O Ciclo do ácido cítrico

O Ciclo do ácido cítrico

CICLO de KREBSCICLO de KREBS

Sinonímia: Ciclo do Ácido Cítrico ou Ciclo do Ácido Tricarboxílico

Meta principal é a oxidação de acetil CoA a CO e

CICLO de KREBS

REAÇÕES CICLO de KREBS

1. Descarboxilação Oxidativa do Piruvato

O complexo piruvato desidrogenase é um complexo multienzimático localizado na matriz mitocondrial

Tal complexo converte o piruvato (produto final da glicólise) em acetil CoA onde também não faz parte do ciclo, mas é fonte importante desse substrato de dois carbonos Três enzimas compõem o complexo: 1.1 Piruvato descarboxilase (TPP) 1.2 Diidrolipolil transacetilase (NAD, CoA, lipoato) 1.3 Diidrolipolil desidrogenase (FAD) Complexo é inibido pelo Acetil CoA acumulado quanto mais é produzido do que oxidado Elevações no níveis de NADH ou quando O2 é limitado também inibem o complexo

CICLO de KREBS CICLO de KREBS

CICLO de KREBS

REAÇÕES CICLO de KREBS

2. Síntese de citrato a partir de acetil CoA e oxalacetato • Reação catalisada pela citrato sintase

• Reação utiliza intermediária do ciclo (oxalacetato), produzindo outro intermediário, o citrato • A entrada de acetil CoA não leva à produção ou consumo líquidos de intermediários • Citrato sintase é inibida por ATP, NADH onde também a velocidade de formação dos substratos

3. Isomerização do citrato em isocitrato A enzima aconitase converte citrato em isocitrato

CICLO de KREBS CICLO de KREBS

4. Oxidação e descarboxilação do isocitrato

• Isocitrato desidrogenase catalisa descarboxilação oxidativa irreversível, originando uma molécula de NADH e a primeira liberação de CO2 • Etapa limitante da velocidade do ciclo de Krebs, sendo a enzima ativada ao acúmulo de ADP e inibida por ATP e NADH

5.Descarboxilação oxidativa do α-cetoglutarato

•Conversão de alfa-cetoglutarato em succinil CoA é catalisada pelo complexo alfa-cetoglutarato desidrogenase

• Libera-se o segundo CO2 e o segundo NADH do ciclo

• Inibição por ATP, NADH, succinil CoA

CICLO de KREBSCICLO de KREBS

CICLO de KREBS CICLO de KREBS

CICLO de KREBS CICLO de KREBS

CICLO de KREBS

6. Clivagem de succinil CoA

•Succinato tioquinase cliva a ligação tioéster de alta energia do succinil CoA • Energia liberada fosforila GDP em GTP onde pode ocorrer a interconversão: GTP + ADP ⇔ GDP + ATP

7. Oxidação do succinato

•Oxidação a fumarato pela succinato desidrogenase, produzindo FADH2

CICLO de KREBS CICLO de KREBS

8. Hidratação do fumarato

•Fumarato é hidratado a malato em reação reversível, catalisada pela fumarase

9. Oxidação do malato

•Malato é oxidado até oxalacetato pela malato desidrogenase • Reação que libera o terceiro e último NADH do ciclo

CICLO de KREBSCICLO de KREBS

CICLO de KREBS CICLO de KREBS

CICLO de KREBS CICLO de KREBS

CICLO de KREBS CICLO de KREBS

Três tipos de enzimas do ciclo do ácido cítrico são Três tipos de enzimas do ciclo do ácido cítrico são reguladas.reguladas.

Citrato sintase ADP NADH,ATP,succinil -coA

Isocitrato desidrogenase AMP,ADP e CaATP e NADH

Complexo de αcetoglitarato desidrogenase

CaNADH e succinil-coA

Comentários