Resolução dos exames de admissão

Resolução dos exames de admissão

(Parte 1 de 6)

Eleborado por: António Adelino Quilala “MOLÉCULA”GPS: 923 38 23 35 Página 1

MOLÉCULA 2010

Exame de acesso 2010 para Engenharia Variante 1

9°. Qual é o número total de electrões que existe na estrutura de Lewis (fórmula electrónica) da molécula C2H402? É dado o número atómico: C = 6; H = 1; 0= 8.

Resolução: ( capítulo das ligações quimicas – fómulas quimicas) para saberes o número total de electrões existente na estrutura de lewis de uma molécula, basta somar os números de electrões de valência (da última camada) de todos átomos que participam nesta molécula. Para os elementos que possuem mais de 1 átomo na molécula , deves multiplicar o nº de electrões de valência pelo nº de átomo que o elemento posssui nesta molecula.

Z(C) = 6 1s2 2s2 2p2nº electrões de valêcia = 4. Para de 2C teremos = 8e-

(lembre-se que na molécula temos 2 carbonos e espero que faça o mesmo com todos!)

Z(O) = 81s2 2s2 2p4 nº electrões de valêcia = 6. Para 2 O = 12e-

Z(H) =1 1s1 nº electrões de valêcia = 1. Para 4H temos = 4e- Logo a soma será: 8 de C + 4 de H + 12 de O = 24

Res.: A) 12B) 8 C) 32 E) 14 G) 18 D) 4 H) outro

10°. Quantas fórmulas estruturais podem escrever para todos os isómeros do cic1obutano?

Resolução: (capítulo da química orgânica - isomeria)

Isomeria: fenômeno caracterizado pela ocorrência de duas ou mais substâncias diferentes, que apresentam a mesma fórmula molecular mas diferentes fórmulas estruturais.

Para o caso presente temos o ciclobutano de fórmula molecular: C4H8

CH2 CH2 CH CH3

CH2 CH CH2 CH3 CH3 CH CH CH3 CH3 C CH CH3

C C CH3 CH3

C C H CH3

CH3 H cis trans

Res.: A) 2B) 8 C) 4 D) 12 E) 3 F) 6 H) outro
Eleborado por: António Adelino Quilala “MOLÉCULA”GPS: 923 38 23 35 Página 2

MOLÉCULA 2010

11°. Quando 1 mol de álcool etílico puro é misturada com 1 mol de ácido acético à temperatura ambiente, a mistura em equilíbrio contém 2/3 mol de éster e outro tanto de água. Qual é o valor da constante de equilíbrio à temperatura de reacção sendo todas as substâncias líquidas? Reacção é:

C2H50H+ CH3COOH = CH3COOC2H5 + H20

Resolução: (capítulo do equilibrio quimico )

C2H50H+ CH3COOH = CH3COOC2H5 + H20
Inicio1 mol 1 mol 0 0
Variação- x - x + x + x
Equilibrio1 – x 1 – x x x
C2H50H+ CH3COOH = CH3COOC2H5 + H20
Equilibrio1 – 2/3 1 – 2/3 2/3 2/3

Nº moles de ester no equilibrio = x = 2/3 ( leia o enunciado!) substituind:

x Keq

Res.: A) 16B) 1,7x10-5 C) 5,6x10-6 E) 0,16 F) 4,2x10-4 G) 1,5x10-:3 H) outro

12°. Até quanto deve ser diluída uma solução 0,50 mol de BaCl2 para se obter uma outra com 20 mg de Ba2+ por ml? É dado o peso atómico: Ba = 137,3; Cl= 35,5.

Resolução: (capítulo de soluções - diluição)

V = ? Adiciona-se água (diluição)

M VPmV litros C

VVCnVCVC M

Res.: A) 12,56 B) 8,62C) 16,57 F) 2,5 G) 7,45 D) 5,25 H) outro

BaCl2 0,50 mol

Eleborado por: António Adelino Quilala “MOLÉCULA”GPS: 923 38 23 35 Página 3

MOLÉCULA 2010

Exame de acesso 2009 para Engenharia Variante 2

9º- A maior parte de ácido clorídrico é preparada por aquecimento de NaCl com H2SO4 concentrado segundo a equação: NaCl + H2SO4 → HCl + Na2SO4.

Quantos quilogramas de ácido sulfúrico contendo 90% de H2SO4 em massa são necessário para produzir 1500 kg de ácido clorídrico concentrado contendo 42% de

HCl em massa?

Dadas as massas atómicas: H = 1S = 32 Na = 23 O = 16 Cl = 35,5

Resolução: (capítulo de soluções e de estequiometria)

ms (H2SO4) = ?%(H2SO4) = 90 ms (HCl) = 1500 kg %m(HCl) 42

1º) Calcula-se a massa de HCl presente nos 1500 kg da solução a 42 %:

kg xmHCl HClmx

HClm

HCl s 630

2NaCl+ H2SO4 → Na2SO4 + 2HCl
9873
x630

2º) Com a massa do HCl (630 kg) calcula-se a massa de H2SO4 de acordo com a equação:

3º) Calcula-se a massa da solução de H2SO4 a 90 %:

gxx SOH

SOHm mx

SOHm

SOH s

2º metodo:

g x

SOHHClPM

Respotsas :
a) 658b) 526 c) 161 d) 128 e) 150 f) 426 g) 763

10º - A 0,5 litro de uma solução 0,4 normal de certa base, adiciona-se determinado volume de solução 2 normal da mesma base e a solução resultante tem normalidade 1,5 normal. Determine o volume em litros da solução resultante.

h) outro

Eleborado por: António Adelino Quilala “MOLÉCULA”GPS: 923 38 23 35 Página 4

MOLÉCULA 2010

Resolução: (capítulo de soluções – diluição)

++
Solução 2Solução 1 Solução final

O volume da solução resultante (final) = Volume da 1º solução + Volume da 2º solução Volume da solução resultante (final) = 0,5 + 1,1 = 1,6 litros.

(Parte 1 de 6)

Comentários