-se D2 na tabela 4 .

Observação

Qualquer tubulação ligada a vaso sanitário terá diâmetro mínimo de 100mm.

Dimensionamento de tubo de queda
TABELA - 4

Instalação de Esgoto Doméstico

Diâmetro Nominal do Tubo - DN Número Máximo de Unidades Hunter de Contribuição

Prédio até 3 pavimentos Prédio com mais de 3 pavimentos

Instalação de Esgoto Doméstico

COLETORES E SUBCOLETORES São dimensionados através da tabela 5.

TABELA - 5

Dimensionamento de coletores prediais e subcoletores

Diâmetro Nominal do Tubo -DN

Número máximo de Unidades Hunter de Contribuição

Declividades mínimas - % 0,5 1 2 4 100 x x x x x x 180 216 250 150 x x x x x x 700 840 1 0 200 1 400 1 600 1 920 2 300 250 2 500 2 900 3 500 4 200 300 3 900 4 600 5 600 6 700 400 7 0 8 300 10 0 12 0

Observação

A tubulação de esgoto deve ser preferencialmente retilínea. As tubulações devem ser fixadas de tal modo que não ocorram deformações.

RAMAIS DE VENTILAÇÃO O diâmetro dos ramais de ventilação é obtido diretamente na tabela 6.

TABELA - 6

Ramais de ventilação

Grupo de Aparelhos sem Vaso Sanitário

Grupo de Aparelhos com Vaso Sanitário

Número de Unid. Hunter de Contribuição

Diâmetro Nominal do Ramal de Ventilação -DN

Número de Unid. Hunter de Contribuição

Diâmetro Nominal do Ramal de Ventilação -DN até 2 40 até 17 50 3 a 12 40 18 a 60 75 13 a 18 50 - - 19 a 36 75 - -

Instalação de Esgoto Doméstico

COLUNA DE VENTILAÇÃO O diâmetro da coluna de ventilação é obtido diretamente na tabela 7

Dimensionamento de colunas e barrilete de ventilação

TABELA - 7

ou Ramal de Esgoto Hunter de
40 8 15 46
40 10 9 30
50 12 9 23 61
50 20 8 15 46
75 10 13 46 110317
75 21 10 3 82 247
75 53 8 29 70 207
75 102 8 26 64 189
100 43 1 26 76 299
100 140 8 20 61 229
100 320 7 17 52 195
100 530 6 15 46 177
150 50010 40 305
150 1 1008 31 238
150 2 07 26 201
150 2 9006 23 183
200 1 80010 73 286
200 3 4007 57 219
200 5 6006 49 186
200 7 6005 43 171
250 4 024 94 293
250 7 20018 73 225
250 1 016 60 192
250 15 014 5 174
300 7 3009 37 116287
300 13 07 29 90 219
300 20 06 24 76 186
300 26 05 2 70 152

Diâmetro Nominal Número de Diâmetro Nominal Mínimo da Coluna de Ventilação do Tubo de Queda Unidades 30 40 50 60 75 100 150 200250300 -DN contribuição Comprimento Máximo Permitido - m

Observação

Para impedir que o esgoto penetre no ramal de ventilação e o obstrua, este deve ser ligado por cima ao ramal de esgoto. Além disto, esta ligação do ramal de ventilação ao ramal de esgoto deve se dar a uma distância máxima do desconector, segundo a tabela 8.

Instalação de Esgoto Doméstico

TABELA -

Distância máxima de um desconector ao tubo ventilador 8

Diâmetro Nominal do Ramal de Esgoto - DN 40 50 75 100 Distância Máxima - m 1,0 1,20 1,80 2,4 b ) DECLIVIDADE

(Parte 2 de 6)

Comentários