Geologia rochas 3

Geologia rochas 3

(Parte 1 de 2)

LOCALIZAÇÃO E UTILIZAÇÃO/ APLICAÇÃO DE ROCHAS SEDIMENTARES (3)

Diatomitos Rio Maior - Óbidos Inerte para fabrico de dinamite, filtrante para ácidos e bases, abrasivo para polir/desgastar superfícies

Sílex Algarve Instrumento de corte, material de ignição e rocha ornamental Rochas siliciosas

Jaspe Baixo Alentejo (Mina S.

Domingos) Rocha ornamental

Laterito Baixo Alentejo (Mina S. Domingos)

Bauxite exemplo: Moçambique

Rochas aluminoferruginosas

Hematite Moncorvo

Minérios de ferro e alumínio

Gesso Fabrico de cimento, cal, utilizado na indústria química Rochas evaporiticas Halite

Caldas da Rainha, Loulé Rio Maior, Sesimbra, Albufeira, Óbidos Indústria química e alimentar

Rochas fosfatadas Guano Cavernas Adubos e indústria química

Turfa Santarém Lignito Rio maior

Rochas não detriticas

Rochas carbonáceas Hulha S. Pedro da Cova e Pejão (bacia carbonífera do Douro)

Combustíveis

Orla Ocidental (predomínio de rochas sedimentares)

Zona Sul Portuguesa (predomínio de rochas metamórficas foliadas)

Orla Algarvia (predomínio de rochas sedimentares)

Zona de Ossa Morena (rochas ígneas e metamórficas)

Terrenos Alóctones (rochas metamórficas)

Zona Centro Ibérica (rochas ígneas e metamórficas

Monchique

Porto Marão

Celorico de Basto

SintraLisboa Berlenga

Guarda

Castelo Branco Serra da Estrela

Évora

Mourão Beja

Sta. Eulália

Portalegre ArronchesAlter do Chão

Sines Elvas

Monção Nazaré

Ilhas dos Açores e da Madeira

Arouca

Valongo Marão

V. N. Foz Coa

Sintra Pero Pinheiro

Tábua

Semide (Coimbra)

Viana do Alentejo Mourão

Beja

Mértola

Campo Maior

Marvão

Arronches Assumar

V. V. Rodão

V. Viçosa BorbaEstremoz

(Parte 1 de 2)

Comentários