----ÁCIDOS NUCLÉICOSÁCIDOS NUCLÉICOSÁCIDOS NUCLÉICOSÁCIDOS NUCLÉICOS ----
01) (UFOP-JUNHO/2001)

Vestibulando Web Page – w.vestibulandoweb.com.br

A charge acima faz alusão à primeira versão detalhada do mapa genético da nossa espécie, apresentada pelo “Projeto Genoma Humano” e divulgada no dia 12 de fevereiro de 2001 pela Internet. Dentre outras novidades, descobriu-se que o número de genes do nosso genoma é aproximadamente 30.0. A respeito desses genes, pode-se afirmar, exceto: a) são a base para a síntese de RNA. b) são polímeros de nucleotídeos. c) podem ser transferidos, artificialmente, de uma espécie a outra. d) a seqüência de bases nitrogenadas de alguns genes determina a seqüência de aminoácidos nas proteínas. e) representam 100% do conteúdo do genoma.

02) (UNIPAC/2002) Na abertura da novela O Clone, aparece estilizada uma molécula de DNA. Abaixo, esquematizamos a molécula segundo o modelo proposto por James Watson e Francis Crick. Observe:

Assinale a alternativa INCORRETA, referente à molécula: a) Em células eucariotas, o DNA está combinado com proteínas e organizado em fibras de cromatina no núcleo. b) O DNA é constituído de milhares de ribonucleotídeos ligados à estrutura (a) através de pontes de hidrogênio. c) O DNA armazena todas as informações genéticas necessárias para especificar a estrutura de proteínas. d) Transcrição é a propriedade do DNA de servir de molde para gerar moléculas de RNAs.

e) No desenho acima, (b) e (c) representam, respectivamente, citosina e guanina.

03) (CEFET-RP-JULHO/2003) O coquetel de drogas que vem sendo utilizado com sucesso no tratamento da AIDS, tem o AZT como um de seus componentes. O AZT tem como princípio impedir a “transcrição invertida” do HIV. É correto afirmar que o AZT atua impedindo: a) a tradução das proteínas do vírus, nos ribossomos. b) a transcrição do DNA do genoma humano. c) a transcrição do RNA viral para DNA, na célula humana. d) a passagem de RNA viral para RNA infectante. e) a inversão do DNA viral e sua posterior inserção no genoma humano.

04) (UniFoa/2003) Imagine a seguinte situação hipotética: “Um aluno precisa decifrar o código de uma enzima G1, que possui uma cadeia formada por seis aminoácidos desconhecidos. Para que esses aminoácidos fossem decifrados foi dado ao aluno uma tabela com as seguintes informações:

Seqüência do

D.N.A Aminoácidos

Símbolo do aminoácido

AGA Serina ( SER ) CAA Valina ( VAL ) A Fenilalanina ( FEN ) CCG Glicina ( GLI ) AAT Leucina ( LEU ) GAA Leucina ( LEU )

Continuando o raciocínio, foi dado ao aluno a informação que o RNAm da G1 continha a seguinte seqüência: UUAUUUCUUGUUUCUGGC. A seqüência de aminoácidos que correspondem à enzima citada é:

a) LEU-FEN-LEU-VAL-SER-GLI. b) LEU-VAL-FEN-LEU-GLI-SER. c) SER-VAL-FEN-GLI-LEU-LEU. d) SER-VAL-FEN-LEU-GLI-LEU. e) SER-LEU-FEN-GLI-VAL-LEU.

HUMANO, SENHOR!HUMANO, SENHOR!HUMANO, SENHOR!HUMANO, SENHOR!
MUDA A SENHAMUDA A SENHAMUDA A SENHAMUDA A SENHA

Vestibulando Web Page – w.vestibulandoweb.com.br

05) (UNIFESP/2004) Em abril de 2003, a finalização do Projeto Genoma Humano foi noticiada por vários meios de comunicação como sendo a “decifração do código genético humano”. A informação, da maneira como foi veiculada, está: a) correta, porque agora se sabe toda a seqüência de nucleotídeos dos cromossomos humanos. b) correta, porque agora se sabe toda a seqüência de genes dos cromossomos humanos. c) errada, porque o código genético diz respeito à correspondência entre os códons do DNA e os aminoácidos nas proteínas. d) errada, porque o Projeto decifrou os genes dos cromossomos humanos, não as proteínas que eles codificam. e) errada, porque não é possível decifrar todo o código genético, existem regiões cromossômicas com alta taxa de mutação.

06) (UNESP-JULHO/2004) O filme GATTACA, direção de Andrew Niccol, EUA, 1997, apresenta uma sociedade na qual os indivíduos são identificados pelo seu DNA. Os personagens da estória não usam documentos ou crachás para identificação e acesso a prédios e repartições; apenas encostam a ponta do dedo em um equipamento que recolhe uma gota de sangue e a identificação é feita com um teste de DNA. Na vida real e cotidiana, já se utilizam equipamentos para identificação de documentos. Em portarias de alguns clubes, por exemplo, um aparelho acoplado ao computador faz a leitura de nossas impressões digitais, dispensando a apresentação da ″carteirinha″. Considerando-se dois irmãos gêmeos e a eficácia dos dois equipamentos citados em diferenciá-los, assinale a alternativa correta. a) Ambos os equipamentos poderão diferenciá-los, mesmo que os irmãos sejam gêmeos monozigóticos. b) Os equipamentos só poderão diferenciá-los se os irmãos forem dizigóticos. c) Se os irmãos forem gêmeos monozigóticos, apenas o equipamento do filme poderá diferenciá-los. d) Se os irmãos forem gêmeos monozigóticos, apenas o equipamento do clube poderá diferenciá-los. e) Nenhum dos equipamentos poderá diferenciá-los, quer os irmãos sejam gêmeos dizigóticos ou monozigóticos.

O gráfico acima mostra a incidência de casos de câncer de intestino grosso, em mulheres da Inglaterra e do País de Gales, no curso de um ano. Levando em conta que este tipo de câncer resulta de alterações no metabolismo de certas células e que as mutações ocorrem aleatoriamente, é correto afirmar que: a) este tipo de câncer é produzido por acúmulo de mutações. b) as mutações ocorrem com maior freqüência a partir dos 60 anos. c) os idosos sofrem mais mutações porque suas células se dividem com maior freqüência. d) as mutações são provocadas pelas doenças características do envelhecimento. e) as mutações que provocam o câncer só ocorrem a partir dos 30 anos.

08) (UFV/2005) A seqüência dos cinco primeiros aminoácidos (a), de um peptídeo em início de síntese, está representada abaixo. Na tabela, aparecem também representados alguns RNAs transportadores (tRNA) e seus respectivos aminoácidos.

Taxa de incidência (por 100000)

Vestibulando Web Page – w.vestibulandoweb.com.br tRNA a G Pro GAG Leu UAC Met GUU Gln CGU Ala AUG Tir CUC Glu C Gli CAA Val GCA Arg

Assinale a alternativa que contém o mRNA que traduziu a seqüência de aminoácidos para formar o peptídeo: a) 5’ -AUG-CUC-C-CAA-GCA- 3’ b) 5’ -C-CAA-GCA-CUC-AUG- 3’ c) 5’ -CAA-GCA-GAG-UAC-C- 3’ d) 5’ -GCA-CUC-GUU-AUG-CAA- 3’ e) 5’ -UAC-GAG-G-GUU-CGU- 3’

09) (UEL/2005) A teoria “Um Gene uma Enzima” propunha que cada gene era responsável pela síntese de uma enzima, que expressava uma determinada característica biológica. Hoje, sabe-se que a partir de um gene é produzida uma cadeia polipeptídica. Assinale a alternativa cuja seqüência de eventos resulta na produção de cadeias polipeptídicas. a) Descondensação dos cromossomos, tradução do RNAm e transcrição da cadeia polipeptídica no citoplasma. b) Leitura da seqüência de DNA no citoplasma, transcrição no núcleo, tradução no núcleo e síntese polipeptídica no citoplasma. c) Leitura da seqüência de DNA específica, transcrição no citoplasma, tradução do RNAm imaturo no núcleo e síntese polipeptídica no citoplasma. d) Leitura da seqüência de DNA específica, transcrição do DNA no citoplasma, processamento do RNAm no núcleo, síntese polipeptídica no núcleo e maturação da proteína no citoplasma. e) Leitura da seqüência de DNA específica, produção de RNAm heterogêneo no núcleo, saída do RNAm do núcleo e síntese da cadeia polipeptídica no citoplasma.

10) (UEMG/2006) Em 1940 os biólogos George Beadle e Eward Tatum anunciaram:

Esse anúncio indica que os biólogos descobriram: a) a estrutura da molécula de DNA. b) a seqüência de bases do DNA. c) o mecanismo de transcrição do código genético. d) o papel biológico do Gene.

1) (PISM/2005) O esquema ao lado representa a síntese protéica realizada por polirribossomos livres de uma célula eucariota. Analise-o e assinale a opção CORRETA: a) O RNAm contém a informação genética transcrita a partir do RNAr. b) O polirribossomo livre é um componente celular especializado na síntese de glicoproteínas. c) No polirribossomo livre, o processo de síntese protéica não requer a presença de RNAt. d) A presença de vários ribossomos ao longo do RNAm evidencia a produção de moléculas idênticas de uma mesma proteína. e) As proteínas livres na matriz citoplasmática são encaminhadas aos centríolos para serem degradadas.

Polirribossomo livre no citoplasma

Ribossomo RNAm

Início da formação das proteínas

Proteína livre na matriz citoplasmática Síntese protéica

Vestibulando Web Page – w.vestibulandoweb.com.br

12) (UFOP-JUNHO/2005) Com relação à síntese de proteínas em uma célula, é incorreto afirmar: a) Todas as células sintetizam sempre os mesmos tipos de proteínas, nas mesmas proporções. b) A seqüência de bases nitrogenadas ao longo da molécula de RNA mensageiro determina a seqüência dos aminoácidos incorporados na cadeia polipeptídica. c) Para a formação da proteína, não basta a atividade do RNAm; é necessária a participação dos RNAt e dos ribossomos. d) Ao longo de um DNA, há segmentos que atuam diretamente na síntese de proteínas, os éxons, e os que parecem inativos nesse processo, os íntrons.

GABARITOGABARITOGABARITOGABARITO

Comentários