Assistência de Enfermagem ao recém-nascido (RN) na UTI-NEONATAL

Assistência de Enfermagem ao recém-nascido (RN) na UTI-NEONATAL

(Parte 1 de 2)

Assistência de Enfermagem ao recémnascido (RN) na UTI-NEONATAL

Governo do Estado do Pará

Universidade do Estado do Pará

Centro de Ciências Biológicas e da Saúde Curso de Graduação em Enfermagem

O RN de alto risco éfisiologicamente e/ou hemodinamicamente instável

Em conseqüências de: • Distúrbios congênitos;

• Alterações metabólicas:

• Prematuridade;

•Asfixia perinatal;

•Problemas durante a gravidez.

Gerando uma necessidade de cuidados intensivos após o nascimento

Conhecer as condições maternas durante a gravidez.

Para tomar medidas profiláticas, evitando complicações e diminuindo as riscos no período:

• Pós-parto.

Gestação de alto risco

Apresenta interferências: •Patológicas e/ou

• Sociais.

Que são fatores de agressão ao binômio gestante/feto.

1- Deficiência nutricional:

•Atéa 3ºmês causa: problemas no desenvolvimento fetal e pode causar aborto;

•Após 3ºMês impede crescimento fetal, levando a um crescimento cerebral inadequado e RN’s pequenos para a idade gestacional (PIG).

As condições maternas , que interferem no crescimento e desenvolvimento fetal:

2-Sangramento:

•No 1ºe 2ºtrimestre geralmente está relacionada a aborto;

•No 3ºtrimestre estárelacionada a placenta prévia (P) ou descolamento da placenta (DPP);

A P estáassociada:

•Diminuição do suprimento de sangue para placenta; ou

•Situações que causem lesões e cicatrizes na parede uterina como:

...Partos cesarianos;

...Infecção uterina; ...Tumores uterinos.

O DPP estáassociado:

•Hipertensão arterial persistente; •Idade materna acima de 35 anos;

• Multiparidade (>5);

• Traumas abdominais;

•Punção durante amniocentese;

•Cordão umbilical curto;

•Deficiência de ácido fólico;

•Fumo e abuso de drogas.

Sangramento

Diminui as trocas gasosas pela placenta

Asfixia fetal

Seqüelas irreversíveis ao fetoRisco de Vida materna

3- Diabetes gestacional:

Aumenta a produção de insulina (2º trimestre da gravidez) pode desencadear a diabetes;

Gestante com maior predisposição: •Idade > que 35 anos;

•Hipertensão arterial crônica;

• Obesidade;

•História familiar de diabetes.

Causam no feto uma série de anomalias congênitas:

• Gastrointestinais; • Cardíacas;

(Parte 1 de 2)

Comentários