NBR 9061-85 - Seguranca de escavação a céu aberto

NBR 9061-85 - Seguranca de escavação a céu aberto

(Parte 1 de 12)

Copyright © 1985, ABNT–Associação Brasileira de Normas Técnicas Printed in Brazil/ Impresso no Brasil Todos os direitos reservados

Sede: Rio de Janeiro Av. Treze de Maio, 13 - 28º andar CEP 20003-900 - Caixa Postal 1680 Rio de Janeiro - RJ Tel.: PABX (021) 210-3122 Fax: (021) 220-1762/220-6436 Endereço Telegráfico: NORMATÉCNICA

ABNT-Associação Brasileira de Normas Técnicas

NBR 9061SET 1985 Segurança de escavação a céu aberto

Palavras-chave: Escavação. Segurança 31 páginas

Origem: Projeto NB-942/1984 CB-02 - Comitê Brasileiro de Construção Civil CE-02:004.06 - Comissão de Estudo de Segurança de Escavações NBR 9061 - Safety - Open-pit excavation - Procedure Reimpressão da NB-942 de JUN 1985

1 Objetivo

Esta Norma fixa as condições de segurança exigíveis a serem observadas na elaboração do projeto e execução de escavações de obras civis, a céu aberto, em solos e rochas, não incluídas escavações para mineração e túneis.

2 Documentos complementares Na aplicação desta Norma é necessário consultar:

NBR 5629 - Estrutura ancorada no terreno - Ancoragem injetada no terreno - Procedimento

NBR 6118 - Projeto e execução de obras de concreto armado - Procedimento

NBR 6122 - Projeto e execução de fundações - Procedimento

Procedimento

NBR 6484 - Execução de sondagens de simples reconhecimento dos solos - Método de ensaio

NBR 7190 - Cálculo e execução de estruturas de madeira - Procedimento

NBR 7250 - Identificação e descrição de amostras de solos obtidas em sondagens de simples reconhecimento dos solos - Procedimento

NBR 8044 - Projeto geotécnico - Procedimento

NBR 80 - Projeto e execução de estruturas de aço de edifícios (método dos estados limites) - Procedimento

3 Definições

Para os efeitos desta Norma são adotadas as definições de 3.1. a 3.5.

3.1 Cortinas

Elementos estruturais destinados a resistir às pressões laterais devidas à terra e à água; são flexíveis e têm o peso próprio desprezível em face das forças atuantes.

3.2 Empuxo de terra

Ação produzida pelo maciço terroso sobre as obras com ele em contato. A variação dos empuxos em função dos deslocamentos é dada pela Figura 1.

2NBR 9061/1985

Figura 1

3.3 Escora

Peça estrutural para amparar e suster. Trabalha fundamentalmente à compressão.

3.4 Ficha

Trecho da cortina que fica enterrada no solo abaixo da cota máxima da escavação em contato com a cortina.

3.5 Talude

Superfície inclinada do terreno natural, de uma escavação ou de um aterro, conforme a Figura 2.

4.3 Edificações vizinhas e redes de utilidades públicas

É indispensável o levantamento topográfico do terreno, o levantamento das edificações vizinhas (tipo de fundações, cotas de assentamento das fundações, distância à borda da escavação) e das redes de utilidades públicas, não só para a determinação das sobrecargas como, também, no estudo das condições de deslocabilidade e deformabilidade que podem ser provocadas pela execução da escavação. Os levantamentos devem abranger uma faixa, em relação às bordas, de pelo menos duas vezes a maior profundidade a ser atingida na escavação.

4.4 Observações da obra

O controle das edificações vizinhas e da escavação deve obedecer a um plano de acompanhamento, através de inspeção e de instrumentação adequada ao porte da obra e das edificações vizinhas.

-tem por finalidade observar qualquer evento cuja análise permite medidas preventivas ou considerações especiais para a segurança da obra;

-visa a medida direta de grandezas físicas necessárias à interpretação e previsão do desempenho das obras, com referência aos critérios de segurança e econômicos adotados na fase de projeto.

5 Projeto 5.1 Fases do projeto

O projeto tem grau de detalhamento variável com o tipo e característica de cada obra. Deve ser compatível com a NBR 8044 e pode desenvolver-se, de uma maneira geral, em quatro fases:

Figura 2 4 Condições gerais 4.1 Investigações geotécnicas-geológicas

Tais investigações são necessárias para a determinação das condições geológicas e dos parâmetros geotécnicos do terreno onde será executada a escavação. Devem ser executadas de acordo com as normas ABNT aplicáveis, levando-se em consideração as peculiaridades da obra.

4.2 Águas subterrâneas

Esta Norma pressupõe que a presença de lençóis aqüíferos, existentes na região onde será executada a escavação, já foi devidamente estudada e equacionada de acordo com as normas ABNT aplicáveis.

NBR 9061/19853 c) projeto executivo; d)projeto “como executado”. 5.1.1 Viabilidade

Nesta fase o projeto deve ter o nível de detalhamento suficiente para permitir a previsão de custos e prazos das diversas alternativas.

5.1.2 Projeto básico

Nesta fase procede-se ao detalhamento de forma a quantificar os serviços necessários ao desenvolvimento do projeto executivo.

5.1.3 Projeto executivo

Nesta fase o projeto define claramente os diversos componentes da obra, incluindo memoriais descritivos, cálculos estruturais, desenhos, especificações técnicas e executivas, planilhas de orçamento e cronogramas básicos.

(Parte 1 de 12)

Comentários