ELEMENTOS DE MÁQUINAS - Conjuntos Mecânicos (parte 4)

ELEMENTOS DE MÁQUINAS - Conjuntos Mecânicos (parte 4)

49 AULA

Do conceito das aulas estudadas em

Elementos de MÆquinaElementos de MÆquinaElementos de MÆquinaElementos de MÆquinaElementos de MÆquina, o pessoal que estava sendo treinado numa empresa achou que o curso só estaria completo se fosse estudado mais um pouco de leitura e interpretaçªo de desenho tØcnicoleitura e interpretaçªo de desenho tØcnicoleitura e interpretaçªo de desenho tØcnicoleitura e interpretaçªo de desenho tØcnicoleitura e interpretaçªo de desenho tØcnico mecânico mecânico mecânico mecânico mecânico.

O supervisor concordou porque, realmente, o pessoal demonstrava dificuldade nessa Ærea. Por isso, ele fez um plano de mais sete aulas com o objetivo de treinar os funcionÆrios na leitura e interpretaçªo de desenhos tØcnicos.

Esta Ø a primeira dessas sete œltimas aulas, e se refere à leitura e interpretaçªo do desenho de calço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvel.

Conceito de calço regulÆvel

É um dispositivo que serve de apoio para peças cilíndricas, utilizado na traçagem e usinagem de peças.

O desenho ao lado, representa o calço regulÆvel em perspectiva explodida. Observe.

Observando a perspectiva explodida vocŒ verifica que, embora as peças estejam representadas separadamente, Ø possível imaginar como elas se associam umas às outras e como serÆ seu funcionamento, no conjunto.

A seguir, veja o desenho de conjunto do calço regulÆvel, em vistas ortogrÆficas.

Introduçªo

49 A U L A

Conjuntos mecânicos IV

AULARepare que no desenho de conjunto do calço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvel, o parafuso aparece representado com omissªo de corte omissªo de corte omissªo de corte omissªo de corte omissªo de corte na vista lateral esquerda.É importante

lembrar que parafusos, eixos, chavetas, sempre sªo representados com omissªo de corte, quando atingidos por cortes no sentido de seu comprimento.Observe na vista frontal que as arestas e os contornos ocultos nªo foram representados com linhas tracejadas. Isso porque a omissªo desses elementos nªo prejudica a interpretaçªo do desenho, jÆ que eles aparecem representados na vista lateral esquerda.

AULAPara interpretar o desenho do calço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvel, vocŒ deve confrontar as informaçıes da legenda com as informaçıes do desenho da peça, considerando

a seqüŒncia de montagem das peças em conjunto. Na legenda, vocŒ encontra informaçıes sobre os tipos de materiais e suas dimensıes.

O algarismo 1 estÆ indicado na vista frontal, onde a base fica mais visível. A base apresenta um furo passante retangular, que pode ser observado na vista frontal, e um furo passante redondo, mais visível na vista lateral esquerda. A base apresenta, tambØm, um rasgo passante.

A segunda peça a ser montada Ø a porcaporcaporcaporcaporca (peça 4), que se encaixa no furo retangular da base.

A peça 3 Ø o parafusoparafusoparafusoparafusoparafuso, que se encaixa no furo redondo da base e Ø rosqueado na porca.

Finalmente, no rasgo da base base base base base se encaixa a peça 2 2 2 2 2 que Ø o bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”. A cabeça do parafuso fica encaixada no rasgo “T”“T”“T”“T”“T” do bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”. Girando a porca para a direita ou para a esquerda, o parafuso desce ou sobe, fazendo o bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V” descer ou subir junto. Esse deslocamento permite um ajuste no apoio do calço.

Assim, quando o conjunto mecânico estiver funcionando, o bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V” farÆ movimentos de subida e descida.

Observe, a seguir, as representaçıes do bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V”bloco em “V” em posiçªo de altura mínima (próxima ilustraçªo, à esquerda) e altura mÆxima (próxima ilustraçªo, à direita).

AULAComo jÆdissemos anteriormente, o calço regulÆvel calço regulÆvel calço regulÆvel calço regulÆvel calço regulÆvel Ø dispositivo que serve de apoio para peças cilíndricos.

Observe, na ilustraçªo a seguir, como fica apoiada uma peça cilíndrica que serÆ centrada.

Para vocŒ saber qual Ø o maior diâmetro da peça que pode ser apoiada, basta utilizar a seguinte fórmula:

onde: D Ø o diâmetro da peça, L Ø a abertura do rasgo do calço regulÆvel e sen 45” Ø o seno da metade do ângulo de 90” do rasgo do calço regulÆvel.

Dessa forma, vocŒ tem uma visªo geral do conjunto calço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvelcalço regulÆvel. Mas, para executar o conjunto Ø necessÆrio analisar tambØm o desenho de cada um de seus componentes. Isso Ø o que vocŒ vai ver na próxima aula.

Teste sua aprendizagem. Faça os exercícios a seguir. Depois, confira suas respostas com as apresentadas no gabarito.

AULAExercício 1Exercício 1Exercício 1Exercício 1Exercício 1 Analise o desenho tØcnico e escreva C se a frase estiver certa e E se estiver

errada: a)a)a)a)a)()Este Ø um desenho de componente; b)b)b)b)b)()Este Ø um desenho de conjunto em perspectiva isomØtrica; c)c)c)c)c)()Este desenho mostra um conjunto mecânico; d)d)d)d)d)()Os numerais indicam a localizaçªo de cada peça no conjunto; e)e)e)e)e)()Foi aplicado um corte parcial no desenho.

Exercício 2Exercício 2Exercício 2Exercício 2Exercício 2 Analise o rótulo e responda às perguntas que vŒm a seguir.

a)a)a)a)a)Qual o nome do conjunto mecânico?

b)b)b)b)b)Qual o tipo de desenho que o rótulo indica? c)c)c)c)c)O desenho estÆ em escala natural, de reduçªo ou de ampliaçªo?

Exercício 3Exercício 3Exercício 3Exercício 3Exercício 3 Analise a lista de peças e complete as frases que vŒm a seguir:

a)a)a)a)a) O conjunto mecânico tempivô(s).

- quatro

b)b)b)b)b)O material para fabricaçªo da bucha Ø o

- um -ferro fundido

- bronze

c)c)c)c)c)O aço para fabricaçªo do apoio vem em

- aço - barra

d)d)d)d)d)O comprimento do ferro fundido para fabricaçªo do corpo Ø de

Exercícios

Comentários