(Parte 1 de 5)

N-76 REV. F AGO / 2005

PROPRIEDADE DA PETROBRAS 45 páginas

PARA INSTALAÇÕES DE REFINO E TRANSPORTE CONTEC SC-17 Tubulação

2a Emenda

Esta é a 2a Emenda da Norma PETROBRAS N-76 REV. F e se destina a modificar o seu texto nas partes indicadas a seguir:

- Capítulo 2:

Alteração no título da norma ISO 14313 (API) 6D e exclusão da ressalva das normas PETROBRAS N-2794 e N-2795.

- Item 3.3: Alteração no texto da alínea b).

- Item 3.6:

Exclusão das seguintes abreviaturas: AER, Calc. e Exc. Alteração no texto da seguinte abreviatura: CWP.

- TABELA 2: Alteração em seu conteúdo.

- Capítulo 6: Alteração de texto na Nota 54.

- Padronizações Aa, Ab, Ac, Ad, Ae, Bh, Bo, Ci, Cj, Co, Eg, Fo, Go, Pc, Pd, Qc, Qd e Ra (MAI/2005) e Ca, Ci e Cj (AGO/2005):

Alterações em seu conteúdo.

Nota: As páginas transcritas a seguir substituem e cancelam as páginas correspondentes dentro desta Norma.

N-76 REV. F DEZ / 2004

1 OBJETIVO

1.1 Esta Norma padroniza os materiais para tubulações metálicas nas classes de pressão 125, 150, 250, 300, 600, 900, 1500 e 2500, tubulações de PVC da classe 15 e tubulações de PEAD na classe PN-16 a serem utilizadas, nas instalações de Refino e Transporte da PETROBRAS relacionadas na norma PETROBRAS N-1673.

1.2 Esta Norma se aplica a projetos iniciados a partir da data de sua edição e também a instalações/equipamentos já existentes, quando da sua manutenção ou reforma.

1.3 As classes de pressão definidas no item 1.1 correspondem às das normas ASME B16.1, B16.5, B16.1, B16.24, B16.47 e ISO 4427.

1.4 Esta Norma contém somente Requisitos Técnicos.

2 DOCUMENTOS COMPLEMENTARES

Os documentos relacionados a seguir são citados no texto e contêm prescrições válidas para a presente Norma.

PETROBRAS N-57 - Projeto Mecânico de Tubulação Industrial; PETROBRAS N-75 - Abreviaturas para os Projetos Industriais; PETROBRAS N-115 - Montagem de Tubulações Metálicas; PETROBRAS N-1268 - Adaptador para Mangueira de Incêndio; PETROBRAS N-1272 - Tampão para Mangueira de Incêndio; PETROBRAS N-1647 - Material para Tubulação - Folha de Padronização; PETROBRAS N-1673 - Critérios de Cálculo Mecânico de Tubulação; PETROBRAS N-1693 - Critérios para Padronização de Material de Tubulação; PETROBRAS N-1710 - Codificação de Documentos Técnicos de Engenharia; PETROBRAS N-1931 - Material de Tubulação para Instrumentação; PETROBRAS N-2043 - Revestimento Interno de Tubulações de Aço com

Argamassa de Cimento e Areia;

PETROBRAS N-2247 - Válvula Esfera em Aço para Uso Geral e Fire Safe; PETROBRAS N-2546 - Critérios para Utilização de Válvulas Esfera

“Fire-Safe”;

PETROBRAS N-2629 - Tinta de Acabamento Epóxi sem Solvente; PETROBRAS N-2668 - Válvulas Industriais; PETROBRAS N-2793 - Tubos de Condução para Instalações de Refino e

Transporte;

PETROBRAS N-2794 - Conexões de Tubulação para Instalações de Refino e

Transporte;

PETROBRAS N-2795 - Flanges de Tubulação para Instalações de Refino e

Transporte;

PETROBRAS N-2796 - Estojos e Porcas para Flanges de Tubulação para

Instalações de Refino e Transporte;

PETROBRAS N-2797 - Juntas para Flanges de Tubulação para Instalações de

Refino e Transporte;

PETROBRAS N-2799 - Niples de Tubulação para Instalações de Refino e

Transporte;

ABNT NBR 5648 - Sistemas Prediais de Água Fria - Tubos e Conexões de PVC 6,3, PN 750 kPa, com Junta Soldável - Requisitos;

N-76 REV. F DEZ / 2004

ISO 4427 - Polyethylene (PE) Pipes for Water Supply

Specifications;

ISO 10434 (API 600) - Bolted Bonnet Steel Gate Valves for Petroleum and

Natural Gas Industries;

ISO 14313 (API 6D) - Petroleum and Natural Gas Industries - Pipeline

Transportation Systems - Pipeline Valves;

ISO 15761 (API 602) - Steel Gate, Globe and Check Valves for Sizes DN 100 and Smaller, for the Petroleum and Natural Gas Industries;

API SPEC 5L - Specification for Line Pipe; API STD 594 - Check Valves: Wafer, Wafer-Lug, and Double Flanged

Type;

(Parte 1 de 5)

Comentários