Bioquímica - Relatório - Carboidratos

Bioquímica - Relatório - Carboidratos

ASSOCIAÇAO PIRIPIRIENSE DE ENSINO SUPERIOR - APES

CHRISTUS FACULDADE DO PIAUÍ - CHRISFAPI

CURSO: BACHARELADO EM FISIOTERAPIA PERÍODO: 1º

DISCIPLINA: BIOQUÍMICA TURMA: B

PROFESSORA: MARIA AUXILIADORA MENDES LIBERAL DE BRITO

IDENTIFICAÇÃO DE CARBOIDRATOS

CINTIA REJANE DOS SANTOS

CINTHYA FONTINELE MELO

ROGÉRIO MOREIRA JÚNIOR

PIRIPIRI

2011

  1. Resumo

A atividade subdividiu-se em dois procedimentos, sendo que a diferença entre eles foi que no primeiro se utilizou o Reagente de Molich e no segundo o Reagente de Benedict. No primeiro identificou-se a presença ou ausência de carboidratos em 6 amostras de substâncias diferentes, utilizando 0,5ml do Reagente de Molich e observando seus resultados. Verificou-se que das 6 amostras, 4 apresentam carboidratos. Algumas das substâncias estavam no estado sólido (pó), havendo a necessidade de adicionar 1,5ml de água destilada, para que todas ficassem no estado liquido e com mesmo volume, são elas: amido e aspartame. As demais substâncias estavam no estado líquido. No segundo identificou-se se outras 6 substâncias eram aldoses ou cetoses, adicionando-se 2ml do Reagente de Benedict, aquecendo-as e observando os resultados, destas, 4 são aldoses.

Sumário

Introdução......................................................................................................4

Parte Experimental.........................................................................................5

Resultados e Discussões................................................................................7

Conclusão......................................................................................................9

Referências Bibliográficas.............................................................................10

  1. Introdução

Os monossacarídeos mais importantes são os formados por cinco ou seis átomos de carbono (pentoses e hexoses, respectivamente). Por serem moléculas muito ricas em grupamentos hidroxila (-OH), os monossacarídeos podem ser facilmente desidratados por ação de ácidos fortes concentrados, como o ácido sulfúrico (H2SO4). O ácido rompe facilmente as ligações glicosídicas presentes em moléculas de polissacarídeos, quebrando-os e fornecendo seus monossacarídeos. Esses, por sua vez, são desidratados e podemos ter como produto: o furfural, quando o monossacarídeo desidratado for uma pentose, e o hidroximetilfurfural (HMF), quando for uma hexose. Tanto o furfural quanto o HMF são substâncias incolores, impedindo que a reação seja visualizada. Para resolver esse problema, adiciona-se um composto fenólico ao meio (alfa-naftol, conhecido como reativo de Molisch). O fenol reage como os produtos incolores, e provoca o aparecimento de um anel de coloração violeta.

O reagente de Benedict, (também chamado de gayder) vendido em farmácias de manipulação, é usado geralmente no lugar da solução de Fehling para detectar excesso de açúcar na urina e diagnosticar uma possível diabetes. Aponta açúcares redutores, nos quais se incluem glicose, galactose, lactose, maltose e manose. Consiste basicamente de uma solução de sulfato cúprico em meio alcalino, e pode ser preparado através do carbonato de sódio, citrato de sódio e sulfato cúprico.

A coloração inicial do reagente de Benedict é azul. Em presença de um agente redutor, após o aquecimento tem-se o aparecimento de coloração castanha opaca e/ou precipitado da mesma coloração. Esse fenômeno é justificado pela seguinte reação:

Cu2+(aq) +4OH–(aq) + RCHO(aq)  RCOOH(aq) + Cu2O(s) + 2H2O(l)

4

  1. Parte Experimental

  1. Materiais

  • Pipeta volumétrica de 5 ml

  • Capela

  • Tubos de ensaio

  • Tripé

  • Tela de amianto

  • Suporte para tubo de ensaio

  • Pinça de madeira

  • Bico de bunsen

  • Béquer

  • Suporte universal

  • Pêra de borracha

  • Bastão de vidro

  • Seringa

  1. Reagentes/Material Biológico

  • Água

  • Glicose

  • Frutose

  • Amido

  • Aspartame

  • Sacarose

  • Gelatina

  • G

    5

    uaraná

  • Suco light

  • Suco diet

  1. Procedimentos

Experimento 1:

  1. Colocou-se com o auxílio de uma pipeta e uma pêra, 1,5 ml de água em um tubo de ensaio.

  2. Adicionou-se 0,5 ml do Reagente de Molich.

  3. Adicionou-se 2ml de H2SO4, com o auxílio de uma capela para maior proteção.

  4. Realizou-se os procedimentos de 1 a 3 com as substâncias: glicose, frutose, amido, aspartame e sacarose.

  5. Observaram-se as alterações nas colorações e anotaram-se os resultados.

Experimento 2:

  1. Colocou-se com o auxílio de uma pipeta e uma pêra, 2 ml de glicose em um tubo de ensaio.

  2. Adicionou-se 2 ml do Reagente de Benedict.

  3. Aqueceu-se por aproximadamente 4 minutos.

  4. Realizou-se os procedimentos de 1 a 3 com as substâncias: frutose, gelatina, guaraná, suco diet e suco light.

  5. Observaram-se as alterações nas colorações e anotaram-se os resultados.

6

  1. Resultados e Discussões

No primeiro experimento, no qual foi adicionado 0,5 ml do reagente de Molich e 2 ml de H2SO4,confirmou-se a presença de carboidratos em 4 das seis substâncias, como pode se observar na tabela 1, após segundos todas as substâncias adquiriram coloração preta.

Amostras

Resultados

Água

-

Glicose

+

Frutose

+

Amido

+

Aspartame

-

Sacarose

+

Tab. 1 Identificação dos carboidratos

Já no segundo experimento, identificaram-se em outras substâncias quais eram aldoses e quais eram cetoses, a partir da mudança de coloração obtida após o aquecimento das amostras na presença do reagente Benedict. As substâncias que adquiriram a coloração vermelha ou amarela classificam-se como aldoses, e as que não apresentaram alterações, classificaram-se como cetoses, permanecendo na cor do reagente (azul). Dentre as 6 substâncias analisadas, somente a gelatina permaneceu azul, indicando ser uma Cetose.

Na substância frutose, não foi possível obter o resultado esperado devido à contaminação do tubo de ensaio. Os resultados obtidos podem ser observados na tabela e na figura abaixo:

Substâncias

Coloração antes do aquecimento

Coloração após o aquecimento

Guaraná

Verde

Vermelho

Gelatina

Azul

Azul

Glicose

Azul

Vermelho

Suco Light

Marron

Vermelho

Suco Diet

Verde

Amarelo

Frutose

Azul

Vermelho

Tab.2 Identificação de aldoses e cetoses.

7

Fig. 1 Resultado das aldoses e cetoses

8

  1. Conclusão

Concluiu-se que para identificar se as substâncias são carboidratos pode-se utilizar o reagente de Molich na presença de ácido sufúrico pois o mesmo muda a coloração das substâcias, confirmado a presença de açúcar. No segundo experimento pode-se concluir que o reagente de Benedict altera a coloração das aldoses, deixando-as com um tom amarelado ou avermelhado.

9

  1. Referências bibliográficas

  • MARZZOCO, Anita., TORRES, Bayardo Baptista., Bioquímica Básica, 2ªed., Rio de Janeiro, 1999.

  • CISTERNAS, J.R.; VARGA, J. e MONTE, O. Fundamentos de Bioquímica Experimental. 2ª ed. São Paulo: Editora Atheneu, 2001.

  • http://www.fcfar.unesp.br/alimentos/bioquimica/praticas_ch/molisch.htm

10

Comentários