Imagem do Aparelho Urinário

Imagem do Aparelho Urinário

Imagem do Aparelho Urinário

Componentes: Rins (T11- L3), ureteres, bexiga, uretra.

Exames utilizados: Radiológico, Ressonância Magnética (RM), Tomografia Computadorizada (TC), Ultrassonografia (ou ecografia)

1. Exame Radiológico: Pode ser de dois tipos, o simples e o contrastado.

a) Exame Radiológico Simples:

- Quanto menos gases, melhor;

- Verificam-se a sombra renal, o músculo psoas, calcificações;

b) Exame Radiológico Contrastado

- Urografia Excretora ( antigo, mas muito utilizado): É um procedimento especial de raios-x dos rins, ureteres e bexiga, em que se utiliza contraste iodado na veia. Este contraste será captado pelos rins e eliminado pela urina. É este trajeto “rins-bexiga” feito pelo contraste que permite a visualização/análise dos órgãos do aparelho urinário (avaliação do tamanho, eixo, contorno e simetria funcional dos rins). Exame realizado em Jejum, com uso de laxativos, e em obtenção da garantia de boa distribuição gasosa. A primeira radiografia é feita entre 3 e 5 minutos depois da injeção.

- Obs1.: No caso da Urografia excretora, quando se consegue observar o trajeto pelos rins trata-se de um nefrograma. E após a excreção, realiza-se o exame pós-miccional (geralmente).

c) Uretrocistografia

- O contraste é inserido pela via uretral ( passa pela uretra e preenche a bexiga);

- Radiografa-se durante a micção;

- Normalmente, observa-se o estreitamento da uretra prostática;

- Este exame é indicado para crianças com infecção urinária;

2. Ultrassonografia

Com a finalidade de avaliar as funções renais, a Ultrassonografia é o primeiro exame a ser pedido.

- É possível avaliar: Características intrínsecas aos rins, como tamanho próprio, contorno, espessura do parênquima renal;

- A região medular é mais hipoecogênica;

3. Tomografia Computadorizada

- O paciente permanecerá deitado e imagens da região a ser estudada são captadas através de um arco que emitirá as imagens para um computador. A duração do exame é de apenas 15 minutos. O único desconforto será o de permanecer imóvel para que as imagens possam ser reproduzidas com qualidade;

- Cortes axiais do abdômen;

- Cortes antes e depois do uso do contraste (Iodo);

- Pontos observáveis: Junção pelve-uretral, gorduras e ar (são “negativos” = cor preta), espaço pararrenal, veia renal Esquerda e Direita, seio renal (região ecorrenal)

- Obs 2.: A TC é o padrão-ouro para identificação do cálculo renal, mas sem uso do meio de contraste.

Elaine R. Coelho

Comentários