tireoide slides

tireoide slides

Definição

Definição

A tireóide ou tiróide é uma glândula em forma de borboleta (com dois lobos), que fica localizada na parte anterior do pescoço, logo abaixo da região conhecida como Pomo de Adão (ou popularmente, gogó) está presente em ambos os lados da traquéia.

Função da tireoide

  • A função da glândula tireóide é produzir, armazenar e liberar hormônios tireoideanos na corrente sangüínea. Estes hormônios, também conhecidos como T3 e T4, agem em quase todas as células do corpo, e ajudam a controlar suas funções.

  • Estes hormônios controlam o funcionamento de diversos órgãos e por isso, interferem diretamente em processos como crescimento, ciclo menstrual, fertilidade, sono, raciocínio, memória, temperatura do corpo, batimentos cardíacos, eliminação de líquidos, funcionamento intestinal, força muscular e controle do peso corporal.

Hipotireoidismo

  • Se os níveis destes hormônios tireoideanos no sangue estão baixos, seu corpo funciona mais lentamente. Esta condição se denomina hipotireoidismo.

Hipertireoidismo

Se existe um aumento dos níveis dos hormônios tireoidianos no sangue, seu corpo trabalha mais rapidamente. Esta condição se denomina hipertireoidismo.

  • Perda de peso acentuada;

  • Aceleraçao do ritmo cardiaco;

  • Dificuldade para dormir;

  • Diarreia;ansiedade,nervosismo e irritabilidade;variaçoes de humor,tremores;intolerancia ao calor

  • problemas oculares (irritação,ardência

ou dificuldades para enxergar);

  • O iodo presente no sal é utilizado pela tireoide para fabricar hormônios. Porém, o excesso de iodo (alto consumo de sal) prejudica o funcionamento da tireoide.

Tireoidectomia

  • Tireoidectomia é a remoção terapêutica, parcial ou total, da tireóide e punção, o exame padrão que se realiza para conhecer o tipo de células que constituem o nódulo.

A Cirurgia

  • A cirurgia é feita sempre em ambiente hospitalar (nunca em clínicas) sob anestesia geral. Realiza-se um corte (incisão) de aproximadamente 4 a 5cm (dependendo do tamanho da tireóide) no região anterior do pescoço em forma de arco, seguindo, sempre que possível uma linha natural do pescoço.

Ao término da operação coloca-se um dreno fino abaixo da incisão para a saída de pequena quantidade de sangue nas primeiras 12-24 horas e fecha-se a pele com pontos de plástica.

  • Ao término da operação coloca-se um dreno fino abaixo da incisão para a saída de pequena quantidade de sangue nas primeiras 12-24 horas e fecha-se a pele com pontos de plástica.

Orientações

  • O paciente pode falar e comer no mesmo dia;

  • Assim como levantar da cama;

  • No dia seguinte, normalmente o dreno é retirado e o doente recebe alta;

Cuidados pré-operatório

  • Assistir psicologicamente os pacientes com hiperfunção glandular são bastante inquietos e apreensivos. Ocupar o seu tempo com recreações ou atividades que os motivem e tranquilizem;

  • Estimular inspirações profundas;

  • Verificar sinais vitais;

  • Enteroclise na noite de véspera da cirurgia;

  • Colocar placa de jejum no leito e orientar quanto a ele,oito horas antes da operação (quando não for aumentar a ansiedade do paciente:nos bócios tóxicos é contra indicado);

Cuidados Pós-operatório

  • Após a recuperação anestésica,manter o leito em semi-fowler para favorecer a drenagem,regredir o edema e reduzir a dor;

  • Verificar sinais vitais;

  • Observar e anotar a ocorrência de sangramento pelo curativo. Comunicar o enfermeiro,se estiver abundante;

  • Estar atento quanto ao aparecimento de taquicardia,palidez,cianose,hipotensão,hipotermia e dispneia;

Complicações cirúrgicas:

Paratireoide

  • As paratireóides são pequenas glândulas do sistema endócrino que estão localizadas atrás da tireóide. Existem 4 glândulas paratireóides os quais normalmente têm o tamanho de uma ervilha cada uma. Elas são mostradas neste desenho acima como as glândulas de cor amarelo-mostarda localizadas atrás da glândula tireóide que está na cor rosa, sua cor normal

Paratireoide

  • . O tubo de coloração azul-clara passando pelo centro do desenho é a traquéia. A "caixinha da voz", ou laringe, é estrutura rósea situada no topo da figura sobre a traquéia. As artérias carótidas são mostradas em ambos os lados da tireóide, sendo responsáveis pelo transporte de sangue oxigenado desde o coração até o cérebro.

FUNÇÃO

  • A função das glândulas paratireóides é a regulação dos níveis de cálcio em nosso corpo, mantendo a concentração sangüínea do cálcio dentro de valores que permitam o bom funcionamento dos sistemas muscular e nervoso.

  • Apesar de serem "vizinhas", as glândulas paratireóides e a tireóide possuem funções distintas e não relacionadas. A doença mais importante das paratireóides é a hiperfunção de uma ou mais paratireóides levando a um quadro de aumento da produção de paratormônio (PTH), causando um desequilíbrio dos níveis sangüíneos do cálcio. Tal estado é denominado hiperparatireoidismo.

PARATIREOIDECTOMIA

  • É a cirurgia para a remoção da glândula paratireóide ou então de tumores que estejam localizados nesse órgão.

Indicação para uma Paratireoidectomía

  • A paratireoidectomía é recomendada quando as glândulas paratireoides produzem quantidades excessivas de hormônios paratireóideo (o Hiperparatireoidismo).

  • Hipoparatireoidismo:É uma doença que causa abaixamento do nível de cálcio no sangue, devido ao nível insuficiente do hormônio da paratireóide. Esta condição pode ser herdada, associada com outras doenças, ou pode resultar de cirurgia no pescoço.

Hiperparatireoidismo

  • Doença caracterizada pelo excesso de funcionamento das glândulas paratireóides, causando aumento do hormônio da paratireóide (PTH) e levando a sinais e sintomas decorrentes do aumento de cálcio no sangue (hipercalcemia), na urina (hipercalciúria) e da retirada de cálcio dos ossos (osteoporose e cistos ósseos).

  • Pode ocorrer em qualquer idade, mas a grande maioria dos casos ocorre em torno dos 45 anos. Mulheres são acometidas duas a três vezes mais que os homens.

Descrição da Paratireoidectomía

• Uma incisão é feita no pescoço logo abaixo do pono adão, onde as quatro glândulas paratireóides estão localizadas.

• No caso de uma paratireóidectomía parcial, três das glândulas são removidas, sendo que uma delas é deixada como auxiliar na prevenção do hipoparatireoidismos.

Cuidados no pré-operatório

Cuidados no pré-operatório

  • O foco do cuidado de enfermagem no pré-operatório é preparar a paciente física e mentalmente para a cirurgia. Estudos mostram que as intervenções de enfermagem neste período estão associadas a menor permanência no hospital, menor tempo para indução anestésica, menos complicações pós-operatórias e diminuição do estresse.

Ao receber o paciente no quarto:

  • Transportá-lo da maca para a cama com o auxilio de outros funcionários;

  • Manter a cama em posição horizontal;

Cobri-lo e agasalhá-lo de acordo com a necessidade;

  • Verificar na papeleta as anotações do centro cirúrgico. Se foi feita a anestesia raque deixar o paciente sem travesseiro e sem levantar pelo o menos 12 horas;

  • Enquanto estiver semiconsciente, mantê-lo sem travesseiro com a cabeça voltada para o lado;

  • Observar o gotejamento do soro e sangue;

  • Observar estado geral e nível de consciência;

Comentários