Slides de Sífilis - Patologia

Slides de Sífilis - Patologia

Histórico

  • A sífilis é uma doença antiga, com mais de 500 anos de existência. Relatos de sua presença na Europa, logo após o descobrimento da América mesclam-se com a sua existência no Velho Continente em período anterior as viagens de Cristóvão Colombo ao Novo Mundo.

Sífilis

  • Sífilis ou lues (do latim praga) é uma doença infecciosa causada por uma bactéria, cuja transmissão, na maioria dos casos é por via sexual, porém pode ser transmitida de outras formas.

Para ser melhor compreendida...

  • Divide-se em:

    • Sífilis Recente e Sífilis Tardia
  • Pode manifestar-se em 3 fases:

    • Primária, Secundária, e Terciária (com períodos de latência entre as fases).
    • Sífilis Congênita.

Etiologia

  • Causada por uma bactéria, chamada

  • Treponema pallidum.

O Agente Etiológico

  • .

Patogenia

  • Independente do estágio da sífilis:

    • Endarterite obliterativa;
    • Infiltrados mononucleares ricos em plasmócitos.

Fisiopatologia

  • Sífilis Primária: cancro duro;

  • Sífilis Secundária: os Treponemas começam a alastrar-se pelo corpo;

  • Sífilis Terciária: lesões mais graves que podem atingir qualquer órgão;

  • Sífilis Congênita: passagem transplancentária do Treponema.

Anatomia Patológica

  • Sífilis Primária: Papula avermelhada, firme e levemente elevada que se deteriora para criar uma úlcera.

Anatomia Patológica

  • Sífilis Primária: Cancro Duro

Anatomia Patológica

  • Sífilis Primária: Cancro Duro

Anatomia Patológica

  • Sífilis Primária: Úlceras

Anatomia Patológica

  • Sífilis Primária: Condilomas

Histopatologia

  • Característica comum nos 3 estágios:

  • Infiltrado intenso de células plasmáticas

  • com macrófagos e linfócitos, dispersos em uma endarterite proliferativa.

Histopatologia

  • Sífilis Primária: Cancro Duro

Histopatologia

  • Sífilis Primária: Cancro Duro

Histopatologia

  • Sífilis Primária: Cancro Duro

Período de Latência

  • As feridas não doem, não coçam, não ardem e não apresentam pus, após um curto período “somem” dando a falsa sensação de cura, é o chamado período de latência.

  • Após esse período, caso não seja feito tratamento, ou tratamento seja feito de forma inadequado, a patologia entrará novamente

  • em atividade.

Anatomia Patológica

  • Sífilis Secundária:

  • Pele: surtos de forma simétrica

  • Mucosa Oral: lesões vegetantes

  • Alopécia

  • Região Iguinocrural: papulas

Anatomia Patológica

  • Sífilis Secundária: Roséolas

Anatomia Patológica

  • Sífilis Secundária: Roséolas em boca e face

Anatomia Patológica

  • Sífilis Secundária: Roséolas nas regiões palmares e plantares e Lesões Papulosas em pênis

Anatomia Patológica

  • Sífilis Secundária: Roséola Sifilítica

Anatomia Patológica

  • Sífilis Secundária: Alopécia Sifilítica

Histopatologia

  • Sífilis Secundária: As lesões muco cutâneas

  • da sifilis secundária mostram o mesmo

  • infiltrado de células plasmáticas e

  • endarterite obliterativa.

Anatomia Patológica

  • Sífilis Terciária:

  • Formação de gomas sifilíticas

  • Juntas de Charcot

  • Juntas de Clutton

  • Outras manifestações mais graves:

  • Sífilis Cardiovascular

  • Neurossífilis

Anatomia Patológica

  • Sífilis Terciária: Goma Sifilítica

Anatomia Patológica

  • Sífilis Terciária: Juntas de Clutton

Anatomia Patológica

  • Sífilis Cardiovascular:

Anatomia Patológica

  • Sífilis Cardiovascular:

Anatomia Patológica

  • Sífilis Cardiovascular:

Histopatologia

  • Sífilis Terciária: Goma Sifilítica

  • Centro de materiais coagulados e necróticos.

Histopatologia

  • Aortite Sifilítica:

Histopatologia

  • Aortite Sifilítica:

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular: Camada adventícia infiltrado linfoplasmocitário focal (riqueza em plasmócitos) endarterite produtiva.

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular:

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular:

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular: Endarterite Produtiva

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular:

Histopatologia

  • Arteríolas normais para comparar...

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular: Camada Média: Infiltrado Inflamatório Inespecífico Necrose Focal.

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular:

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular: Camada da Intima Placa de Ateroma

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular:

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular:

Histopatologia

  • Sífilis Cardiovascular:

Anatomia Patológica

  • Neurossífilis:

Anatomia Patológica

  • Neurossífilis:

Anatomia Patológica

  • Neurossífilis: Tabes Dorsal

Histopatologia

  • Neurossífilis Meningovascular:

Histopatologia

  • Neurossifilis Parenquimatosa – Paralisia Geral Sifilítica

Anatomia Patológica

  • Sífilis Congênita Precoce:

Anatomia Patológica

  • Sífilis Congênita Precoce:

Anatomia Patológica

  • Sífilis Congênita Precoce:

Anatomia Patológica

  • Sífilis Congênita Precoce:

Anatomia Patológica

  • Sífilis Congênita Precoce:

Histopatologia

  • Sífilis Congênita Precoce: Pneumonia Alba

Histopatologia

  • Sífilis Congênita Precoce: Pneumonia Alba

Histopatologia

  • Sífilis Congênita Precoce: Pneumonia Alba

Anatomia Patológica

  • Sífilis Congênita Tardia:

Anatomia Patológica

  • Sífilis Congênita Tardia:

Tratamento

  • Geralmente é feito a base de antibióticos (principalmente a penicilina benzatina).

  • Em caso de suspeita da doença, procure sempre orientação médica...

O melhor método de prevenção é o uso de camisinha não só contra sífilis, mas contra vários outros tipos de doenças sexualmente transmissíveis...

  • O melhor método de prevenção é o uso de camisinha não só contra sífilis, mas contra vários outros tipos de doenças sexualmente transmissíveis...

OBRIGADA!!!!!!!!!!

Comentários