(Parte 6 de 8)

Figura 19 0682-227 (R

Segue um roteiro de atividades a serem desenvolvidas após termos trabalhado os itens anteriores.

1. Instale o iFIX, mantendo a instalação default. Esta será em c:\Dynamics.

2. Execute o programa c:\Dynamics\KEYDIAG.exe e observe as características liberadas para o tipo de chave que você está utilizando.

3. Crie os paths para uma nova aplicação, no ambiente SCU. 4. Configure o ambiente SCU, para criar um configuração Local.

5. Estruture as barras de ferramenta do ambiente Workspace que você precisará para trabalhar.

6. Crie um ícone para chamada da aplicação.

0682-227 (Rev.: 01) 25

7. ANIMAÇÃO DE OBJETOS Objeto do Toolbox Função

Time Insere Hora:Minuto:Segundo

Date Insere a data atual

Objetos Básicos linha,elipse, etc.

Para estes objetos é possível a utilização de vários tipos de animação, tais como preenchimento, mudança de acordo com o estado.

Text Insere texto

Push Button Insere um botão

OLE Object Insere um objeto OLE, ou seja, este tipo de animação permite ampliar as possibilidades de animações. Basta que o objeto OLE esteja registrado na máquina para que possa ser inserido.

Datalink Insere um objeto de animação que permite leitura e ou escrita de dados.

Alarm Summary Insere um sumário de alarme.

Variable Insere uma variável para ser utilizada em animação, podendo ser esta do tipo local ou global.

Timer Insere um objeto que permite animação utilizando script, cujo trigger é um horário de start.

Event Objeto que permite a edição de script para controle de um evento, associado a uma variável fonte.

De acordo com a mudança de estado da variável fonte, o script é executado.

Chart Insere um objeto gráfico, permite configurar a cor de fundo, inserir penas, escalas associadas às penas, etc.

Bitmap Insere um objeto gráfico. Admite as extensões de arquivos gráficos mais utilizadas, tais como: bmp, jpg, pcx, msp.

Color Abre a paleta de cores para definição da cor associado ao objeto.

Font Permite configuração de fonte.

Tabela 4

0682-227 (Rev.: 01) 26

Os objetos básicos de animação estão mostrados no item 7.

Para todos os objetos básicos é utilizada uma estrutura de animação padrão, variando as paletas de possibilidades de acordo com os tipos de animação permitidas para cada tipo de objeto, conforme mostrado:

Figura 20 Datalink

Figura 21

É importante observar que para cada tipo de objeto, as paletas de animação variam possibilitando animar diversos tipos de efeitos de acordo com a estrutura do objeto.

Mostramos como exemplo, a estrutura de animação do Command Button e do Datalink, porém vale reforçar que todos os outros objetos possíveis para animação possuem paletas específicas.

1. Push Button a) Após ter inserido o objeto na tela que se deseja animar, clique com o botão direito do mouse no objeto e após selecionar a opção Animation é possível configurar as propriedades associadas a ele.

0682-227 (Rev.: 01) 27

• Na paleta Behavior podemos configurar o comportamento do objeto,alterando as suas propriedades. Neste item iremos habilitar e desabilitar um botão segundo o comportamento de uma variável de controle. Esta funcionalidade é bastante utilizada no caso da necessidade da inibição de comandos por outras partes do sistema.

Vamos utilizar a variável Fix32.FIX.A38BV104_LIGA.A_CV como variável de controle para permitir habilitar ou desabilitar o comando do botão. A propriedade Enable do objeto retorna a string TRUE ou FALSE. Veja como fica a animação:

Figura 2 b) Uma outra forma de se obter o mesmo resultado é alterar as propriedades do botão via VBA (Visual Basic Application). Ou seja, vamos criar um script para o botão sem ter que fazer a animação via o processo animation mostrado no item anterior.

Para criar um script para o objeto button, basta clicar com o botão direito do mouse no objeto e selecionar a opção Edit Script. O código que reproduz o mesmo efeito do animation é mostrado conforme Figura 23:

0682-227 (Rev.: 01) 28

Figura 23

É importante observar o ambiente de programação VBA para atentarmos a alguns itens importantes:

O código está aplicado localmente à tela que contém o objeto em questão, no caso o conteúdo está dentro do Project_Tela_Treinamento.

As propriedades do objeto são mostradas na janela

Properties – CommandButon1 (nome atribuído ao objeto). Devemos lembrar que podemos alterar estas propriedades em tempo de execução da aplicação (Runtime), bastando preparar o código para isto.

O código será executado no evento Click do botão, como podemos ver abaixo:

Private Sub CommandButton1_Click() If Fix32.Fix.A38BV104_LIGA.A_CV = 0 Then CommandButton1.Enabled = False Else CommandButton1.Enabled = True End If End Sub

0682-227 (Rev.: 01) 29

2. DataLink a) Após ter inserido o objeto na tela que se deseja animar, clique com o botão direito do mouse no objeto e após selecionar a opção Animation é possível configurar as propriedades associadas a ele. O objeto datalink é utilizado para leitura/escrita de variáveis.

(Parte 6 de 8)

Comentários