Exercicios Introdução à Economia (UFC)

Exercicios Introdução à Economia (UFC)

1ª LISTA DE EXERCÍCIOS DE INTRODUÇÃO A ECONOMIA 1. Discorra sobre os Princípios da Economia que relacionam a tomada de decisões das pessoas. 2. Discorra sobre os Princípios da Economia que relacionam como as pessoas interagem. 3. Discorra sobre os Princípios da Economia que relacionam o funcionamento da Economia.

4. Disserte sobre cada um dos seguintes conceitos econômicos: (a) Escassez; (b) Problemas Econômicos Fundamentais; (c) Economia de Mercado; (d) Utilidade e Necessidade humana; (e) Curva de Possibilidades de Produção; (f) Custo de Oportunidade; (g) Condição “Coeteris Paribus”.

5. Os três problemas econômicos relativos a “o quê”, “como”, e “para quem” produzir existem: a) Apenas nas sociedades de planejamento centralizado. b) Apenas nas sociedades de “livre empresa” ou capitalistas, nas quais o problema da escolha é mais agudo. c) Em todas as sociedades, não importando seu grau de desenvolvimento ou sua forma de organização política. d) Apenas nas sociedades “subdesenvolvidas”, uma vez que desenvolvimento é, em grande parte, enfrentar esses três problemas. e) Todas as respostas anteriores estão corretas.

6. Em um sistema de livre iniciativa privada, o sistema de preços restabelece a posição de equilíbrio: a) Por meio da concorrência entre compradores, quando houver excesso de demanda. b) Por meio da concorrência entre vendedores, quando houver excesso de demanda. c) Por pressões para baixo e para cima nos preços, tais que acabem, respectivamente, com o excesso de demanda e com o excesso de oferta. d) Por meio de pressões sobre os preços que aumentam a quantidade demandada e diminuem a quantidade ofertada e diminuem a demanda, quando há excesso de demanda. e) Todas as alternativas anteriores são falsas.

7. A “Curva de Possibilidades de Produção” é utilizada nos manuais de economia para ilustrar um dos problemas fundamentais do sistema econômico: por um lado, os recursos são limitados (escassez) e não podem satisfazer a todas as necessidades ou desejos; por outro, é necessário realizar escolhas. Essa curva, quando construída para dois bens, mostra: a) Os desejos dos indivíduos perante a produção total desses dois bens. b) A quantidade total produzida desses dois bens em função do emprego total da mão-de-obra.

c) A quantidade disponível desses dois bens em função das necessidades dos indivíduos dessa sociedade. d) Quanto se pode produzir dos bens com as quantidades de trabalho, capital e terra existentes e com determinada tecnologia. e) A impossibilidade de atender às necessidades dessa sociedade, visto que os recursos são escassos.

8. Numa economia do tipo centralizado, os problemas econômicos fundamentais são resolvidos: a) Pela produção em grande escala de bens de consumo. b) Pelo sistema de preços. c) Pelo controle da curva de possibilidades de produção. d) Pelo planejamento da atividade econômica. e) N. r. a.

9. Maria pode ler 20 páginas de economia em uma hora. Ela também pode ler 50 páginas de sociologia em uma hora. Ela estuda durante 5 horas por dia. a) Represente graficamente a fronteira de possibilidades de leitura de economia e de sociologia de Maria. b) Qual o custo de oportunidade, para Maria, da leitura de 100 páginas de sociologia.

10. O que é mais importante para o comércio: a vantagem absoluta ou a vantagem comparativa. Explique sua resposta e dê exemplo.

1. Diga se as afirmações a seguir são verdadeiras ou falsas. Explique cada caso.

a) “Dois países podem obter ganhos de comércio mesmo se um deles tiver vantagem absoluta na produção de todos os bens”. b) “Certas pessoas muito talentosas têm uma vantagem comparativa em tudo o que fazem”. c) “Se um negócio for bom para uma pessoa não pode ser para outra”.

12. Considerando a afirmação: A macroeconomia analisa mercados específicos, enquanto a microeconomia analisa os grandes agregados. Diga se está correta e explique.

13. Aponte as divisões da Microeconomia.

14. Se o produto A é um bem normal e o produto B é um bem inferior, um aumento da renda do consumidor provavelmente: a) Aumentará a quantidade demandada de A, enquanto a de B permanecerá constante. b) Aumentarão simultaneamente os preços de A e B. c) O consumo de B diminuirá e o de A crescerá. d) Os consumos dos dois bens aumentarão. e) N.r.a.

15. O que é um mercado competitivo. Descreva os mercados que não são perfeitamente competitivos.

16. Explicite a Lei da Demanda e defina quantidade demandada. 17. Explique os determinantes da Demanda.

18. Apresente, a partir das escalas dadas, a curva de demanda de mercado. Feito isso, represente graficamente.

preço quantidade demandada pelo consumidor A quantidade demandada pelo consumidor B quantidade demandada pelo consumidor C Demanda de Mercado

19. Explique os deslocamentos da curva de demanda e a situação em que ela apenas apresenta um prolongamento.

20. Defina oferta individual e de mercado.

21. Para fazer distinção entre oferta e quantidade ofertada, sabemos que: a) A oferta refere-se a alterações no preço do bem; e a quantidade ofertada, a alterações nas demais variáveis que afetam a oferta. b) A oferta refere-se a variações a longo prazo; e a quantidade ofertada, a mudança de curto prazo. c) A quantidade ofertada só varia em função de mudanças no preço do próprio bem, enquanto a oferta varia quando ocorrerem mudanças nas demais variáveis que afetam a oferta do bem. d) Não há diferença entre alterações na oferta e na quantidade ofertada. e) N.r.a.

2. Especifique quais são os determinantes da oferta.

23. Assinale a alternativa correta, coeteris paribus: a) Um aumento da oferta diminui o preço e aumenta a quantidade demandada do bem. b) Uma diminuição da demanda aumenta o preço e diminui a quantidade ofertada e demandada do bem. c) Um aumento da demanda aumenta o preço e diminui a oferta do bem. d) Um aumento da demanda aumenta o preço, a quantidade demandada e a oferta do bem. e) Todas as respostas anteriores estão erradas.

24. O preço de equilíbrio para uma mercadoria é determinado: a) Pela demanda de mercado dessa mercadoria. b) Pela oferta de mercado dessa mercadoria. c) Pelo balanceamento das forças de demanda e oferta da mercadoria. d) Pelos custos de produção. e) N.r.a.

25. Uma mercadoria que é demandada em quantidades maiores, quando a renda do consumidor cai, é um: a) Bem normal. b) Bem inferior. c) Bem complementar. d) Bem substituto.

e) N.r.a.

26. Considere o mercado de minivans. Para cada um dos eventos indicados, indique que determinantes da oferta e da demanda são afetados. Indique também se a oferta ou a demanda aumentam ou diminuem. Por fim, demonstre o efeito sobre o preço e a quantidade de minivans. a) As pessoas decidem ter mais filhos. b) Uma greve de metalúrgicos aumenta o preço do aço. c) Os engenheiros desenvolvem novas máquinas automatizadas para a produção de minivans. d) O preço dos utilitários esporte aumenta. e) Uma queda no mercado de ações reduz o poder aquisitivo das pessoas.

27. Alem de ser um condimento, o catchup é um complemento dos cachorros-quentes. Se o preço do cachorro-quente subir, o que acontecerá com o mercado de catchup. E com o mercado de tomate. E com o mercado de suco de tomate. E com o mercado de suco de laranja.

28. Num dado mercado, a oferta e a procura de um produto são dadas, respectivamente, pelas seguintes equações:

Qs = 48 + 10P Qd = 300 – 8P onde Qs, Qd e P representam, na ordem, a quantidade ofertada, a quantidade procurada e o preço do produto. A quantidade transacionada nesse mercado, quando ele estiver em equilíbrio, será: a) 2 unidades. b) 188 unidades. c) 252 unidades. d) 14 unidades. e) 100 unidades.

29. Num dado mercado, a oferta e a procura de um produto são dadas, respectivamente, pelas seguintes equações:

Qs = - 6 + 6P Qd = 18 – 2P onde Qs, Qd e P representam, na ordem, a quantidade ofertada, a quantidade procurada e o preço do produto. Determine o preço e quantidade de equilíbrio e faça a representação gráfica.

30. Tem-se: Qs = 6P – 1 Qd = 15 – 4P Determine P e Q e represente no gráfico.

Comentários