INTRODUO Sistemas Deposicionai

INTRODUO Sistemas Deposicionai

(Parte 1 de 3)

Prof. Dr. Antônio Jorge Vasconcelos Garcia Aracaju –SE, 2008-2011

GEOLÓGICO Nuno Pimentel (NP), Ana Nowatzki(AN)

I. Introdução:

Bacias, sistemas deposicionaise registro geológico. Conceitos de sedimentação física

I. Sistemas Áridos: eólicos e aluviais

I. Sistemas Fluviais

IV. Sistemas transicionais: deltas e estuários

V. Sistemas Turbidíticos

VI. Sistemas costeiros: A) praias e ilhas-barreira ; B) Platafor mas carbonáticas

1. BACIAS SEDIMENTARES http:// w w w.earthsci.uni melb.edu.au/excursions/i mages/geo mod_500.jpg

A BACIA CLÁSSICA -O esquema da bacia de abertura oceânica http:// w w w.geosci.usyd.edu.au/users/prey/Teaching/Geol-1002/HT ML.Lect6/OceanRift.jpg http://dark wing.uoregon.edu/~rdorsey/Basin.GIF2 http:// w w w.igeoss.co m/igeoss_internet/prod ucts/i mages/dynel2d.jpg

Co mpacção mecânica

Diagénese quí mica Maturação térmica

2. SISTEMAS DEPOSICIONAIS http://faculty. weber.edu/bdattilo/fossils/figs/facies_depoenviron.gif

O preenchimento sedimentar das bacias éfeito por materiais acumulados em determinados

Ambientes deposicionais, os quais geram os respectivos Sistemas Deposicionais.

http:// w w w.uh.edu/~jbutler/physical/transreg.gif

NUM ESQUEMA SIMPLISTA, DE ENSINO MÉDIO, OS SEDIMENTOS TERRÍGENOS SÃO CONTINENTAIS OU COSTEIROS (diminuindo de granularidade com o afastamento àcosta...) E OS SEDIMENTOS CARBONÁTICOS SÃO MARINHOS, OU SEJA, DE MAR ABERTO E MAIS OU MENOS PROFUNDO.

http:// w w w.geoco mplexity.co m/Clastic_depo_syste ms.jpg

3. O REGISTRO GEOLÓGICO http://www.uwgb.edu/dutchs/GRAPHIC0/ROCKMIN/SedRocks/SedFacies.gif http:// w w w.bdrg.esci.keele.ac.uk/np mresearch.ht m http:// w w w.abdn.ac.uk/~g mi436/conference/i mages/Presentation1.jpg

Os sistemas deposicionaissão dinâmicos, e por isso tendem a mudar, a evoluír, no espaço e no tempo...

http://esp.cr.usgs.gov/info/kt/fig3.gif http:// w w w.s mnggeophysics.co m/I m ages/Interpretation.gif

4. FÁCIES, AMBIENTES E SISTEMAS DEPOSICIONAIS

Fácies ? Ambiente ? Sistema ?

•Interpretativo, priorizando o sentido genético: •Descritivo, definindo objetivamente um produto sedimentar:

Ex: fácies desérticas, fácies marinhas,fácies fluviais

(2) referindo-se ao ambiente onde a rocha ou o conjunto de rochas se formou

Ex: fácies turbidíticas,fácies eólicas, fácies lacustres

Ex: fácies de arenitos tabulares com estratificações cruzadas

(1) referindo-se ao processo que gerou a rocha

Fácies

Associação de rochas sedimentares com características específicas, que as distingue das demais. Termo utilizado com significados diversos:

Usa-se este termo, quando as fácies são definidas com base na características físicas das rochas.

Critérios de individualização:

•Geometria; Textura; Estruturas sedimentares; Paleocorrentes; Fósseis

Litofácies

Ex: fácies de arenitos arcósicos micro- conglo meráticos maciços a planares

Associações de (Lito)Fácies

São conjuntos de (Lito)fácies que ocorrem juntas, ou associadas, sendo consideradas como geneticamente relacionadas, ou pertencentes a um mesmo Ambiente.

Ambiente de Sedimenta Ambiente de Sedimentaçç ão ão

R egião egião da superf da superfíí cie do planeta onde as cie do planeta onde as condi condiçç ões f ões fíí sicas, qu sicas, quíí micas e biol micas e biolóó gicas são gicas são diferentes das condi diferentes das condiçç ões dominantes em ões dominantes em á reas reas adjacentes. adjacentes.

Ex: desertos, deltas, planícies abissais

Os parâmetros Os parâmetrosque definem um ambiente de sedimentação incluem fauna, flora, geologia, clima e, se subaquático, profundidade, temperatura, química e sistema de correntes da água.

Ambientes modernos de sedimenta Ambientes modernos de sedimentaçç ão ãosão áreas onde ocorrem erosão, equilíbrio e deposição.

Ambiente Deposicional

Tipo particular de ambiente no qual ocorre Tipo particular de ambiente no qual ocorre sedi me nta sedi me ntaçç ão ão durante determinado per durante determinado períí odo de odo de te mpo. te mpo.

O produto de um ambiente éa

"fácies sedi mentar".

Sistema Sistema

Deposicional

(Parte 1 de 3)

Comentários