Apostila de projeto residencial - excelente

Apostila de projeto residencial - excelente

(Parte 6 de 10)

Para determinar a seção adequada para os fios de cada um dos circuitos, é necessário :

1. Comparar o valor da corrente corrigida de cada um dos circuitos com a capacidade de corrente para fios de cobre.

Capacidade de condução de corrente Capacidade de condução de corrente

Seção

( mm2 ) Corrente máxima ( A ) Seção ( mm2 ) Corrente máxima ( A )

1 12,0 16 68,0 1,5 15,5 25 89,0 2,5 21,0 35 1,0 4 28,0 50 134,0 6 36,0 70 171,0 10 50,0

Cuiabá – MT 2003 21

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MATO GROSSO – CEFET/MT PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Prof. Luís Anselmo da Silva

2. Verificar para cada circuito, qual o valor da seção mínima para os condutores estabelecida pela NBR-5410, em função do tipo de circuito.

A NBR-5410 estabelece as seguintes seções mínimas de condutores de acordo com o tipo de circuito :

Seção mínima de condutores

Tipo de circuito seção mínima (mm2) iluminação 1,5 força (TUG’s e TUE’s) 2,5

3. Comparar os valores das seções adequadas, obtidos na tabela de capacidade de corrente, com os valores das seções mínimas estabelecidas pela NBR-5410 e adotar para a seção dos condutores do circuito o maior deles.

NOTA : Normalmente em uma instalação, todos os condutores, de cada circuito tem a mesma seção, entretanto a NBR-5410 permite a utilização de condutor neutro e de proteção com seção menor que a obtida no dimensionamento, nas seguintes situações :

a) condutor neutro

Em circuitos trifásicos, onde a seção obtida no dimensionamento for igual ou maior que 35mm2, a seção do condutor neutro poderá ser como indicado na tabela :

Seção dos condutores ( mm2 )

Seção do neutro ( mm2 ) b) condutor de proteção

Em circuitos onde a seção obtida no dimensionamento for igual ou maior que 25mm2, a seção do condutor de proteção poderá ser como indicado na tabela :

Seção dos condutores ( mm2 )

Seção do condutor de proteção ( mm2 )

Seção dos condutores ( mm2 )

Seção do condutor de proteção ( mm2 )

Cuiabá – MT 2003 2

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MATO GROSSO – CEFET/MT PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Prof. Luís Anselmo da Silva

Proteção tipo / nº de pólos / capacidade

Escolha do tipo de proteção:

- para a escolha do tipo de proteção adequada a cada circuito terminal e circuitos de distribuição, devem-se considerar os seguintes fatores :

Recomendações e exigências da NBR 5410; Opção de utilização de disjuntor DR geral; Opção de utilização de interruptor DR geral.

Recomendações e exigências da NBR 5410 A NBR 5410 recomenda :

A utilização de proteção diferencial residual ( disjuntor ) de alta sensibilidade em circuitos terminais que sirvam a :

. tomadas de corrente em cozinhas, lavanderias, locais com pisos e/ou revestimentos não isolantes e áreas externas;

. tomadas de corrente que, embora instaladas em áreas internas, possam alimentar equipamentos de uso em áreas externas;

. aparelhos de iluminação, instalados em áreas externas.

A NBR 5410 exige :

A utilização de proteção Diferencial Residual (disjuntor) de alta sensibilidade

. em instalações alimentadas por rede de distribuição pública em baixa tensão, onde não puder ser garantida a integridade do condutor PEN (proteção + neutro);

. em circuitos de tomadas de corrente em banheiros.

Nota : os circuitos não relacionados nas recomendações e exigências acima serão protegidos por disjuntores termomagnéticos (DTM).

Cuiabá – MT 2003 23

CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE MATO GROSSO – CEFET/MT PROJETOS DE INSTALAÇÕES ELÉTRICAS Prof. Luís Anselmo da Silva

Opção de utilização de disjuntor DR na proteção geral

No caso de utilização de proteção geral com disjuntor DR, a proteção de todos os circuitos terminais pode ser feita com disjuntor termomagnético, onde o disjuntor DR pode ser instalado, tanto no quadro de distribuição, quanto no quadro do medidor.

Opção de utilização de interruptor DR na proteção geral

No caso de instalação de interruptor DR na proteção geral, a proteção de todos os circuitos pode ser feita com disjuntor termomagnético. A sua instalação é necessariamente no quadro de distribuição e deve ser precedida de proteção geral contra sobre-corrente e curto-circuito no quadro do medidor.

Na proteção com DR deve-se tomar cuidado com o tipo de aparelho a ser

Tipo de aparelho a ser instalado : instalado :

Chuveiros, torneiras elétricas e aquecedores de passagem com carcaça metálica e resistência nua apresentam fugas de corrente muito elevadas, que não permitem que o DR fique ligado.

Isto significa que estes aparelhos representam um risco à segurança das pessoas, devendo ser substituídos por outros com carcaça plástica ou com resistência blindada.

Na escolha do tipo de proteção é importante considerar também o fator econômico, sempre respeitando as recomendações e exigências da NBR 5410 e as opções apresentadas.

Escolha do número de pólos :

(Parte 6 de 10)

Comentários