trabalho de iso 9000 e 14000

trabalho de iso 9000 e 14000

ISO 9000 E 14000:

QUALIDADE E MEIO AMBIENTE

Eduardo Tavares de Souza

Prof: Marinez Maciel da Costa

Metalurgia – Noturno (2° Módulo)

Juiz de Fora 23/09/2010

A sigla "ISO" refere-se à International Organization for Standardization, ou seja, Organização Internacional de Padronização. A ISO é uma rede de institutos nacionais de normas de 163 países aproximadamente, um membro por país, com um Secretariado Central em Genebra, na Suíça, que coordena o sistema. Além disso, é uma organização não-governamental que faz a ponte entre os setores público e privado e seu objetivo é promover o desenvolvimento de normas, testes e certificação, com o intuito de encorajar o comércio de bens e serviços.

Esta família de normas estabelece requisitos que auxiliam a melhoria dos processos internos, a maior capacitação dos colaboradores, o monitoramento do ambiente de trabalho, a verificação da satisfação dos clientes, colaboradores e fornecedores, num processo contínuo de melhoria do sistema de gestão da qualidade. Aplicam-se a campos tão distintos quanto materiais, produtos, processos e serviços.

A adoção das normas ISO é vantajosa para as organizações uma vez que lhes confere maior organização, produtividade e credibilidade - elementos facilmente identificáveis pelos clientes -, aumentando a sua competitividade nos mercados nacional e internacional. Os processos organizacionais necessitam ser verificados através de auditorias externas independentes.

No Brasil o órgão regulamentador da ISO chama-se ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), uma sociedade privada sem fins lucrativos.

ISO 9000

The ISO 9000 family of standards represents an international consensus on good quality management practices . A família ISO 9000 de normas representa um consenso internacionalsobre boas práticas de gestão da qualidade. It consists of standards and guidelines relating to quality management systems and related supporting standards. É constituída por normas e diretrizes relativas aos sistemas de gestão da qualidade e normas relacionadas com o suporte.

Deve ser enfatizado, entretanto, que as normas ISO série 9000 são normas que dizem respeito ”apenas” ao sistema de gestão da qualidade de uma empresa, e não às especificações dos produtos fabricados por esta empresa. Ou seja, o fato de um produto ser fabricado por um processo certificado segundo as normas ISO 9000 não significa que este produto terá maior ou menor qualidade que um outro similar. Significa apenas que todos os produtos fabricados segundo este processo apresentarão as mesmas características e o mesmo padrão de qualidade.

Seu objetivo é estabelecer requisitos que auxiliam a melhoria dos processos internos, a maior capacitação dos colaboradores, o monitoramento do ambiente de trabalho, a verificação da satisfação dos clientes, colaboradores e fornecedores, num processo contínuo de melhoria do sistema de gestão da qualidade. Aplicam-se a campos tão distintos quanto materiais, produtos, processos e serviços

Os contratos em média tem uma validade de 3 anos, com validações programadas de 6 em 6 meses, caso o contrato não seja cumprido pode gerar o descredenciamento como fornecedor do produto ou multa a ser estipulada.

As normas ISO 9000 podem ser utilizadas por qualquer tipo de empresa, seja ela grande ou pequena, de caráter industrial, prestadora de serviços ou mesmo uma entidade governamental.

  • Evolução da ISO 9000.

ISO 9000:1987

Em 1987 a ISO editou a série 9000 com o objetivo de estabelecer critérios para implantação de Sistemas de Garantia da Qualidade e reduzir seus custos internos. A primeira versão criou uma estrutura de 3 normas sujeitas à certificação, a ISO 9001, 9002 e 9003, além da ISO 9000 que era uma espécie de guia para seleção da norma mais adequada ao tipo de organização. Com 3 anos de atraso, a ABNT emitiu a primeira versão ( tradução) da série no Brasil. A mesma foi "batizada" com o nome de série NBR 19000.

ISO 9000:1994

Em 1994, a série foi revisada, porém sem grandes modificações, apenas com uma pequena ampliação e alguns esclarecimentos em seus requisitos, mantendo a mesma estrutura, ou seja, três normas sujeitas à certificação; em paralelo, agora não mais com os três anos de atraso, a ABNT revisou as normas brasileiras, adotando o nome "série NBR ISO 9000", alinhando-se com o resto do mundo que já adotava nomenclatura similar para suas versões nacionais (exemplo: na Alemanha: DIN ISO 9000).

ISO 9001:2000

Em Dezembro de 2000 a série foi totalmente revisada; além das alterações em sua estrutura, agora temos apenas uma norma sujeita à certificação, a ISO 9001, a norma trouxe o enfoque de gerenciamento de processos. esta norma combinava as 9001, 9002 e 9003 em uma única, doravante denominada simplesmente 9001:2000.Os processos de projeto e desenvolvimento eram requeridos apenas para empresas que, de fato, investiam na criação de novos produtos, inovando ao estabelecer o conceito de "controle de processo" antes e durante o processo. Esta nova versão exigia ainda o envolvimento da gestão para promover a integração da qualidade internamente na própria organização, definindo um responsável pelas ações da qualidade. Adicionalmente, pretendia-se melhorar o gerenciamento de processos por meio de aferições de desempenho e pela implementação de indicadores para medir a efetividade das ações e atividades desenvolvidas.Mas a principal mudança na norma foi a introdução da visão de foco no cliente. Anteriormente, o cliente era visto como externo à organização, e doravante passava a ser percebido como integrante do sistema da organização. A qualidade, desse modo, passava a ser considerada como uma variável de múltiplas dimensões, definida pelo cliente, por suas necessidades e desejos. Além disso, não eram considerados como clientes apenas os consumidores finais do produto, mas todos os envolvidos na cadeia de produção.

ISO 9000:2005

Foi a única norma lançada nesse ano, descrevendo os fundamentos de sistemas de gestão da qualidade que, no Brasil, constituem o objeto da família ABNT NBR ISO 9000, e definindo os termos a ela relacionados. É aplicável a organizações que buscam vantagens através da implementação de um sistema de gestão da qualidade; a organizações que buscam a confiança nos seus fornecedores de que os requisitos de seus produtos serão atendidos; a usuários dos produtos; aqueles que têm interesse no entendimento mútuo da terminologia utilizada na gestão da qualidade.

ISO 9001:2008

A versão atual da norma foi aprovada no fim do ano de 2008.Esta nova versão foi elaborada para apresentar maior compatibilidade com a família da ISO 14000, e as alterações realizadas trouxeram maior compatibilidade para as suas traduções e consequentemente um melhor entendimento e interpretação de seu texto.Outra importante alteração nesta versão foi a sub-cláusula 1.2 que introduz o conceito de exclusões. Esta cláusula permite que requisitos da norma que não sejam aplicáveis devido a características da organização ou de seus produtos sejam excluídos, desde que devidamente justificados. Desta forma, garante-se o caráter genérico da norma e sua aplicabilidade para qualquer organização, independente do seu tipo, tamanho e categoria de produto.

Obs:Devemos ressaltar, que de todas essas normas citadas em relação a iso 9000, a mais utilizada hoje em dia é a ISO 9001:2000, pois devido ao atraso nas implantações e até mesmo na adoção em relação à empresas,a ISO 9001:2008 não se concretizou por completa.

  • Item:

O sub item “6.3-Infra-estrutura” da NBR ISO 9001:2000, ressalta que para se adquirir uma adequada infra-estrutura,a Organização, tem como papel ou função: a providência e a conservação; sendo assim,obterá sucesso alcançando a conformidade com os requisitos do produto.Dependendo da aplicação ou quando alpicada,inclui: o ambiente de trabalho e outros a ele associado; equipamentos utilizados nos diversos processos, sendo eles materiais , os de conhecimento na área da informática; serviços de apoio, como por exemplo:tranporte,comunicação.

  • Empresas com Sistema da Qualidade ISO 9001 Válidos com Marca de Credenciamento Inmetro:(período de 20/12/2008 até 29/08/2010)

EX 1:

EX2:

ISO 14000

This section concisely describes the essential features of the ISO 14000 family.The ISO 14000 family addresses various aspects of environmental management. As normas ISO 14000 – Gestão Ambiental, foram inicialmente elaboradas visando o “manejo ambiental”, que significa “o que a organização faz para minimizar os efeitos nocivos ao ambiente causados pelas suas atividades” (ISO, 2000). A série ISO 14.000 é composta pela norma ISO 14.001 (a única norma que permite a certificação ) e um conjunto de normas complementares. A ISO 14001 é uma norma de gerenciamento, não é uma norma de produto ou de performance. É um processo de gerenciamento das atividades da companhia que têm impacto no ambiente. Assim sendo, essas normas fomentam a prevenção de processos de contaminações ambientais, uma vez que orientam a organização quanto a sua estrutura, forma de operação e de levantamento, armazenamento, recuperação e disponibilização de dados e resultados (sempre atentando para as necessidades futuras e imediatas de mercado e, conseqüentemente, a satisfação do cliente), entre outras orientações, inserindo a organização no contexto ambiental.

Algumas importantes características da ISO 14001:

-Ela é compreensiva: todos os membros da organização participam na proteção ambiental, envolvendo todos os "stake-holders"(os clientes, os funcionários, os acionistas, os fornecedores e a sociedade ). São utilizados processos para identificar todos os impactos ambientais. A norma ISO 14.001 pode ser utilizada por qualquer tipo de organização, industrial ou de serviço, de qualquer porte, de qualquer ramo de atividade.

-Ele é pró-ativa: seu foco é na ação e no pensamento pró-ativo, em lugar de reação a comandos e políticas de controle do passado.

-Ela é uma norma de sistema: ela reforça o melhoramento da proteção ambiental pelo uso de um único sistema de gerenciamento permeando todas as funções da organização.

O sistema de gerenciamento ambiental previsto pela norma contém os seguintes elementos:

            Uma política ambiental suportada pela Alta Administração;

            Identificação dos aspectos ambientais e dos impactos significativos;

      Identificação de requisitos legais e outros requisitos;

            Estabelecimento de objetivos e metas que suportem a política ambiental;

            Um programa de gerenciamento ambiental;

            Definição de papéis, responsabilidades e autoridade;

            Treinamento e conhecimento dos procedimentos;

            Processo de comunicação do sistema de gerenciamento ambiental com todas as partes interessadas;

            Procedimentos de controle operacional;

            Procedimentos para emergências;

            Procedimentos para monitorar e medir as operações que tem um significativo impacto ambiental;

            Procedimentos para corrigir não conformidade;

            Procedimentos para gerenciamento dos registros;

            Programa de auditorias e ação corretiva;

            Procedimentos de revisão do sistema pela alta administração.

        

Após implantar a norma ISO 14001 a empresa poderá ser auditada por uma entidade certificadora e receber o certificado ISO 14001, que tem validade internacional.

  • Item:

O sub item “4.1-Requisitos Gerais” da NBR ISO 14001, declara que a Organização tem como obrigação estabelecer , documentar,implementar,manter e melhorar a cada dia buscando atualizações no seu Sistema de Qualidade Ambiental; para que possa se apresentar e permanecer em conformidade com os requisitos ou os itens da norma ;deixando claro que terá que estabelecer como ela irá atender aos mesmos.Além disso,a Organização terá que definir o alvo ou a intenção do seu Sistema de Gestão de Qualidade,relatando e documentando qualquer decisão ou passo a ser seguido ou o alvo a ser direcionado.

  • Empresas com Sistema da Qualidade ISO 14001 Válidos com Marca de Credenciamento Inmetro:(período de 01/01/2000 até 12/09/2010)

EX 1:

EX 2:

CONCLUSÃO PESSOAL:

Conclui-se que no mercado de trabalho globalizado, o certificado ISO abre as portas para uma maior comercialização. O certificado ISO traduz em eficiência e eficácia, sendo um aliado do negócio para o seu crescimento e melhoria contínua, é mais uma ferramenta para inserir o produto no mercado mundial.

Podemos entender que as normas para garantia da qualidade são muito importantes para as empresas que querem disputar o mercado. Uma vez que a empresa está certificada, ela pode concorrer com outras empresas, também certificadas, pois apresentam as mesmas conformidades. Pode-se dizer que nos dias de hoje,para que uma empresa possa sobreviver é de vital importância, que esta se utilize dos benefícios que ‘’a cultura’’ da qualidade pode trazer . Para isso, é necessário que a empresa adote um sistema de gerenciamento da qualidade.

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS:

www.zanco.com.br/art-empreede-saude_iso.htm - (acessado em 20/08/2010)

www.scielo.br/pdf/po/v10n4/4110.pdf(acessado em 20/08/2010)

www.fiec.org.br/iel/bolsaderesiduos/Artigos/ISO%2014000.pdf(acessado em 20/08/2010)

imasters.uol.com.br/.../a_importância_das_certificações_iso (acessado em 29/08/2010)

www.empreendedor.com.br/_novo/_br/? seção (acessado em 29/08/2010)

www.coladaweb.com › Administração (acessado em 29/08/2010)

ISO 9000 - Wikipédia, a enciclopédia livre (acessado em 29/08/2010)

www.iso9000.com.br /basicas.htm 20 de agosto (acessado em 29/08/2010)

www.oficinadanet.com.br /...iso_9000_-_conceitos (acessado em 29/08/2010)

www.sobre.com.pt › ... › Materiais de construção (acessado em 29/08/2010)

www.strawplast.com.br/ significado_iso (acessado em 29/08/2010)

www.iso.org (acessado em 29/08/2010)

www.inmetro.gov.br/gestao9000/ (acessado em 29/08/2010)

www.qualitas.eng.br/qualitas_minicurso_iso14000.html (acessado em 12/09/2010)

www.fmt.am.gov.br/iso/Iso9001_2000_ABNT_Rev_060301.pdf – (acessado em 29/08/2010)

www.cnpma.embr/apa.brprojetos/.../iso_14000.html (acessado em 12/09/2010)

pt.wikipedia.org (acessado em 29/08/2010)

www.inmetro.gov.br/gestao14001/ (acessado em 12/09/2010)

imasters.uol.com.br/.../a_importância_das_certificações_iso (acessado em 29/08/2010)

www.empreendedor.com.br/_novo/_br/? seção (acessado em 29/08/2010)

www.coladaweb.com › Administração (acessado em 29/08/2010)

ISO 9000 - Wikipédia, a enciclopédia livre (acessado em 29/08/2010)

www.observatoriosocial.org.br /arquivos.../1827ISOmso23A.pdf (acessado em 29/08/2010)

allchemy.iq.usp.br /sedimentando/iso.htm (acessado em 29/08/2010)

www.qsp.org.br/a_importancia_9000.shtml (acessado em 29/08/2010)

Comentários