Escavações e contencoes

Escavações e contencoes

9Necessários para a realização de cortes no terreno, para adaptar ao projeto e para execução de subsolos

Escavações e escoramentos

Cuidados básicos para não provocar instabilidade ou danos a prédios visinhos:

9banquetas (taludes, trincheiras);

9retomada das fundações (no caso de fundação vizinha locada na divisa ÎALICERCES DE PEDRA

9obras de contenção: escoramentos, cortinas

Escavações e escoramentos

Seqüência da escavação em função da facilidade de circulaçãodo equipamento; depois começa a escavar a divisa por trincheiras inclinação do talude h:a 1:1 Ösolos pouco consistentes 2:1 Ösolos de consistência média 3:1 Ösolos de alta consistência n:1 Ösolos rochosos (n > 3)

Contenção com taludes Escavações e escoramentos

Inclinações admissíveis de taludes

(ton/m 3

(ton/m2

) h (m) a:h

Areia fina 1,8 2,5 1,0 0 – 3,0 3,0 – 6,0 1:1,5

1:1,75

Silte 2,0 20,0 1,5 0 – 3,0 3,0 – 6,0 1:1,5

1:1,5

Argila mole 1,9 15,0 2,5 0 – 3,0 3,0 – 6,0 1:1,5

1:1,5

Argila rija 2,0 10,0 3,5 0 – 3,0 3,0 – 6,0 1:1,5

1:1,5

Contenção com taludes Escavações e escoramentos

Casos em que não se pode escavar sócom banquetascomo contenção:

-N.A. elevado

Contenção com taludes Escavações e escoramentos

TRINCHEIRAS 9Escavações junto às divisas, feitas em ETAPAS

9Prolongamento de alicerces vizinhos quando se quer executar fundações ou escavações junto àdivisa ou contenções

Contenção com taludes Escavações e escoramentos nível I nível da escavação nível I –novo nível de assentamento das fundações do vizinho

Fundações do vizinho

Contenção com taludes Escavações e escoramentos

9apóia as paredes ou faces da escavação

9 estruturas provisórias

9inclinados ou horizontais

9elementos: parede, longarina, estroncas, tirantes, bermas

Obras de contenção -ESCORAMENTOS Escavações e escoramentos

9parede:contato direto com o solo; contínua ou descontínua; madeira, aço ou concreto

9 longarina: elemento linear e longitudinal, serve de apoio à parede Övigas de madeira, aço ou concreto

9 estroncas : (ou escoras) elemento horizontal ou inclinado, serve de apoio àlongarina (perpendiculares àlongarina). Podem ser de madeira ou aço. Dependendo do comprimento podem ser contraventadas ou ter apoios intermediários (estacas metálicas cravadas para suportar seu peso)

Obras de contenção -ESCORAMENTOS Escavações e escoramentos

9tirantes:elemento introduzido no solo, serve de apoio à longarina (trabalham àTRAÇÃO) Ömesma função das estroncas

9bermas:maciços de solo não escavados Öbanquetas com trincheiras alternadas

Obras de contenção -ESCORAMENTOS Escavações e escoramentos

9pranchas de madeira de grande seção, verticais ou horizontais, espaçadas ou justapostas com encaixe lateral (CORTINAS)

9as pranchas são dispostas àmedida que a escavação prossegue na horizontal e são cravadas atéum nível inferior ao da escavação

Obras de contenção –Escoramentos de madeira Escavações e escoramentos

9colocação de longarinas e estroncas com auxílio de cunhas quando as pranchas não suportam os esforços de flexão.

91ºcrava as estacas atéum nível inferior ao da escavação prevista

92ºvai escavando

Obras de contenção –Escoramentos de madeira Escavações e escoramentos

9escoramento provisório

9rapidez e facilidade na execução

9funcionamento àflexão: deformabilidade não sóna parede do escavamento mas também no solo.

9CUIDADO PRÉDIOS VIZINHOSÖdistância prédio atéescavação > h/2

Obras de contenção –Escoramentos misto Escavações e escoramentos

9parede: encaixe de perfis I metálicos (cravados com bate- estacas) com pranchas de madeira estroncas

9espaçamento dos perfis: 1 a 2 metros (depende do cálculo)

Obras de contenção –Escoramentos misto Escavações e escoramentos

Obras de contenção –Escoramentos misto Escavações e escoramentos

Obras de contenção –Escoramentos misto Escavações e escoramentos apoios intermediários Öperfis I cravados cuidados:

•contato íntimo entre as pranchas e o solo

•edificações vizinhas

Obras de contenção –Escoramentos misto Escavações e escoramentos

9estruturas planas ou curvas formadas pela cravação de estacas-prancha justapostas no solo

9madeira, metálica, concreto armado (obra definitiva)

9obras portuárias, proteção de taludes, proteção de fundações vizinhas

Obras de contenção –Escoramentos misto Escavações e escoramentos

9estacas pré-moldadas com encaixe macho-fêmea 9viga de amarração nas cabeças

Obras de contenção –Escoramentos Escavações e escoramentos cuidados : 9vibrações 9juntas Öse não for garantida a verticalidade pode haver FUGA DE MATERIAIS FINOS 9cravação Ödanos nas estacas por ação do martelo

9perfil de aço laminado “U”ou “Z”com encaixes para justaposição

Misto metal/ madeira

Metálico

Contraventamento Apoios intermediários

Obras de contenção –Escoramentos Escavações e escoramentos

Vantagens do escoramento metálico em relação aos de concreto e madeira:

9regularidade, estanqueidade

9variedade de módulos de resistências àdisposição no mercado

9contenções de grande altura (> 5m) 9possibilidade de reutilização ensecadeiras

9facilidade de cravação e retirada no caso de escoramento temporário

Obras de contenção –Escoramentos Escavações e escoramentos

9contenções ancoradas ou apoiadas em outras estruturas Ö fazem parte da estrutura a ser construída

9operações de escavação

9pequena deformabilidade devido ao sistema de escoramento ou apoio ÖTIRANTES

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

9são cortinas de concreto moldadas no local ou pré-moldadas que tem a função de suportar a escavação

9escavação de trincheiras sucessivas ou intercaladas λ= 2 a 3 metros

9espessura= 30cm a 1,2 metros (determinado pela espessura da clamshell)

9profundidadeaté> 50 metros (permitem a execução de vários subsolos em edifícios)

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

9colocação da armadura prémontada; ajustes finais pelos operários

9preenchimento com concreto (moldadas no local) ou colocação de placas de concreto pré-moldadas

9escavação com equipamentos de grande porte Önão podem ser executados em locais onde os equipamentos não possam ter acesso

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

9lama bentonítica para estabilizar a escavação

9paredes-guia de concreto armado

9qualquer tipo de solo

9N.A. elevado 9estanques h=1m

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Clam-shell

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Lama Bentonítica: água + bentonita(tipo de argila) em proporções adequadas

Mecanismo :

balanceamento pressão forma-se uma película impermeável na parede da escavação chamada “cake”

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Lama Bentonítica:

espessura da película “cake”

9Para manter suas propriedades, deve passar por um processo de desarenação Ödecantação

CUIDADO Öo nível da lama deve estar no mínimo 1,5m acima do lençol freático

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

1.parede-guia de concreto

2.escavação com lama

3. chapa-junta entre painéis sucessivos Öelementos metálicos com formato tipo macho-fêmea colocados na extremidade dos painéis ANTES da concretagem (antes da armadura). Deve ser retirado assim que o concreto iniciar a pega

4.colocação da armadura na perfuração com lama

5. concretagem com tremonha Önos casos em que tiver lama Ö DE BAIXO PARA CIMA

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

tubo tremonha Öconcretagem de baixo para cima

Concreto:

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos tremonha para colocação do coulis

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Vantagens :

9acabamento definitivo

9melhor qualidade do concreto Önão hárisco de misturar com lama, solo ou água

9maior precisão no posicionamento da ferragem

925 a 30% mais delgada 9processo mais rápido

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Equipamento Örotação ou rotação + percussão com circulação de água ou ar comprimido

9terrenos resistentes ou com matacões

9execução alternada com fechamento posterior ao longo do perímetro

9cuidado com verticalidade: JUNTAS

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

9execução de estacas escavadas espaçadas (Franki; Strauss ou Rotativa)

9escavação EM ETAPAS (para que não haja desmoronamento) e colocação de tela metálica em forma de arco

9aplicação do concreto projetado

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

9introdução de haste no terreno e rotação

9injeção de uma mistura de ar, água e nata de cimento (velocidade = 200 a 320 m/s, pressão = 200 a 500 x pressão atmosférica)

9desagregação do solo (se mistura ànata de cimento) e formação de uma “coluna”de solo cimento φaté3 metros.

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

9características (propriedades do solo-cimento) = f (composição da calda, pressão do jato e rotação da haste)

9problema: juntas Ödevido àirregularidade da superfície 9técnica usada também para reforço de subsolos

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

1- perfuração

2-fim da perfuração 3-inicio do jateamento do solo

4-subida e rotação da haste 5-término e repetição do processo silos de cimento

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

9execução de estacas ou tubulões

9tubulões: escavação manual; acesso difícil; matacões

9elementos intercalados: espaço preenchido com:

concreto projetado, cortina de concreto armado ou alvenaria

9elementos justapostos: preenchimento da junta com injeções químicas ou colunas JetGrout

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção: MUROS DE ARRIMO

9para cortes e aterros

9estruturas corridas de parede vertical ou quase vertical apoiadas em fundações superficiais ou profundas

9alvenaria (tijolos ou pedras), concreto (simples ou armado), elementos especiais (elementos pré-moldados)

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

9os empuxos são suportados pelo peso próprio (estruturas massivas)

9contenção com altura < 5 metros (alturas pequenas)

9necessidade de espaço: largura da base = 40% da altura Ö precisa de área dentro do terreno

9em cortes: escavação e construção por etapas (trincheiras)

9em aterros: étodo construído antes, para depois receber o aterro

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção: MUROS DE ARRIMO

Muro de pedra seca :

• pedras encaixadas manualmente

• taludes com até 1,5 metros de altura

• espessura mínima: 50 cm

• baixo custo, mão-de-obra não especializada

Muro de pedra argamassada

• assentamento das pedras com argamassa

• taludes com até 3 metros de altura

• espessura mínima: 50 cm

• baixo custo, mão-de-obra não especializada

Muro de concreto ciclópico

• concreto e agregado de grandes dimensões

• necessário o uso de fôrmas

• taludes com mais de 4 metros de altura

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção: MUROS DE ARRIMO

MUROS DE GRAVIDADE Crib-walls

Ex.: Colégio Catarinense/Koesa

• elementos empilhados por encaixe (engradado)

• concreto pré-moldado, aço ou madeira

• preenchimento com terra, solo-cimento, entulho ou pedras Ö bom para receber entulho de obra

• resiste pela forma geométrica e pelo peso

• taludes com até 20 metros de altura

• aterros em encostas íngremes e em locais instáveis

• insensíveis a movimentações e recalques

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção: MUROS DE ARRIMO

Muro de gabiões

• gaiolas prismáticas de arame galvanizado, preenchidas com pedras (preenchimento mecânico)

• terreno nivelado previamente

• proteção superficial de encostas, contenção de aterros e de margens de rios

• mão-de-obra não especializada

• risco de corrosão da tela. Hoje: revestimento com liga de Zn/Al.

Primeira obra com gabiões Ö 1894 Ö margens do Rio Reno (Itália). Permanece até hoje

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção: MUROS DE ARRIMO

Muro de solo-cimento ensacado

• mistura de solo, cimento e água ensacada

• sacos de amiagem ou geossintéticos

• proteção superficial, contenção de encostas, contenção de taludes de até 6 metros de altura

• baixo custo, construção simples, mão-de-obra não qualificada

• locais de difícil acesso

Obras de contenção –Cortinas Escavações e escoramentos

Obras de contenção: MUROS DE ARRIMO

Comentários