Recuperação e preservação de nascentes

Recuperação e preservação de nascentes

(Parte 1 de 5)

(de água e de vida)

Preservação e Recuperação das NASCENTES

Piracicaba, Brasil JUNHO / 2004

Reservados todos os direitos de publicação para:

Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivarí e Jundiaí

Av. Estados Unidos, 988 - CEP 13416-500 - Piracicaba SP E-mail: comitepcj@recursoshidricos.sp.gov.br - Tel: (19) 3434.5111

(de água e de vida)

Preservação e Recuperação das NASCENTES

Preservação e Recuperação das Nascentes /

Calheiros, R. de Oliveira et al. Piracicaba: Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios PCJ - CTRN, 2004. XII40p. : il.; 21cm

Inclui Bibliografia

1. Preservação nascentes. 2. Conservação dos recursos hídricos. I. Comitê das Bacias Hidrográficas dos Rios PCJ - CTRN.

CDD333.716

Rinaldo de Oliveira Calheiros - CPDEB / IAC / APTA

Fernando César Vitti Tabai - Consórcio Intermunicipal das Bacias dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí

Sebastião Vainer Bosquilia - DAEE Márcia Calamari - DEPRN

Rinaldo de Oliveira Calheiros Sebastião Vainer Bosquilia

EXTRAÍDO, SOB AUTORIZAÇÃO, DE Calheiros, R. de O.; Tabai, F. C. V.; Bosquilia, S. V. & Calamari, M.

Preservação e Recuperação de Nascentes,2004 (no prelo).

REVISÃO CIENTÍFICA Prof. Dr. Walter de P. Lima - Depto. de Ciências Florestais/ESALQ/USP

Prof. Dr. Ricardo R. Rodrigues - Depto. de Ciências Biológicas/ESALQ/USP

SUPERVISÃO EDITORIAL Luiz Roberto Moretti - DAEE

ARTE E ILUSTRAÇÕES Richard McFadden

SIGLAS: DAEE - Departamento de Águas e Energia Elétrica DEPRN - Departamento Estadual de Proteção de Recursos Naturais CTRN - Câmara Técnica de Conservação e Proteção aos Recursos Naturais CPDEB - Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Ecofisiologia e Biofísica IAC - Instituto Agronômico de Campinas APTA - Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios SAA - Secretaria de Agricultura e Abastecimento dos Estado de São Paulo

Agradecimentos

O COMITÊ DAS BACIAS HIDROGRÁFICAS DOS RIOS PIRACICABA, CAPIVARI E JUNDIAÍ consignam seus agradecimentos a todos quantos, direta ou indiretamente, auxiliaram na elaboração dessa cartilha e em especial às instituições relacionadas abaixo pelo apoio recebido:

Centro de Pesquisa e Desenvolvimento de Ecofisiologia e Biofísica / Instituto Agronômico / APTA / SAA

Consórcio Intermunicipal das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí

Departamento de Águas e Energia Elétrica - DAEE Departamento Estadual de Proteção de Recursos Naturais - DEPRN

Comissão Editorial

Composta pelos Membros da Câmara Técnica de Conservação e Proteção aos Recursos Naturais

Convidados: FERNANDO CÉSAR V. TABAI MÁRCIA CALAMARI SEBASTIÃO VAINER BOSQUILIA

Afrânio José Soriano Soares Amarildo Rogério Ana Luiza Borja Ribeiro Lima Ana Maria Souza Pereira Antonio Celso de Oliveira Braga Antonio Mancini Ariella Machado de Oliveira Ariovaldo Luchiari Junior Carlos Alberto de Aquino Carlos Zima Junior Cecília de Barros Aranha Cléa de Oliveira Cristiana Midori Honda Cristiane Holvorcem Edmo José Stahl Cardoso Eduardo Lovo Paschoalotti Eliete Nunes Fernandes da Silva Secamilli Emílio Sakai Frederico Augusto Prado Muzzi Gerd Spavorek Godofredo B. de Carvalho Brazzalotto Ismael Luis Secco James Alexandre Magnus Landmann José Renato da Rios Rugai Juleusa Maria T. Turra Juliana Aparecida Travaioli Ladislau Araújo Skorupa Lais Romão Leila Cunha de Moura

Liana Sayuri Nakao Nakahodo Lidiane Maria Nai Luciana Chiodo Cherfen Lucio Gregori Luís Eduardo Trigo Luís Eduardo Castro Renato Calaboni Júnior Rosabel Corghi G. Botti Monteiro Rosemeire Facina Marcia Calamari Marco Antonio de Assis Marco Aurélio Manucci Marcos Antonio Garcia Marcos Zanaga Trapé Maria Carmen A. A. Gomes Maria Nilce Conti Sacilotto Maurício Alexandre Mennella Maurício Silveira Michele de Sá Dechoum Miguel Cooper Nélson Luiz Neves Barbosa Nice Rosa C. Sabino Peter Christian Hackspacher Rinaldo de Oliveira Calheiros Rita Cristina Marino Ronaldo Luiz Mincato Simone Ribeiro Heitor Walter Antonio Becari

Apresentação Prefácio 1. Introdução 2. Ciclo hidrológico e hidrogeologia da nascente

3. Legislacão relacionada às nascentes e aos outros recursos hídricos decorrentes e trâmites necessários para legalizar ações interferentes

4. Cuidados primários essenciais em relação à área adjacente às nascentes

5. Cobertura vegetal em torno das nascentes 6. Aproveitamento para Consumo no Abastecimento Rural ou Urbano

7. Apresentação de algumas nascentes e detalhes sobre o estado de preservação

8. Bibliografia

Sumário

Apresentação

O ano de 2004 está marcado na história da gestão e da luta pela preservação e recuperação dos recursos hídricos, destacadamente na região compreendida pelas bacias hidrográficas dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí. Iniciado com a constituição de Grupo de Trabalho e com os debates, no âmbito dos Comitês PCJ, para o estudo da renovação da outorga do Sistema Cantareira, em meio à Campanha da Fraternidade que abordou o tema “Fraternidade e Água – Água, Fonte de Vida”, temas e atividades que suscitaram o interesse e as preocupações com relação à conservação e preservação de nossas águas.

Vindo ao encontro dos anseios da sociedade, a Câmara Técnica de Conservação e Proteção de Recursos Naturais (CT-RN), dos Comitês PCJ, nos brindam com a magnífica iniciativa desta publicação “PRESERVAÇÃO E RECUPERAÇÃO DAS NASCENTES (de água e de vida...)”. Voltado à melhoria dos nossos mananciais, com o esforço e cooperação de muitos, agindo de forma integrada, o texto está disponibilizado para servir de orientação a todos aqueles que se dedicam ao aumento da quantidade e melhoria da qualidade das águas de nossos mananciais.

A preservação e a recuperação das nascentes dos nossos cursos dágua não são apenas atitudes que satisfazem a legislação ou propiciam a continuidade do aproveitamento das águas para as mais variadas atividades humanas, mas são, acima de tudo, ações concretas em favor da vida, desta e das futuras gerações em nosso planeta.

Rendamos nossos agradecimentos à CT-RN e a todos que tornaram possível o lançamento desta publicação, atitude positiva e prática, exemplo do esforço Regional para a melhoria da qualidade de vida de todos nós.

CLÁUDIO ANTÔNIO DE MAURO Presidente dos Comitês das Bacias Hidrográficas dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí

Junho / 2004

Prefácio

A poesia canta, em verso e prosa

NASCENTE Um rio passou dentro de mim, que eu não tive jeito de atravessar... A lua é branca, e o sol tem rastro vermelho, e o lago é um grande espelho, onde os dois vem se mirar...

Você pensa que cachaça é água, cachaça não é água não, cachaça vem do alambique, água vem do ribeirão...

(Parte 1 de 5)

Comentários