Exames Hematológicos Básicos e Classificação das Anemias

Exames Hematológicos Básicos e Classificação das Anemias

Exames Hematológicos Básicos e Classificação das Anemias

  • Marcelo Alexandro Matos

4 cadeias de globina + 4 cadeias heme ligadas a um átomo de ferro

  • 4 cadeias de globina + 4 cadeias heme ligadas a um átomo de ferro

  • Transporta oxigênio

  • ♀ 12-16g/100ml e ♂ 14-18g/100ml.

  • Recém nascido alta, caindo em dois ou três meses de vida e aumentando entre um e cinco anos atingindo na puberdade os valores adultos.

AUMENTO

  • AUMENTO

  • Contagem elevada de leucócitos

  • Fumantes inveterados

  • Desidratação

Fornece de modo indireto a quantidade Hb

  • Fornece de modo indireto a quantidade Hb

  • Automação reduz erro analítico.

  • ♂ 4,5-6,0 milhões/mm3 ♀ 4,0-5,5. milhões/mm3.

Comparação de eritrócitos com sangue total.

  • Comparação de eritrócitos com sangue total.

  • Depende do número e tamanho dos eritrócitos.

  • ♀ 37-47% ♂ 40-54%

  • Hb x 3 = Hct

  • Eritrócitos(milhões) x 3 = Hb

  • Eritrócitos(milhões) x 9 = Hct

Utiliza o efeito do tamanho médio dos eritrócitos sobre o Htc.

  • Utiliza o efeito do tamanho médio dos eritrócitos sobre o Htc.

  • VCM = Htc/eritrócitos(milhões)

  • Normal 80-90 fl

Deficiencia de Folato ou Vitamina B12

  • Deficiencia de Folato ou Vitamina B12

  • Hepatopatia Crônica

  • Alcoolismo

  • Reticulocitose

  • Recém Nascido é normal

  • Hipotiroidismo

  • Alguns doentes renais crônicos

  • Artefato

Quantidade de Hb em média de eritrócito.

  • Quantidade de Hb em média de eritrócito.

  • 26-34 pg

  • Influenciada pelo tamanho do eritócito, e pela concentração de Hb.

Concentração média de Hemoglobina no Eritrócito.

  • Concentração média de Hemoglobina no Eritrócito.

  • Depende da quantidade de HB e do volume do eritócito.

  • CHCM = Hb/Htc

  • 31-37%

Aumentada

  • Aumentada

  • Esferocitose

  • Hemólise intravascular

  • Lipemia grave

  • Fumantes inveterados

Separar eritrócitos de tamanhos diferentes e agrupá-los de acordo com o tamanho.

  • Separar eritrócitos de tamanhos diferentes e agrupá-los de acordo com o tamanho.

  • Indíce de anisocitose.

  • Sempre elevado.

  • Pode elevar-se antes do VCM mudar.

Hipocromia:

  • Hipocromia:

  • Aumento da parte central do eritrócitos.

  • Sugere deficiência de ferro.

Microcitose:

  • Microcitose:

  • Eritrócitos com VCM diminuido.

  • Microcitose com hipocromia sugere diferencial entre deficiência de ferro x talassemia menor x doenças crônicas.

Macrocitose:

  • Macrocitose:

  • Quando em número significativos sugerem dignóstico de anemia megaloblástica e outras etiologias que aumentam VCM.

  • Em pequeno número sugerem reticulocitose.

Esferocitose:

  • Esferocitose:

  • Espécie de micrócito.

  • Carecem de palidez central.

Policromatofilia:

  • Policromatofilia:

    • São reticulócitos;
    • Sugerem hiperprodução de eritrócitos;

Esquisocitose:

  • Esquisocitose:

  • Eritrócito deformado ou fragmentado;

  • Sinônimos: acantócitos, cél. espinhosas, cél. em capacete.

Grandes Números:

  • Grandes Números:

  • Coagulação intrav. disseminada;

  • Sind. hemolítico urêmica;

  • Purpúra trombocitopênica;

  • Válvulas cardíacas;

  • Queimaduras;

  • Abetalipoproteinemia.

Acantócitos:

  • Acantócitos:

  • Subgrupo de esquisócitos;

  • Aumentados na abetalipoproteinemia hereditária;

  • Moderadamente nas hepatopatias e anorexia nervosa.

Equinócitos:

  • Equinócitos:

  • Tamanho normal;

  • Forma de engrenagens;

  • Números maiores é artefato;

  • Números menores: hepatopatia, hiperlipdemia, doença renal, ezimopatias.

Degmácitos:

  • Degmácitos:

  • Eritrócitos com defeito semicircular;

  • Sugestivo de anemia hemolitica devido a agente antioxidante.

  • Podem apresentar corpusculos de Heinz

Células Falciformes:

  • Células Falciformes:

  • Presentes nas anemias falciformes;

  • Na doença da hemoglobinopatia SC;

  • Eritrócitos em forma de foice.

Eliptócitos:

  • Eliptócitos:

  • Eritrócitos ovais;

  • Eliptocitose congênita;

  • Em pequenas quantidades são normais.

Células em Alvo (Target Cell):

  • Células em Alvo (Target Cell):

  • Consiste em um anel periférico e um disco central de hemoglobina:

  • Grandes numeros em HbC;

  • Hepatopatias crônicas;

  • Talassemias.

Células em Lágrima (Dacriócitos):

  • Células em Lágrima (Dacriócitos):

  • Assemelha-se a um ertrócito em que um dos lados foi retirado, e ficou pontiagudo e o oposto arredondado;

  • Intimamente associados a meteplasias mielóide;

  • Leucemia mielocítica crônica.

Estomatócitos:

  • Estomatócitos:

  • Palidez central retangular;

  • Estomatocitose hereditária;

  • Induzida por Drogas.

Rouleaux:

  • Rouleaux:

      • Eritrócitos que aderem uns aos outros;
      • Palidez central geralmente ausente;
      • Sugerem aparecimento de proteínas séricas anormais;
      • Proteínas monoclonais do mieloma múltiplo.

Pontilhado Basófilo:

  • Pontilhado Basófilo:

    • Pequenas estruturas azul-escuras;
    • Espalhadas na área hemoglobinizada;
    • Remanescente nucleares;
    • Associado com intoxicação por chumbo.

Corpúsculos de Howell-Jolly:

  • Corpúsculos de Howell-Jolly:

    • Pontos azul-escuros maiores que pontilhado basófilo;
    • Geralmente um por eritrócito;
    • Anemias hemolíticas graves e esplenectomia.

Corpúsculos de Pappenheimer:

  • Corpúsculos de Pappenheimer:

    • Granulações escuras;
    • Ocorrem em pequenos números;
    • Grânulos de Hemossiderina;
    • Anemias sideroblásticas, hemolítica grave e esplenectomia.

Corpúsculos de Heinz:

  • Corpúsculos de Heinz:

    • Coloração especial com pré tratamento de fenil-hidrazina;
    • Defeitos enzimáticos dos eritrócitos;
    • Pequenas estruturas dispersas, de tamanhos variáveis.

Posição entre eritroblasto na medula e eritrócito maduro;

  • Posição entre eritroblasto na medula e eritrócito maduro;

  • Remanescentes de microssomos e ribossomos (pontilhado basófilo);

  • Azul de cresil;

  • Cor azul escura, formas lineares curtas, finas irregulares, dispostas em agregados frouxos ou em retículos.

Aumento significa hiperprodução de eritrócitos;

  • Aumento significa hiperprodução de eritrócitos;

  • Pode-se observar eritroblastos no sangue periférico;

  • Maiores que eritrócitos normais;

  • Policromatolfilia (Writht);

  • 0,5-1,5%;

Anemia hemolítica, crônica ou aguda;

  • Anemia hemolítica, crônica ou aguda;

  • Sangramento agudo;

  • Após tratamento da deficiência de vitamina B12/folato/ferro.

Podem ser manuais ou em contadores automáticos;

  • Podem ser manuais ou em contadores automáticos;

  • 5.000-10.000/mm3.

Manual apresenta um erro de 10 a 20%;

  • Manual apresenta um erro de 10 a 20%;

  • Automatizado mais seguro;

  • 150.000 a 400.000/mm3.

Concentração baixa de Hb e Eritrócitos;

  • Concentração baixa de Hb e Eritrócitos;

  • Precisa sempre ser considerada a pseudo-anemia;

  • É seguro que se recolete a amostra p/ confirmação de resultados anêmicos;

  • Importante relação entre anticoagulante e sangue total.

Hiperhidratação ou reidratação de paciente desidratado;

  • Hiperhidratação ou reidratação de paciente desidratado;

  • Amostra adquirida na linha de administração de líquido intravenoso;

  • Retenção de líquido;

  • Gravidez;

  • Hipoalbunemia;

  • Mudança de postura;

  • Variação laboratorial ou erro laboratorial.

Anemias por deficiências de fatores (ferro, vitamina B12 e folato)

  • Anemias por deficiências de fatores (ferro, vitamina B12 e folato)

  • Anemia por defeito de produção:

    • Substituição da medula por fibrose ou neoplasia;
    • Hipoplasia de medula (subst. químicas);
    • Supressão da produção ou liberação devido a doenças sistêmicas.

Anemia por depleção:

  • Anemia por depleção:

    • Hemorragia;
    • Anemia hemolítica;
    • Hiperesplenismo.

Microcítica

  • Microcítica

    • Hipocrômica
      • Deficiência crônica de ferro
      • Talassemia
      • Doenças sistêmicas crônicas

Normocítica:

  • Normocítica:

    • Hipocrômica:
      • Doenças sistêmicas
      • Intoxicação por Pb

Macrocítica:

  • Macrocítica:

    • Hipocrômica:
      • Deficiência de ferro superposta

Não é um diagnóstico

  • Não é um diagnóstico

  • Sintoma de alguma doença de base

  • História clínica

  • Exames físicos

  • Exames laboratoriais coerentes

  • Cuidar com hemodiluição

  • Observar na extensão sanguínea a morfologia dos eritrócitos

Eritrócitos microcíticos diminui a possibilidade de perda crônica de sangue.

  • Eritrócitos microcíticos diminui a possibilidade de perda crônica de sangue.

  • Eritrócito macrocítico grande possibilidade de anemia megaloblástica ou reticulocitose (perda sanguínea).

  • Eritrócitos microciticos exclui-se anemia megaloblástica em pacientes com macro.

  • Reticulocitose aumentada: perda aguda de sangue e/ou anemia hemolitica.

Anemia normocítica e normocrômica sem reticulocitose com leucopenia e/ou trombocitopenia incluem: hiperesplenia, depressão da medula óssea, doenças sistêmicas (lupus).

  • Anemia normocítica e normocrômica sem reticulocitose com leucopenia e/ou trombocitopenia incluem: hiperesplenia, depressão da medula óssea, doenças sistêmicas (lupus).

  • Acima de 40 anos com presença de rouleaux: investigar mieloma.

Células em alvo: Hemoglobinopatias e hepatopatia crônica.

  • Células em alvo: Hemoglobinopatias e hepatopatia crônica.

  • Pontilhado basófilo acentuado: intoxicação por Pb ou reticulocitose.

  • Células em formato de foice (Falciformes): anemia falciforme

  • Eritroblastos: substituição de medula óssea ou hiperplasia de medula (anemia hemolitica)

  • Formação de rouleaux: gamopatia monoclonal ou hiperglobulinemia, mieloma múltiplo.

  • Esferócitos: anemia hemolítica por Ag-Ac, esferocitose congênita.

  • Esquisócitos: uremia, alcoolismo, anem. hemolítica ou hipertireoidismo.

Comentários