(Parte 1 de 3)

Discentes:

Bruno Chiaramonti

Juliano de Souza Vasconcelos

Karina Arakaki Higuti

Rodrigo Falci

Silas Rego da Silva

Vinicius Heberty Rosolem Vinicius Ricardo Baesa

Disciplina: Serraria e Beneficiamento I Docente: Dr. Marcos Tadeu Tibúrcio Gonçalves

Itapeva – SP

1. Objetivo

Fazer o planejamento de corte das peças destinadas a construção da arquibancada e sua cobertura em madeira de Pinus, onde esses com carácter provisório.

2. Romaneio

Ao decorrer deste item, iremos fazer a descrição do romaneio da arquibancada e sua cobertura. É importante ressaltar que as peças citadas abaixo, já estão avaliadas como úmidas, ou seja, já é a seção de corte que deve ser tirada esperando que ocorra retração dimensional na secagem.

Figura 1 – Arquibancada e sua cobertura. Para a quadra poliesportiva do Campus Experimental de Itapeva

De um modo geral, a arquibancada terá 19,86m de comprimento com 5 assentos. Para facilitar o entendimento, iremos dividir o romaneio das peças pela sua função na estrutura.

2.1. Pilotis

Figura 2 – Pilotis da Estrutura da Arquibancada

Como podemos ver na figura, alguns pilotis irão suportar o piso e outros também o telhado. Como são peças que ficaram engastas, serão usadas peças roliças de Eucalipto roliço.

Tabela 1 – Romaneio dos Pilotis

Peça Quantidade

Madeira Roliça 23cm x (0,60+0,50)m EUCALIPTO 12 Madeira Roliça 23cm x (0,60+0,80)m EUCALIPTO 19 Madeira Roliça 23cm x (6,07+0,80)m EUCALIPTO 7 Madeira Roliça 23cm x (5,76+0,80)m EUCALIPTO 7 Madeira Roliça 23cm x (5,46+0,80)m EUCALIPTO 7 Madeira Roliça 23cm x (3,36+0,80)m EUCALIPTO 12 Madeira Roliça 23cm x (2,08+0,80)m EUCALIPTO 12

Obs.: Os 80 cm e 50 cm adicionais são devido ao engastamento.

2.2. Travamento da estrutura de apoio

Figura 3 - Travamento das estruturas de apoio

Esse travamento ocorrerá via madeiras serradas segundo a seguinte tabela.

Tabela 2 – Travamento das estruturas de apoio

Peça Quantidade

Madeira Serrada 5,50 cm x 9,50 cm x 3,78 m 38 Madeira Serrada 5,50 cm x 9,50 cm x 0,84 m 93

2.3. Estrutura de apoio para o piso (deck)

Figura 3 – Estrutura de apoio das peças de deck

Tabela 3 – Apresentação das peças para estrutura de apoio das peças de deck Peça Quantidade

Madeira Serrada 5,50 cm x 9,50 cm x 19,65m 10 Madeira Serrada 5,50 cm x 9,50 cm x 0,85 cm 220

2.4. Peças do Piso (Deck)

Tabela 4 – Peças do Piso (Deck)

Peça Quantidade Madeira Deck 2,7 cm x 14 cm x 19,68 m 35

2.5. Cobertura

Figura 5 - Cobertura

Tabela 5 – Cobertura

Peça Quantidade

Madeira Serrada 5,50 cm x 20 cm x 19,83 m 3 Madeira Serrada 5,50 cm x 5,50 cm x 4,62 m 45 Placa de OSB 19,82 m x 4,62 m 1

2.6. Quantificação Total

Tabela 6 – Quantificação Total

Peça Quantidade

Madeira Roliça 23cm 262,1 m Madeira Serrada 5,50 cm x 9,50 cm 605,26 m Madeira Serrada 5,50 cm x 20 cm 59,49 m Madeira Serrada 5,50 cm x 5,50 cm 207,9 Placa de OSB 19,83 m x 4,62 m 91,62 m² Madeira Deck 2,7 cm x 14 cm 688,8

3. Planejamento de Corte

Para o planejamento do corte, será usado o romaneio das peças serradas conforme o item 2.6. Foram feitos 3 planos de corte para o fim de obter a receita pedida pelo item citado anteriormente. E

3.1. Plano de Corte 1

O plano de corte 1 foi focado em obter a peça de maior seção, que no caso são as peças de 20 cm x 5,5 cm. Abaixo é mostrada a figura de planejamento de corte completo de uma tora para atingir o objetivo focado.

Figura 6 – Planejamento de corte completo 3.1.1. Corte na serra-fita geminada

O corte na serra-fita para esse plano tem a distância de corte das serras fitas de 20 cm.

(Parte 1 de 3)

Comentários