Apostila 03-armazenamento de materiais-parte-1

Apostila 03-armazenamento de materiais-parte-1

(Parte 1 de 2)

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC Curso Técnico de Segurança do Trabalho

Instrutor: José Fernando Alvares RodriguesDisciplina: Princípios de Tecnologia Industrial

Instrutor: José Fernando Alvares Rodrigues – Engº Eletricista / Engº de Segurança do Trabalho Celular: 8839-5049 - Belém – PA - E-mail: jofernandoar@uol.com.br / jofernandoar@yahoo.com.br

Instrutor: José Fernando Alvares Rodrigues Belém - PA

ARMAZENAMENTO
DE MATERIAIS

APOSTILA 1

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC Curso Técnico de Segurança do Trabalho

Instrutor: José Fernando Alvares RodriguesDisciplina: Princípios de Tecnologia Industrial

Instrutor: José Fernando Alvares Rodrigues – Engº Eletricista / Engº de Segurança do Trabalho Celular: 8839-5049 - Belém – PA - E-mail: jofernandoar@uol.com.br / jofernandoar@yahoo.com.br

O almoxarifado é o reduto onde se encontram os “insumos” materiais necessários à sustentação do processo e do sistema produtivo, seja ele de bens, seja de serviços. Entretanto, não vai longe a época em que a idéia de almoxarifado sugeria uma espécie de “velho armazém”, de ambiente escuro e ar viciado, onde se arrecadavam, indistintamente, com mais ou menos ordem, coisas velhas e novas, sob a responsabilidade de um “homenzinho”, ignorado ou quase, ao qual, até parece ironia, se dava o nome de “almoxarife”, quando, na realidade, não passava de um simples guarda que, além da missão de guardar, tinha ainda a seu cargo as funções de “recebedor” e “entregador” de materiais e artigos diversos.

Os objetivos do almoxarifado, assim como de todo e qualquer sistema de administração de materiais, prendem-se aos seguintes tópicos: • ter o material certo;

• na quantidade certa;

• na hora certa;

• no lugar certo;

• na especificação certa;

• ao custo e preço econômicos.

Organização de almoxarifados Primeiramente, é necessário mencionar as funções desempenhadas pelo administrador de almoxarifados, agrupadas em atividades de: • receber materiais,

• guardar materiais,

• localizar materiais,

• assegurar materiais,

• preservar materiais,

• entregar materiais.

Instalações de almoxarifados Além dos objetivos que o almoxarifado visa alcançar, ou seja, atender ao processo produtivo de bens e serviços, como vimos na introdução deste texto, a organização do almoxarifado pressupõe a visão de objetivos de âmbito interno, responsáveis pelo bom funcionamento do setor, quais sejam: • pronto acesso aos principais itens;

• alto grau de flexibilidade do arranjo físico;

• utilização adequada do espaço;

• redução da necessidade de equipamentos de movimentação de materiais;

• minimização das perdas por deterioração dos materiais;

• minimização das perdas por desvio de materiais;

• garantia dos requisitos mínimos de segurança individual e coletiva.

Classificação dos materiais

A classificação dos materiais representa um dado prévio para a construção dos armazéns, bem como para a sua localização.

Áreas de armazenamento O estudo das áreas de armazenamento visa atender às necessidades de todos os setores da organização. Para conseguir a melhor e mais adequada estruturação é conveniente analisar as possibilidades de instalação de vários armazéns e de um centro de abastecimento, assim como as características que mais os diferem entre si. Tais características poderão ser assim arroladas: • materiais pesados de manejo e transporte difícil;

• materiais pequenos muito diversificados e de uso freqüente;

• materiais com grande freqüência de saída e pouco volume.

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC Curso Técnico de Segurança do Trabalho

Instrutor: José Fernando Alvares RodriguesDisciplina: Princípios de Tecnologia Industrial

Instrutor: José Fernando Alvares Rodrigues – Engº Eletricista / Engº de Segurança do Trabalho Celular: 8839-5049 - Belém – PA - E-mail: jofernandoar@uol.com.br / jofernandoar@yahoo.com.br

Analisadas essas características, chega-se ao tipo de armazém necessário para um perfeito entrosamento entre os estoques e os centros consumidores, ou, ainda em decorrência desse levantamento, chega-se à situação em que o armazém atenderá a todas as necessidades. Então, nesse caso, a atenção deve-se voltar para: • espaço necessário;

• tipo de instalação adequada;

• distribuição dos estoques nas áreas que melhor atenderão o consumo;

• meios de transporte;

• tipo de controle a ser adotado;

• número de funcionários para manutenção dos estoques.

Tipos de instalação Há três tipos principais de edificações destinados ao armazenamento de materiais.

Armazéns São edificações de alvenaria, fechadas lateralmente e com telhado, com ou sem forro, cujo piso deve ser construído com material resistente ao peso dos materiais armazenados. Nesse tipo de instalação, convém instalar estufas, geladeiras, desumidificadores, etc. A área total é aproveitada como: • área de armazenamento: local reservado ao armazenamento propriamente dito e aos corredores de acesso às prateleiras; • área de serviços: locais destinados às rampas de acesso, ao atendimento ao público (usuários, entregadores) e ao recebimento de materiais; • área de administração: local designado para a realização dos serviços administrativos e burocráticos, com instalações sanitárias e vestuário.

Armazém

Galpões São edificações cobertas, às vezes fechadas lateralmente, com piso apropriado às cargas que deverá suportar e sem condições de controle da maior parte das condições ambientais. Além de área de armazenamento, ela pode ser utilizada também como área de serviço.

Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial – SENAC Curso Técnico de Segurança do Trabalho

Instrutor: José Fernando Alvares RodriguesDisciplina: Princípios de Tecnologia Industrial

Instrutor: José Fernando Alvares Rodrigues – Engº Eletricista / Engº de Segurança do Trabalho Celular: 8839-5049 - Belém – PA - E-mail: jofernandoar@uol.com.br / jofernandoar@yahoo.com.br

Galpão

Pátios São terrenos descobertos, com piso nivelado e drenado, utilizados unicamente como área de armazenamento, na qual não há o mínimo controle de qualquer condição ambiental.

Pátio

Distribuição interna das áreas do armazém Tal distribuição, também chamada “estudo de lay-out”, é tópico importante no rol das preocupações do organizador de almoxarifados. Neste estudo, podemos considerar:

Área disponível Com a análise dos estudos para a identificação e classificação de materiais, definimos a área necessária para abrigar os materiais a serem estocados em cada armazém.

(Parte 1 de 2)

Comentários