Instalações Elétricas

Pâmella Bernardo

Ruanna M. Simão Barreto

DISJUNTOR

  • DEFINIÇÃO

Dispositivo de manobra (mecânico) e de proteção capaz de estabelecer, conduzir e interromper correntes em condições normais do circuito, assim como estabelecer, conduzir por tempo especificado e interromper correntes em condições anormais do circuito, tais como o curto-circuito.

Disjuntores devem SEMPRE ser ligados aos condutores FASE.

  • NORMAS

NBR 5361

Disjuntores De Baixa Tensão

NBR 07118

Disjuntores de Alta Tensão

NBR IEC 60947-2 - Disjuntores Industriais

NBR IEC 60898 - Disjuntores Residenciais

NBR 5361 - Disjuntores - Disjuntores

Obs. Atenção esta norma (NBR 5361) poderá ser utilizado; porém com restrições segundo a NBR 5410/97 Instalações Elétricas em Baixa Tensão.

  • CRITÉRIO DE SELEÇÂO

    1. Norma aplicável (Norma aplicável (NBR IEC 60947-2 e NBR IEC 60898)

    2. Número de pólos

    3. Tensão de emprego (Ue)

    4. Corrente nominal (In)

    5. Freqüência

    6. Capacidade de interrupção (Icu / / Ics)

    7. Funções complementares

    8. Tipo de circuito / carga a ser protegida (cabo, barramento, gerador, motor, equipamento em cc)

  • TIPOS DE DISJUNTORES

    1. Disjuntores Termomagnéticos

Atuam por:

- Efeito térmico com sobrecarga

- Efeito eletromagnético com corrente de curto-circuito

Em resumo, os DTMs cumprem 3 funções básicas:

  1. Abrir e fechar os circuitos (Manobra)

  2. Proteger os condutores e equipamentos contra sobrecarga (dispositivo térmico)

  3. Proteger condutores contra as correntes de curto-circuito (dispositivo magnético).

Os disjuntores termomagnéticos têm as mesmas funções que os fusíveis, porém, o fusível se queima necessitando de troca enquanto o DTM desliga-se necessitando liga-lo depois.

Existem três tipos de disjuntores termomagnéticos, os monopolares, bipolares e tripolares.

    1. Disjuntore Diferencial Residual

È um tipo de disjuntor que por ser formado pela conjugação de um termomagnético acoplado ao um diferencial residual, conjuga suas funções:

  1. disjuntor termomagnético – protege os fios contra sobrecargas e curto-circuito.

  2. dispositivo diferencial residual – protege as pessoas contra choques elétricos por contatos direto ou indireto.

Existem dois tipos de disjuntores DR, o bipolar e o tetrapolar. Lembrando que os disjuntores DRs devem ser ligados aos condutores fase e neutro do circuito, sendo que o neutro não pode ser aterrado após o DR.

  • BIBLIOGRAFIA

  1. PROCOBRE - Instituto Brasileiro do Cobre

  2. NBR 5410

  3. http://www.geindustrial.com.br/produtos/disjuntores/dr/

  4. http://www.siemens.com.br/templates/v2/templates/TemplateD.Aspx?channel

  5. http://www.uciee.org

Comentários