DOENÇAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA helmintos

DOENÇAS DE VEICULAÇÃO HÍDRICA helmintos

Cerca de 85% das doenças são de veiculação hídrica

  • Cerca de 85% das doenças são de veiculação hídrica

  • 65% das internações são devido à contaminação por água, gerando gastos de R$ 2,5 bi por ano

  • Contaminação proveniente de fezes humanas ou animais

  • 60 milhões de brasileiros não têm saneamento básico

  • 75% dos esgotos coletados nas cidades brasileiras não têm tratamento

Ascaris lumbricoides

  • Ascaris lumbricoides

  • Lombriga

  • Vermes de 15 a 25cm

  • Obstrução do intestino; asfixia quando na traquéia; pode sair pela boca ou nariz

  • Irritação, falta de apetite, náuseas, vômitos, diarréia, dor abdominal

Ancylostoma duodenale e Necator americanus

  • Ancylostoma duodenale e Necator americanus

  • Amarelão

  • Alimentam-se de sangue causando anemia, geofagia

  • Desânimo, irritabilidade, anemia, dor de cabeça, tosse, emagrecimento e dores musculares

Taenia saginata e Taenia solium

  • Taenia saginata e Taenia solium

  • Solitária

  • 3 a 9 m de comprimento

  • Cisticercose: presença de formas larvárias de T. solium parasitando tecidos do homem devido à ingestão de ovos

  • Enfraquecimento, dor de cabeça, convulsão

Schistossoma mansoni

  • Schistossoma mansoni

  • Barriga d’água

  • HI: caramujo Biomphalaria, em lagoas

  • Formas : miracídio e cercária

Enteribius vermiculares

  • Enteribius vermiculares

  • Oxiuríase

  • Prurido anal

Strongyloides stercoralis

  • Strongyloides stercoralis

  • Parasita que vive na mucosa do duodeno ou jejuno ovos larvas eliminadas nas fezes

  • Causa alterações de natureza mecânica, traumática, irritativa e, às vezes tóica ou alérgica

Trichuris trichiura

  • Trichuris trichiura

  • Habita a mucosa do cecoapêndice podendo invadir o intestino grosso

  • 4 mil ovos por dia eliminados nas fezes

Comentários