Nbr10897 04 2003

Nbr10897 04 2003

(Parte 6 de 18)

5.2 Chuveiros automáticos 5.2.1 Somente chuveiros novos devem ser empregados no sistema. 5.2.2 Os chuveiros automáticos devem atender às NBR 6125 e NBR 6135.

5.2.3 Características de descarga:

O fator K, relativo a descarga do chuveiro automático com diferentes tamanhos de orifícios devem obedecer a Tabela 3.2.3.1.

Chuveiro automático de gotas grandes e chuveiro automático de resposta e supressão rápidas (ESFR) devem possuir fator K igual ou superior a 1,2.

Tabela 3.2.3.1 – Identificação das características de descarga dos chuveiros automáticos

Fator Nominal K Limites Fator K Diâmetro Nominal da

Rosca gpm/(psi) 1/2 dm3/s/(kPa)1/2 gpm/(psi) 1/2 dm3/s/(kPa)1/2 dm3/min/(kPa) 1/2

Pol.

5.2.4 Características de temperatura As temperaturas nominais de operação dos chuveiros automáticos são indicadas na Tabela 3.2.5.1.

NBR 10897:2003 14

Os chuveiros automáticos tipo elo fusível devem ter seus braços pintados e os de bulbo de vidro devem ter o líquido colorido, conforme Tabela 2.

Tabela 3.2.5.1 – Limites de temperatura, classificação e código de cores dos chuveiros automáticos

Máxima Temperatura no Teto (oC) Limites de

Temperatura (oC) Classificação da Temperatura

Código de Cores Cor do Líquido do Bulbo de Vidro

38 57 – 7 ORDINÁRIO INCOLOR OU PRETO VERMELHO OU LARANJA

6 79 – 107 INTERMEDIÁRIO BRANCO AMARELO OU VERDE

107 121 – 149 ALTO AZUL AZUL 149 163 – 191 EXTRA ALTO VERMELHO ROXO 191 204 – 246 EXTRA EXTRA ALTO VERDE PRETO 246 260 – 302 ULTRA ALTO LARANJA PRETO 329 343 ULTRA ALTO LARANJA PRETO

X FIM DA 85a REUNIÃO DE 08.08.2001 XXXXXXXXXXXX

X INÍCIO DA 87a REUNIÃO DE 30.10.2001 XXXXXXXXXX

5.2.5 Revestimentos especiais

Chuveiros automáticos resistentes à corrosão devem ser instalados em locais onde há a presença de vapores corrosivos, umidade ou outras condições ambientais capazes de provocar danos.

Os revestimentos anti-corrosivos devem ser aplicados exclusivamente pelos próprios fabricantes dos chuveiros automáticos.

A menos que indicado pelo fabricante, o chuveiro automático não deve ser pintado, e qualquer chuveiro automático revestido somente pode ser substituído por outro com as mesmas características, incluindo diâmetro do orifício, temperatura nominal de operação e distribuição de água.

Qualquer acabamento ornamental do chuveiro automático somente deve ser executado pelo fabricante.

5.2.6 Canóplas e invólucros

Canóplas e invólucros não metálicos devem ser fornecidos pelo fabricantes dos chuveiros automáticos, assegurando o correto funcionamento dos sistemas.

Canóplas e invólucros usados com chuveiros automáticos embutidos ou não aparentes devem ser fornecidos em conjunto com os chuveiros.

5.2.7 Proteções Os chuveiros automáticos instalados em locais sujeitos a danos mecânicos devem ser providos com proteções.

5.2.8 Estoque de chuveiros automáticos sobressalentes

Devem ser mantidos chuveiros automáticos sobressalentes de modo que os chuveiros automáticos que tenham operado ou sofrido qualquer dano possam ser prontamente substituídos. Esses chuveiros devem possuir as mesmas características dos que encontram-se instalados e devem ser mantidos em local cuja temperatura não supere a 38oC.

Uma chave especial para retirada e instalação dos chuveiros automáticos deve estar disponível junto aos mesmos.

O estoque de chuveiros automáticos sobressalentes deve incluir todos os modelos de chuveiros automáticos instalados, devendo ser composto da seguinte forma:

a) 6 chuveiros automáticos, no mínimo, para sistemas com até 300 chuveiros automáticos; b) 12 chuveiros automáticos, no mínimo, para sistemas com 300 a 1000 chuveiros automáticos; c) 24 chuveiros automáticos no mínimo, para sistemas com mais de 1000 chuveiros automáticos.

5.3 Tubos de condução não enterrados

Os tubos utilizados nos sistemas de chuveiros automáticos devem atender ou exceder as indicações estabelecidas a seguir:

Tubos de aço (com ou sem costura): NBR 5580, NBR 5590, ASTM A 53, ASTM A 135, ASTM A 795, BS 1387; ANSI B.36.10M

Tubos de cobre (sem costura): NBR 13206, ASTM B 75 e ASTM B 8.

Tubos de aço soldados ou unidos com sulco laminado, para pressões até 2,07 MPa (300 psi), devem atender no mínimo: NBR 5580 - classe leve, NBR 5590 - classe normal, ASTM A 53 sch 40, ASTM A 135 - sch 10 ou BS 1387 classe leve.

Tubos de aço unidos por conexões roscadas, para pressões até 2,07 MPa (300 psi), devem atender no mínimo: NBR 5580 - classe leve, NBR 5590 - classe normal, ASTM A 53 sch 40 e BS 1387 classe leve.

5.3.1 Curvatura em tubos de condução Não se recomenda curvaturas em tubos de aço e cobre, utilizando-se para estes casos conexões adequadas.

5.4 Tubos de condução enterrados

Tubos de condução enterrados, utilizados nos sistemas de chuveiros automáticos devem atender ou exceder as indicações estabelecidas nas seguintes normas:

NBR 7663 e ISO 2531 – Ferro fundido dúctil centrifugado, com ou sem revestimento interno de cimento

O tipo e classe de tubos, bem como proteções adicionais para uma instalação específica deve ser determinada considerando-se sua resistência ao fogo, pressão máxima de serviço, condições de legislação onde o tubo será instalado, condições do solo, corrosão, e susceptibilidade do tubo à outras condições externas, incluindo carregamento de compactação do solo, trafego ou veículos, etc..

X FIM DA 87a REUNIÃO DE 03.10.2001 XXXXXXXXXXXX X INÍCIO DA 88a REUNIÃO DE 12.1.2001 XXXXXXXXXX

5.4.1 Conexões

As conexões utilizadas nos sistemas de chuveiros automáticos devem atender ou exceder as indicações estabelecidas a seguir:

Ferro fundido maleável: NBR 6943, NBR 6925;

Aço para solda: ANSI B 16.9 Cobre: NBR 11720

(Parte 6 de 18)

Comentários