RELATÓRIO DE QUÍM. EXPERIMENTAL-docx

RELATÓRIO DE QUÍM. EXPERIMENTAL-docx

(Parte 3 de 3)

Material:1 béquer de 50 mL, 1 espátula, 1 balança semi analítica modelo AS1000C da Marte Balanças e Aparelhos de Precisão LTDA, 1 bastão de vidro, 1 balão volumétrico de 50,0 mL, 1 funil de vidro, 1 pisseta contendo água destilada

Reagente:Solução de hidróxido de sódio em lentilhas ( pureza de 97,1%)

Metodologia I. Pesou-se 1,27g de NaOH no béquer.

I. Adicionou-se e sob agitação 20,0 mL de água destilada, dissolvendo o hidróxido até uma mistura homogênea. Verificou-se que a dissolução éexotérmica, e a mesma foi resfriada antes de ser transferida para o balão volumétrico.

I. Transferiu-se a solução para o balão volumétrico, utilizando o bastão e o funil de vidro. Lavou-se o béquer, o bastão e o funil de vidro com 20,0 mL de água destilada, transferiu-se e homogeneizou-se a solução.

IV. Quando asolução atingiu o gargalo do balão, retirou-se o funil e completou com água destilada até o traço de aferição.

V. Fechou-se o balão e homogeneizou-sea solução, em seguida foi armazenada em recipiente adequado.

4.1 ) Concentração em mol.L-1e em g.L-1de um ácido sulfúrico ( H2SO4 ) de H2SO4e cuja densidade na solução é 1,84 g.L-1. Resolução:

= . => ==> = .

4.2 ) Volume de ácido sulfúrico ( questão anterior) necessário para se preparar 20,0 mL de uma solução de 1,0 mol. L-1desde ácido.

Resolução:

V =20,0mLM1= 0,616mol.L-1V1= ?

MMH2SO4 2x1 = 2,0

necessária para se preparar 25,0 mL de uma solução deste sal cuja concentração é 0,500 mol.L-1.

Resolução:

4.4 ) Massa de hidróxido de sódio ( NaOH ) necessária para se preparar 50,0 mL de uma solução desta base cuja concentração é 0,640mol.L-1.

Sabemos que as técnicas de preparação e diluição de misturas são de extrema importância, principalmente se levamos em consideração anecessidade de exatidão que deve ser seguida na obtenção de determinada concentração a ser preparada.

No estudo doconteúdoprático na análise das técnicas e diluições das soluções, fez-se necessário o aprofundamento teórico de elementos básicos constituintes das soluções, tais como, disperso, dispersante e até mesmo oestado de concentração das soluções. É sabido que a utilização das técnicas apropriadas é de extrema importância quando se deseja o menor percentual de erros possíveis em um processo como este.Com isso, aprendeu-se as técnicas apropriadas na preparação e diluição a de um líquido em um sólido e em água, bem como a preparação das soluções de H2SO4, Na2CO3e NaOH. Concluiu-se também que uma técnica errada pode levar a erros grosseiros naconcentração de uma solução, no cálculo do volume ou massa do soluto e/ou até mesmo na determinação do solvente. Percebeu-se total atenção do Profº na necessidade de utilização de material limpo e seco para evitar erros ao final do processo; sendo assim aprincipal dificuldade encontrada.

Contudo, percebemos a importância dos estudos acerca das soluções, principalmente na indústria, principal contribuinte no desenvolvimento da economia.

A diluição numa indústria química é de grande importância porque só traz vantagens.

Uma delas é quando você não tem espaço e necessita produzir volumes gigantescos de qualquer produto, então faz-se em pequena escala, mais concentrados e depois dilui-se o mesmo. Outra é quando você possuir uma grande quantidade de um produto que não atingiu uma dada eficiência e quer descartá-lo, porém, o mesmo, afetará o meio ambiente se for concentrado. Daí você pode fazer diluições do mesmo em doses suaves e descartá-los sem problemas.

Em fim, existe uma gama de utilizações do mecanismo dedissolução e preparação de misturas, uma delas e não menos importante é o corpo humano, uma “máquina perfeita”, a qual prepara soluções e diluições a todo instante, fator esse indispensável a existência da vida.

ATKINS, P.; JONES, L. Princípios de química: questionando a vida moderna e o meio ambiente. TraduçãoCARACELLI, I et al. 1º Ed, Porto Alegre, Bookman, 2001.

BRADY, J. E.; HUMISTON, G. E Química Geral. 2º Ed, Volumes 1 e 2 , RJ, Livros Técnicos e Científicos, Editora S.A., 1986.

EBBING,D.D.Química Geral. Livros Técnicos e Científicos. 4º Ed, Editora S. A. Vol. 1 e 2. R.J., 1998.

PAULING, Linus. Química Geral. Livros Técnicos S.A. 1º Ed. Volume 2. Rio de Janeiro, 1966. <http://w.colegioweb.com.br/quimica/estudo-das-solucoes aceso em 29/06/2010>

(Parte 3 de 3)

Comentários