NBR 12693-2010 - Sistemas proteção por extintor de incêndio

NBR 12693-2010 - Sistemas proteção por extintor de incêndio

(Parte 1 de 7)

ABNT NBR 12693:2010

NORMA BRASILEIRA ABNT NBR 12693

Valida a partir de 10.06.2010

Sistemas de proteção por extintor de incêndio Protection systems by fire extinguishers

Números de referência ABNT NBR 12693:2010 19 PAGINAS ABNT 2010

ABNT NBR 12693:2010

ABNT 2010 Todos os direitos reservados. A menos que especificado de outro modo, nenhuma parte desta publicação pode ser reproduzida ou utilizada por qualquer meio eletrônico ou mecânico, incluindo fotocópia e microfilme, sem permissão escrita da ABNT. Sede da ABNT Av. Treze de Maio, 13 � 28º andar 20003-900 � Rio de Janeiro � RJ Tel.: + 5 21 3974-2300 Fax: + 5 21 2220-1762 abnt@abnt.org.br w.abnt.org.br

©ABNT 2010 - todos os direitos reservados

ABNT NBR 12693:2010

Prefácioiv
1Escopo .................................................................................................................................. 4
2Referências normativas ....................................................................................................... 4
3Termos e definições .............................................................................................................. 4
4Classificação, capacidade extintora e desempenho dos extintores ............................... 5
5Requisitos .............................................................................................................................. 5
6Seleção de extintores ........................................................................................................... 6
6.1 Geral6
6.2 Seleção de risco6
6.3 Seleção de extintores para fogos em líquidos e gases inflamáveis pressurizados7
7Distribuição dos extintores .................................................................................................. 7
7.1 Geral7
7.2 Capacidade extintora e distribuição para risco classe A8
7.3 Capacidade extintora e distribuição para risco B8
7.4 Capacidade extintora e distribuição para risco classe C9
ANEXO A10
(NORMATIVO)10
Carga de incêndio especificas por ocupação – Cálculo para tipo de risco10
ANEXO B17
(NORMATIVO)17
Método para o levantamento da carga de incêndio especifica17
ANEXO C18
(INFORMATIVO)18

Sumário Página Extintores antigos sem capacidade extintora declarada ...................................................... 18

ABNT NBR 12693:2010 iv

Prefácio

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) é o Foro Nacional de Normalização. As Normas Brasileiras cujo conteúdo é de responsabilidade dos Comitês Brasileiros (ABNT/CB), dos Organismos de Normalização Setorial (ABNT/NOS) e das Comissões de Estudo Especiais (ABNT/CEE), são elaboradas por Comissões de Estudo (CE), formadas por representantes dos setores envolvidos, delas fazendo parte: produtores, consumidores e neutros (universidades, laboratório e outros).

Os Documentos Técnicos ABNT são elaborados conforme as regras das Diretivas ABNT. Parte 2.

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) chama atenção para a possibilidade de que alguns dos elementos deste documento podem se objeto de direito de patente. A ABNT não deve ser considerada responsável pela identificação de quaisquer direitos de patentes.

A ABNT NBR 12693, foi elaborada pelo Comitê Brasileiro de Segurança contra incêndio (ABNT/CB-24), pela Comissão de Estudo de Extintores de Incêndio (CE-24:302.03). O seu 1º projeto circulou em Consulta Nacional conforme Edital nº 07, de 07.07.1009 e 04.09.2009, com o número de Projeto ABNT NBR 12693. O seu 2º Projeto circulou em Consulta Nacional conforme Edital nº 02, de 28.01.2010 e 26.02.2010, com o número de 2º Projeto ABNT NBR 12693.

Esta segunda edição cancela e substitui a edição anterior (ABNT NBR 12693:1993), a qual foi tecnicamente revisada.

ABNT NBR 12693:2010

1Escopo

Sistemas de proteção por extintor de incêndio

Esta Norma estabelece os requisitos exigíveis para projeto, seleção e instalação de extintores de incêndio portáteis e sobre rodas, em edificações e áreas de risco, para combate a princípio de incêndio.

Extintores de incêndio são utilizados como primeira linha de ataque contra incêndio de tamanho limitado. Eles são necessários mesmo que o local esteja equipado com chuveiros automáticos, hidrantes e mangueiras, ou outro sistema fixo de proteção.

Esta Norma não se aplica à proteção de aeronaves, embarcações e veículos, nem a outras classes de fogos que não sejam A, B e C.

2Referências normativas

Os documentos relacionados a seguir são indispensáveis à aplicação deste documento. Para referências datadas, aplica-se somente as edições citadas. Para referências não datadas, aplicam-se as edições mais recentes do referido documento (incluindo emendas).

ABNT NBR 13434-1, Sinalização de segurança contra incêndio e pânico – Parte 1: Princípios de projeto

ABNT NBR 13860, Glossário de termos relacionados com a segurança contra incêndio ABNT NBR 15808, Extintores de incêndio portáteis ABNT NBR 15809, Extintores de incêndio sobre rodas

3 Termos e definições

Para os efeitos deste documento, aplicam-se os termos e definições da ABNT NBR 13860 e os seguintes:

3.1 Capacidade extintora Medida do poder de extinção de fogo de um extintor, obtida em ensaio prático normalizado.

3.2 Carga de incêndio Soma das caloríficas possíveis de serem liberadas pela combustão completa de todos os materiais combustíveis em um espaço, inclusive os revestimentos das paredes, divisórias, pisos e tetos.

3.3 Carga de incêndio específica Valor da carga de incêndio dividido pela área de piso do espaço considerado, expresso em megajoules por metro quadrado (Mj/m2 )

3.4 Classe A fogo em materiais combustíveis sólidos, que queimam em superfície e profundidade através do processo de pirólise, deixando resíduos 3.5 Classe B

ABNT NBR 12693:2010

Fogo em combustíveis sólidos que liquefazem por ação do calor, como graxas, substâncias líquidas que evaporam e gases inflamáveis, que queimam somente em superfície, podendo ou não deixar resíduos

3.6 Classe C fogo em materiais, equipamentos e instalações elétricas energizadas

3.7 Distância máxima a ser percorrida Distância máxima real, em metros, a ser percorrida pelo operador, do ponto de fixação do extintor a qualquer ponto da área protegida por ele

3.8 Extintor portátil Extintor de incêndio que pode ser transportado manualmente, sendo que sua massa total não pode ultrapassar 20kg

3.9 Extintor sobre rodas Extintor de incêndio, montado sobre rodas, cuja massa total não pode ultrapassar 250kg, operando e transportado por um único operador

3.10 Risco baixo

Edificações e áreas de risco com carga de incêndio específica até 300 MJ/m2 e líquidos combustíveis com volume menor que 3,6L

3.1 Risco médio

Edificações e áreas de risco com carga incêndio específica acima de 300 MJ/m2 a 1200 MJ/m2 e líquidos combustíveis com volume igual a 3,6 L até 18L

3.12 Risco alto

Edificações e áreas de risco com carga de incêndio específica acima de 1200 MJ/m2 e líquidos combustíveis com volume maior que 18L

4 Classificação, capacidade extintora e desempenho dos extintores

4.1 Os extintores específicos nesta Norma são classificados para o uso em classes A, B e C, conforme definido na Seção 3, e eficiência relativa de extinção em ensaios laboratoriais.

4.2 As classificações em graus de capacidade extintora, o ensaio de condutividade elétrica, e os requisitos dos extintores conforme a carga de agente extintor, estão estabelecidas na ABNT NBR 15808 e ABNT NBR 15809.

5 Requisitos

5.1 Os extintores devem ser mantidos com sua carga completa e em condições de operação e instalados nos locais designados.

5.2 Os extintores devem estar em locais facilmente acessíveis e prontamente disponíveis numa ocorrência de incêndio. Preferencialmente, devem estar localizados nos caminhos normais e passagem, incluindo saídas das áreas, não podendo ser instalados em escadas.

5.3 Os abrigos de extintores não podem estar fechados à chave e devem ter uma superfície transparente que possibilite a visualização do extintor no seu interior.

(Parte 1 de 7)

Comentários