contabilidade aplicada a administração

contabilidade aplicada a administração

(Parte 3 de 7)

14 - PATRIMÔNIO LÍQUIDO

É o quarto grupo de elementos patrimoniais que, juntamente com os Bens, os Direitos e as obrigações, completarão a Demonstração Contábil denominada Balanço Patrimoniais.

O total do grupo Patrimônio Líquido é igual ao valor da Situação Líquida da Organização. Assim, se Situação Líquida for positiva, o total do grupo Patrimônio Líquido será igualmente positivo. Por outro lado, se a Situação Líquida for negativa o total do grupo Patrimônio Líquido será igualmente negativo.

Ainda, se a Situação Líquida for nula, o grupo Patrimônio Líquido também refletirá essa situação.

Esse grupo, no Balanço Patrimonial de uma Organização, aparece sempre do lado direito, juntamente com as Obrigações.

BALANÇO PATRIMONIAL

ATIVO PASSIVO

Bens Obrigações

Direitos Patrimônio Líquido

O patrimônio Líquido é composto pelos seguintes elementos:

  • Capital

  • Reservas

  • Lucros ou prejuízos Acumulados

Na fase de constituição da Organização, o Capital representa o dinheiro entregue pelos sócios ou pelo proprietário para formação do patrimônio inicial. Deste subgrupo, subtrai-se o capital a realizar, isto é, a diferença entre o capital que consta do contrato e o capital efetivamente entregue pelos sócios;

As Reservas são formadas pela retenção de parte dos lucros da Organização, para utilizá-los futuramente no aumento de seu capital;

Os Lucros Acumulados: é o principal objetivo das empresas. São a parte do lucro a que a empresa ainda não deu destinação. Caso a empresa apresente prejuízos, o valor correspondente ao prejuízo deverá ser subtraído desse grupo e classificado em prejuízos acumulados.

Obs: No caso específico das Sociedades Anônimas, é obrigatório, por lei, uma retenção de 5% (cinco por cento) dos lucros obtidos, em cada Balanço até que esta parcela atinja a 20% (vinte por cento) do capital, o qual é chamada de ‘Reserva Legal’.

13.1 - A EQUAÇÃO PATRIMONIAL

Considerando os elementos integrantes do patrimônio, podemos, então, apresentar a equação patrimonial:

PATRIMÔNIO LÍQUIDO = ATIVO – PASSIVO

  • Patrimônio Líquido: é a parte do patrimônio que pertence ao proprietário da empresa. São os Capitais Próprios.

14 - ORIGEM E APLICAÇÃO DE RECURSOS

Aplicação de recurso = ATIVO;

Origem de recurso = PASSIVO;

Ex:

APLICAÇÃO

Onde aplicar os recursos?

ORIGEM

Onde obter os recursos?

Assim, a primeira preocupação do contabilista, antes de efetuar o registro da operação, será de analisá-lo e dissociá-lo em seus dois aspectos complementares: ORIGEM e APLICAÇÃO.

Respondendo às seguintes perguntas: onde se originaram os recursos? Onde foram aplicados?

OPERAÇÃO

ANÁLISE

ORIGEM

APLICAÇÃO

Compra de um carro,

à vista.

Dinheiro em caixa

Compra de um carro

Compra de um carro, a prazo.

Crédito junto à revenda ou ou à financeira

Compra de um carro

Pagtº do aluguel em

Cheque

Saldo bancário

Pagamento do aluguel

15 - AS TÉCNICAS CONTÁBEIS

Para atingir seus objetivos, a contabilidade se utiliza de técnicas próprias que são:

a) Escrituração:

Técnica pela quais as ocorrências com efeitos no patrimônio são registradas. Algumas regras devem ser seguidas para que as informações possam ser aproveitadas e compreendidas por todos aqueles interessados. A escrituração é um meio utilizado para possibilitar, pela agregação dos diversos fatos ocorridos, a elaboração de demonstrativos capazes de formar a posição da riqueza patrimonial.

b) Demonstrações Contábeis:

Podem ser apresentadas sob diversos ângulos informativos. Algumas são, digamos, umas consolidações dos fatos registrados ou escriturados.

O Balanço Patrimonial, por exemplo, mostra a situação do patrimônio, em determinado momento, resultante da escrituração de diversos fatos.

A Demonstração do Resultado do Exercício também é resultante de diversos fatos, positivos e negativos, escriturados durante um ano. Mostra como a empresa se saiu naquele ano.

O Inventário é outra demonstração e preocupa-se em mostrar a composição de alguns itens patrimoniais, analiticamente, alguns sem a utilização dos registros contábeis como, por exemplo, os estoques que são fisicamente verificados e outros com base nos registros contábeis como valores a receber e a pagar, valores que a empresa mantém nas instituições financeiras e outros.

c) - Análise de Balanços:

Técnica pela qual se determina a capacidade de pagamento da empresa, o grau de solvência, a evolução da empresa, a estrutura patrimonial e outras. Pela análise de balanços é possível comparar a situação da empresa dentro do setor que de faz parte. Apresenta quocientes úteis para os interessados na riqueza patrimonial, efetivos e potenciais, auxiliando-os, pela relação entre elementos naquele período e pela evolução durante os anos, a interpretar os demonstrativos apresentados.

d) - Auditoria:

Técnica pela qual é verificada a qualidade da informação prestada confirmando ou não, se os demonstrativos apresentados representam com fidelidade a situação patrimonial. Na auditoria examinam-se os documentos geradores da transformação patrimonial e a estrutura dos demonstrativos contábeis.

Elaborando-se PARECER conclusivo sobre a correta utilização dos procedimentos e princípios contábeis, inclusive a fidedignidade da informação. A auditoria pode ser interna ou externa.

16 - APLICAÇÕES DAS TÉCNICAS CONTÁBEIS

Estudaremos agora a aplicação das técnicas contábeis, ou seja, os meios e métodos utilizados pela Contabilidade para o registro dos fatos administrativos.

17 - CONTAS

É o nome técnico dado aos componentes patrimoniais (Bens, Direitos e Obrigações) e aos elementos de resultado (Despesas e Receitas).

É função da contabilidade é registrar os fatos administrativos que acontecem numa empresa. Estes fatos devem ser registrados separadamente, de acordo com sua natureza. Os agrupamentos de registros dos fatos administrativos de uma mesma natureza denominam-se contas.

Cada tipo de conta recebe uma denominação permanente, um título, um nome que identifica claramente a natureza dos fatos que ela representa. Assim, lendo o nome das diferentes contas, teremos a idéia imediata do que elas represetam dos fatos que registram.

Podemos citar como exemplo, os seguintes nomes de contas:

  • CAIXA: essa conta registra todo o movimento de entrada e saída do dinheiro da empresa.

  • DESPESAS DE PESSOAL: registra todas as despesas efetuadas pela empresa para pagamento de seus empregados.

  • FORNECEDORES: representa o que a empresa deve a terceiros, pelas compras efetuadas a prazo.

17.1 - CLASSIFICAÇÃO DAS CONTAS

As contas classificam-se em dois grandes grupos: as contas patrimoniais e contas de resultado.

  • CONTAS PATRIMONIAIS

São as contas que representam os Bens, Direitos e Obrigações da Organização. Serão ativas se representarem bens e direitos, e passivas, se representarem obrigações.

As contas patrimoniais ativas terão sempre saldo devedor, e as contas patrimoniais passivas terão sempre saldo credor.

  • CONTAS DE RESULTADO

São as contas que representam as Despesas e as Receitas da empresa. Aparecem durante o exercício social encerrando-se no final do mesmo. Não fazem parte do Balanço Patrimonial, mas permitem apurar o resultado do exercício.

Estas contas serão Devedoras, se representarem despesas, e terão sempre saldo devedor; será Credoras, se representarem receitas e terão sempre saldo credor.

Despesas: decorrem do consumo de Bens e da utilização de serviços. Por exemplo: a energia elétrica consumida, os materiais de limpeza consumidos, o café consumido, os materiais de expediente consumidos, a utilização dos serviços telefônicos etc.

Exemplos de Contas de Despesas:

Água e Esgoto

Material de Expediente

Aluguéis Passivos

Juros Passivos

Café e Lanches

Luz

Contribuição de Previdência

Material de Limpeza

Descontos Concedidos

salários

Despesas Bancárias

Prêmios de Seguro

Fretes e Carretos

Telefone

Impostos

Honorários

Receitas: Decorrem da venda de Bens e da prestação de serviços. Existem em número menor que as despesas, sendo as mais comuns representadas pelas seguintes contas:

Exemplos de Contas de Receitas:

(Parte 3 de 7)

Comentários