Ordem de Serviço

Ordem de Serviço

Pág. 3 de 2

Nome da Empresa

CNPJ/MF: xxxxxxxxxxxxxxx − Inscrição Estadual: xxxxxxxxxxxx

Endereço

Ordem de Serviço em Segurança do Trabalho

Setor

 Manutenção

Cargo:

 Soldador

Descrição das Atividades:

– Executar, com as técnicas requeridas para cada tipo de serviço ou material utilizado, serviços de solda oxiacetilênica, elétrica ou do tipo MIG em máquinas, equipamentos, estruturas metálicas, tubulações, estruturas internas de máquinas de grande porte e em outros locais em que sejam necessários.

– Fazer a limpeza das peças ou estruturas que serão soldadas com escova de aço ou lixadeira manual, fazendo o desbaste ou corte com a lixadeira das partes danificadas (quebradas ou trincadas) para facilitar o preenchimento com solda. Fazer o corte com maçarico de acetileno de chapas, tubos ou cantoneiras metálicas usadas nos serviços de soldagem, ou partes das peças danificadas das máquinas.

– Executar a montagem e soldagem de estruturas metálicas diversas (mesas, escadas, corrimões, suportes, cavaletes etc.). Fazer a limpeza das estruturas montadas, batendo com martelo para retirada de casquilhos ou borras de solda, lixando para remoção de arestas cortantes ou rebarbas. Executar outros serviços correlatos.

Riscos Identificados nestas Atividades:

  • Exposição ao ruído produzido pela lixadeira manual e outra máquinas nos locais de produção. Risco de lesões nos olhos ou na pele devido à exposição às radiações não ionizantes produzidas durante os serviços de solda (ultravioleta e infravermelho).

  • Exposição aos fumos metálicos produzidos durante os serviços de solda. Exposição às poeiras produzidas durante o trabalho c/ lixadeira manual. Contato com óleo ou graxa ao executar serviços em máquinas ou equipamentos na fábrica.

  • Risco de acidentes causados pelas fagulhas da lixadeira ou do maçarico de acetileno. Risco de queimaduras causadas por arco elétrico durante a soldagem, pelo contato com peças de metal aquecidas ou pelas chamas do maçarico. Risco de queda ao executar serviços em altura. Risco de contusões, escoriações ou cortes, ao manusear e montar estruturas pesadas ou com arestas cortantes. Risco de lesões nos olhos devido às radiações produzidas durante os serviços de solda.

Equipamentos de Proteção p/ a Atividade:

1) Protetor Auditivo Tipo Plug ou Tipo Concha.

2) Uniforme (macacão ou calça e camisa).

3) Sapato de segurança.

4) Luvas de Vaqueta ou Creme Protetor tipo 3.

5) Máscara para Poeiras e Névoas Tipo PFF2

6) Óculos de Proteção Incolor.

7) Óculos de Proteção Escuro (Tonalidade 6)

8) Cinto de Segurança tipo Pára-quedista.

9) Máscara de soldador, touca de soldador (boné árabe), luvas de raspa c/ manga longa, perneira de raspa, avental ou jaqueta de raspa.

Quando devem Ser Utilizados os EPI’s

1) Sempre que utilizar lixadeira manual ou executar serviços na fábrica.

2) Sempre que estiver trabalhando na empresa.

3) Sempre que estiver trabalhando na empresa.

4) Sempre que entrar em contato c/ óleo ou graxa ao executar seus serviços.

5) Quando trabalhar exposto a poeiras, ou com lixadeira por tempo prolongado.

6) Quando trabalhar com lixadeira manual.

7) Quando trabalhar com maçarico de oxiacetileno.

8) Quando executar serviços em altura.

9) Sempre que estiver executando os serviços de soldagem..

Nota: O funcionário fica responsável pela guarda, conservação e substituição dos seus EPI’s. Quando os equipamentos de proteção não estiverem mais em condições de uso, ele deverá procurar o setor responsável pela entrega, devolvendo os EPI’s usados e solicitando a substituição.

Recomendações de Segurança Quanto aos Equipamentos de Proteção:

 A Empresa fornecerá gratuitamente ao funcionário os Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), necessários para a execução dos seus serviços.

 O uso dos equipamentos de proteção por parte do funcionário é obrigatório sempre que este estiver exposto aos riscos identificados nos seus locais de trabalho. Caso o mesmo venha a se recusar a usá-los, estará sujeito a punições disciplinares.

 O funcionário fica responsável pela guarda, conservação e uso dos EPI’s somente para as finalidades a que se destinam.

 Quando o equipamento não estiver mais em condições de uso, o funcionário deverá se dirigir ao setor responsável pela entrega, fazendo a devolução dos EPI’s usados e solicitando um novo.

– Em caso de extravio, roubo ou outra situação em que o funcionário não possa usar os EPI’s relacionados p/ a sua atividade, este deverá comunicar imediatamente ao setor de segurança ou à gerência da fábrica, p/ que sejam tomadas as devidas providencias.

– É expressamente proibida a permanência dentro dos setores de produção ou a execução dos trabalhos sem que o funcionário esteja devidamente equipado.

– Somente o setor de Segurança do Trabalho ou a Chefia da Fábrica estão autorizados a liberar ou não o trabalho sem o uso dos equipamentos de proteção. É expressamente proibido aos funcionários divulgar que o uso de determinado EPI não é mais necessário, sob pena de advertências ou suspensão disciplinar.

– O funcionário não poderá circular pelas dependências da fábrica sem estar usando os equipamentos de uso geral (protetor auditivo, capacete, sapato de segurança).

Ordem de Serviço em Segurança do Trabalho

Recomendações Gerais de Segurança:

– Não executar serviços que exponham ao risco de acidentes ou de ocasionar doenças, sem estar devidamente equipado com todos os EPI’s necessários para a execução de seus serviços.

– Nos locais de trabalho é proibido levar, guardar ou portar arma branca ou de fogo; trabalhar vestindo calção ou bermuda, chinelos ou sem camisa; consumir bebidas alcoólicas; correr ou fazer brincadeiras que possam gerar distrações ou acidentes.

– Cumprir com as normas de segurança p/ o trabalho com as máquinas, respeitando as placas de sinalização e avisos.

Nunca aproximar as mãos de correntes ou engrenagens da máquina quando estas estiverem em funcionamento, principalmente se estiverem travadas por algum objeto ou material, podendo voltar a funcionar a qualquer momento.

– Sempre que for necessário, desligar o equipamento antes de executar qualquer serviço de manutenção, limpeza ou desobstrução de suas partes móveis. Nunca executar serviços de manutenção ou limpeza com as máquinas ligadas.

– Não transitar pelas dependências da empresa sem estar utilizando os equipamentos de proteção de uso geral no setor (protetor auditivo, uniforme, calçado de proteção).

– Manter os acessos aos extintores e caixas de hidrantes desobstruídos, livres de estrados ou outros materiais.

− Não fumar no local de trabalho.

– Zelar pela conservação e limpeza do seu local de trabalho, banheiros e vestiários.

– Usar as ferramentas manuais adequadas, utilizando os EPI’s e mantendo as ferramentas em boas condições de funcionamento.

– Ligar máquinas e equipamentos de solda por intermédio de conjunto plug e tomada devidamente aterrados. Nunca improvisar “gatos” ou conexões colocando somente as pontas dos fios nas tomadas.

– Executar os serviços de solda com o máximo de atenção, para não cortar tubulações elétricas, as mangueiras de gás do maçarico, as tiras do cinto de segurança ou criar outras situações que possam ocasionar acidentes,

– Verificar periodicamente as condições de cabos, tomadas, pinças, as mangueiras de gás e as condições de funcionamento e de conservação dos cilindros de gás e dos equipamentos de solda elétrica ou MIG.

– Em caso de acidente no local de trabalho, mesmo que o seja sem gravidade, o fato deverá ser comunicado ao chefe do setor ou aos supervisores determinados por ele imediatamente, para emissão da Comunicação de Acidente de Trabalho e demais providências necessárias. Não omitir ou deixar de informar ocorrências dessa natureza.

Fundamentação Legal:

O disposto na presente Ordem de Serviço está de acordo com o que determina os itens 1.7 e 1.8 da NR 1, da Portaria nº 3.214 do Ministério do Trabalho e Emprego – MTE, bem como os Artigos 157 e 158 da CLT.

Observações Finais:

Em caso de dúvida com relação à presente Ordem de Serviço, o funcionário deverá solicitar esclarecimentos ao Gerente da Fábrica, não sendo aceitas desculpas como esquecimento ou desconhecimento das normas se segurança, para o não cumprimento das recomendações expostas.

Caso o funcionário deseje apresentar sugestões para melhorar a eficiência, aperfeiçoar ou corrigir esta Ordem de Serviço, poderá fazê-lo através de sugestões ao setor de segurança do trabalho da empresa ou à chefia da fábrica.

DECLARAÇÃO

Declaro que recebi da empresa xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx, a 2ª Via deste documento com as orientações que fazem parte do mesmo, relativas ao fornecimento e uso dos Equipamentos de Proteção Individual (EPI’s), estando ciente de que a empresa fornecerá todos os equipamentos de proteção que forem necessários para a execução de minhas atividades, comprometendo-me a usá-los e a seguir todas as normas e procedimentos relacionados com a proteção pessoal que me forem determinadas pelo setor de Segurança do Trabalho da empresa.

Curitibanos, _____/_____/_____.

Nome Func: ________________________________________________

Ass.: ______________________________________________________

__________________________

Nome da Empresa

Endereço e CNPJ

Carlos Cesar Antunes. Tecnólogo e Técnico em Segurança do Trabalho, DNSST/MTE 47/01276-8. Técnico em Enfermagem, COREN/SC 297016. Contato: Fone (49) 8402-9554, E-mail: cesar_a@ibest.com.br.

Comentários