Ordem de Serviço

Ordem de Serviço

Pág. 2 de 2

Nome da Empresa

CNPJ/MF: xxxxxxxxxxxxxxx − Inscrição Estadual: xxxxxxxxxxxx

Endereço

Ordem de Serviço em Segurança do Trabalho

Setor

 Fábrica

Cargo:

 Operador de Empilhadeira

Descrição das Atividades:

– Controlar os comandos de acionamento e parada da empilhadeira e dos sistemas hidráulicos do elevador de carga. Fazer o transporte de materiais pelas dependências da empresa (pacotes ou estrados com cabos, peças, máquinas e outros materiais). Fazer o abastecimento das máquinas da fábrica com madeira para trabalhar, a retirada da madeira pronta e armazenagem dos depósitos. Fazer a descarga de materiais dos caminhões de entrega e o carregamento de fardos ou pacotes de madeira, em conteineres ou nas carrocerias dos caminhões dos clientes. Observar as condições de funcionamento e de segurança da empilhadeira, reportando aos outros operadores que trabalham com a máquina eventuais problemas ou levar a empilhadeira para execução de serviços de manutenção, se necessário. Estar à disposição para executar outros serviços ou trabalhar em outras atividades quando solicitado.

Riscos Identificados nestas Atividades:

  • Ruído e vibrações de corpo inteiro produzidos pela máquina.

  • Trabalho sentado. Exigência de acuidade visual e de postura inadequada, ao se movimentar para manobrar o equipamento.

  • Risco atropelamento, tombamento, deslizamento das cargas transportadas sobre o equipamento, o operador, ou pessoas próximas. Risco de contusões ou ferimentos ao subir ou descer da máquina, ou ao fazer a arrumação das cargas transportadas.

Equipamentos de Proteção p/ a Atividade:

– Protetor auditivo tipo plug ou do tipo concha.

– Sapato de Segurança.

– Uniforme (calça e camisa ou guarda-pó)

– luvas de vaqueta.

Quando devem Ser Utilizados os EPI’s

– Sempre que estiver trabalhando c/ a máquina ou dentro da fábrica.

– Sempre que estiver trabalhando c/ a máquina.

– Quando disponibilizado pela empresa.

– Sempre que verificar as condições de segurança ou funcionamento da máquina

Nota: O funcionário fica responsável pela guarda e conservação dos seus EPI’s. Quando os equipamentos de proteção não estiverem mais em condições de uso, o funcionário deverá procurar o setor responsável pela entrega dos materiais entregando os EPI’s usados e solicitando a substituição.

Recomendações de Segurança Quanto aos Equipamentos de Proteção:

 A Empresa fornecerá gratuitamente ao funcionário os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), necessários para a execução dos seus serviços.

 O uso dos equipamentos de proteção por parte do funcionário é obrigatório sempre que este estiver exposto aos riscos identificados nos seus locais de trabalho. Caso o mesmo venha a se recusar a usá-los, estará sujeito a punições disciplinares.

 O funcionário fica responsável pela guarda, conservação e uso dos EPI’s somente para as finalidades a que se destinam.

 Quando o equipamento não estiver mais em condições de uso, o funcionário deverá se dirigir ao setor responsável pela entrega, fazendo a devolução dos EPI’s usados e solicitando um novo.

– Em caso de extravio, roubo ou outra situação em que o funcionário não possa usar os EPI’s relacionados p/ a sua atividade, este deverá comunicar imediatamente ao setor de segurança ou à gerência da fábrica, p/ que sejam tomadas as devidas providencias.

– É expressamente proibida a permanência dentro dos setores de produção ou a execução dos trabalhos sem que o funcionário esteja devidamente equipado.

– Somente o setor de Segurança do Trabalho ou a Chefia da Fábrica estão autorizados a liberar ou não o trabalho sem o uso dos equipamentos de proteção. É expressamente proibido aos funcionários determinar ou divulgar que o uso de determinado EPI não é mais necessário, sob pena de advertências ou suspensão disciplinar.

– Os funcionários não poderão circular pelas dependências da fábrica sem estarem usando os equipamentos de uso geral (protetor auditivo, capacete, sapato de segurança, uniforme).

– Em caso de acidente no local de trabalho, mesmo que o seja sem gravidade, o fato deverá ser comunicado ao chefe do setor ou aos supervisores determinados por ele imediatamente, para emissão da Comunicação de Acidente de Trabalho e demais providências necessárias. Não omitir ou deixar de informar essas ocorrências.

Ordem de Serviço em Segurança do Trabalho

Recomendações Gerais de Segurança:

– Não executar serviços que exponham ao risco de acidentes ou de ocasionar doenças, sem estar devidamente equipado com todos os EPI’s necessários para a execução de seus serviços.

– Nos locais de trabalho é proibido levar, guardar ou portar arma branca ou de fogo.

– Não trabalhar vestindo calção ou bermuda, chinelos ou sem camisa.

– Não consumir bebidas alcoólicas antes de ir trabalhar. Não correr ou fazer brincadeiras nos locais de trabalho.

– Cumprir com as normas de segurança p/ o trabalho com as máquinas, respeitando as placas de sinalização e avisos.

Nunca aproximar as mãos de correntes ou engrenagens da máquina quando estas estiverem em funcionamento, principalmente se estiverem travadas por algum objeto ou material, podendo voltar a funcionar a qualquer momento.

– Sempre que for necessário, desligar o equipamento antes de executar qualquer serviço de manutenção, limpeza ou desobstrução de suas partes móveis. Nunca executar serviços de manutenção ou limpeza com as máquinas ligadas.

– Evitar transitar com cargas suspensas em altura elevada nos garfos da empilhadeira. Quando a máquina estiver parada, baixar a carga até o chão, apoiando os garfos no piso e evitando deixar cargas suspensas.

– Manter os acessos aos extintores e caixas de hidrantes desobstruídos, livres de estrados ou pacotes de madeira.

− Não fumar no local de trabalho, nem durante a limpeza ou o abastecimento do equipamento.

– Zelar pela conservação e limpeza do seu local de trabalho, banheiros e vestiários.

– Não dar carona nas empilhadeiras para outros funcionários, para evitar o risco de acidentes.

– É expressamente proibida a execução de manobras arriscadas com o equipamento como “cavalinhos”, rodopios, derrapagens, tráfego com excesso de velocidade e outras manobras que possam comprometer a segurança do operador ou de outras pessoas próximas aos locais de circulação da empilhadeira.

Fundamentação Legal:

O disposto na presente Ordem de Serviço está de acordo com o que determina os itens 1.7 e 1.8 da NR 1, da Portaria nº 3.214 do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, bem como os Artigos 157 e 158 da CLT.

Observações Finais:

Em caso de dúvida com relação à presente Ordem de Serviço, o funcionário deverá solicitar esclarecimentos ao Gerente da Fábrica, não sendo aceitas desculpas como esquecimento ou desconhecimento das normas se segurança, para o não cumprimento das recomendações expostas.

Caso o funcionário deseje apresentar sugestões para melhorar a eficiência, aperfeiçoar ou corrigir esta Ordem de Serviço, poderá fazê-lo através de sugestões ao setor de segurança do trabalho da empresa ou à chefia da fábrica.

DECLARAÇÃO

Declaro que recebi da empresa xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx, a 2ª Via deste documento com as orientações que fazem parte do mesmo, relativas ao fornecimento e uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), estando ciente de que a empresa fornecerá todos os equipamentos de proteção que forem necessários para a execução de minhas atividades, comprometendo-me a usá-los e a seguir todas as normas e procedimentos relacionados com a proteção pessoal que me forem determinadas pelo setor de Segurança do Trabalho da empresa.

Curitibanos, _____/_____/_____.

Nome Func: ________________________________________________

Ass.: ______________________________________________________

__________________________

Nome da Empresa

Endereço e CNPJ

Carlos Cesar Antunes. Tecnólogo e Técnico em Segurança do Trabalho, DNSST/MTE 47/01276-8. Técnico em Enfermagem, COREN/SC 297016. Contato: Fone (49) 8402-9554, E-mail: cesar_a@ibest.com.br.

Comentários